Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quinta-feira, 30 de março de 2017

A formação do caráter cristão


Por Eliseu Antonio Gomes

Introdução.

Deus criou o homem bom e perfeito, mas o pecado maculou o seu caráter.

Existe pessoa sem caráter? Todo ser humano tem caráter, seja ele bom, seja ele mau, exemplar, ímpio ou santo. A pessoa renascida em Cristo tem o seu caráter transformado. Quando pela fé, recebemos Jesus, o Espírito Santo transforma nosso caráter.

I - O caráter na realidade do homem.

1. O que é caráter?

Vivemos tempos trabalhosos, em que muitos se dizem cristãos, mas suas ações revelam que seu caráter ainda não foi transformado e moldado pelo Filho de Deus.

Você tem mostrado Cristo ao mundo através de suas atitudes? Que mediante o estudo da Palavra de Deus cada um de nós possamos evidenciar a grandeza do Reino aos que rejeitam os preceitos divinos.

2. Personalidade e caráter.

Nosso caráter é revelado através de nossas atitudes e da nossa fala. Segundo o Dicionário Aurélio, caráter é "o conjunto das qualidades (boas ou más) de um indivíduo, e que lhe determinam  a conduta e a concepção moral. O caráter reflete a conduta, as atitudes, as ações e práticas que a pessoa cultiva. O crente demonstra o caráter cristão por seu testemunho. Jesus disse que pelos frutos que apresentamos somos conhecidos (Mateus 7.20).

A personalidade representa o que a pessoa é, como resultado de sua herança familiar, pode ser definida como sendo a qualidade do que é pessoal. Ela é a nossa maneira de ser, ou seja, aquilo que nos distingue de outra pessoa.

Precisamos orar, ler a Palavra de Deus e buscar ter um relacionamento mais íntimo com aquEle que pode transformar o nosso interior. Que a leitura bíblica e a meditação do que lemos na Bíblia possa produzir uma mudança interior, em cada um de nós, contribuindo para o aprimoramento do nosso caráter, aumentando a nossa fé, a fim de que possamos ser testemunhas vivas de Jesus Cristo.

II - A deformação do caráter humano.

1. A Queda e o caráter humano.

Adão e Eva bem como o relacionamento entre eles, entrou em processo degenerativo quando ambos pecaram. A intimidade e a inocência cederam lugar à acusação. O desejo voluntarioso pela independência resultou em dores de parto, sofrimento ao trabalhar, morte.

Quando pecaram, os olhos de Adão e Eva se abriram ao conhecimento do bem e do mal, porém eles não possuíam estrutura para tanto, era pesado esse conhecimento sem o equilíbrio de outros atributos divinos, como o amor, a sabedoria. Então a criação, confiada aos cuidados de Adão, foi amaldiçoada, gemendo pela libertação dos resultados de infidelidade dele.

O primeiro pecado da humanidade abrangeu todos os demais pecados; a afronta e desobediência a Deus, o orgulho, a incredulidade, desejos errados, o desviar outras pessoas, assassinato, submissão voluntária ao diabo.

As consequências imediatas do ato de pecar foram numerosas, extensivas e corrosivas. O relacionamento entre Deus e os homens, de franca comunhão, amor, confiança e segurança, foi marcada por isolamento, autodefesa, culpa e banimento.  por estar a natureza humana tão deteriorada pela Queda, pessoa alguma tem a capacidade de fazer o que é espiritualmente bom sem a ajuda graciosa de Deus. A esta condição chamamos corrupção total da natureza.

Paulo escreveu: "Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso, que todos pecaram" (Romanos 5.12). A entrada do pecado no mundo aconteceu porque o homem deixou de ouvir a voz de Deus e, usando o seu livre-arbítrio, ouviu a voz do diabo. Em consequência, a natureza carnal, que cede ao pecado, é transmitida de pai para filho.

2. Imagem e semelhança de Deus.

O homem foi criado perfeito em toda a sua constituição: espírito, alma e corpo (1 Tessalonicenses 5.23). Antes de pecar, quando no seu estado original, era uma imagem, ou representação perfeita de Deus. Adão e Eva possuíam atributos morais tais como amor, justiça, santidade, retidão. Tudo à semelhança de Deus, que imprimiu no ser humano as marcas de sua personalidade santa, amorosa e justa.

Após cair em pecado, o relacionamento de Adão com Deus, que era de plena comunhão, foi afetado, e passou a ser de culpa e medo. Quando o Criador perguntou a Adão se ele havia comido do fruto da árvore proibida, este não assumiu a culpa, procurou justificar seu erro acusando a esposa. Quando Deus perguntou para Eva a respeito dos seus atos, ela transferiu a culpa para a serpente (Gênesis 3.9-13).

3. A deformação do caráter humano.

O caráter não é herdado, ele é construído mediante a formação que recebemos, por este motivo, a Palavra de Deus adverte a instruir as crianças no caminho em que elas devem caminhar, pois ao receber tal instrução precocemente não se esquecerá deste aprendizado ao amadurecer (Provérbios 22.6).

Quando o homem deu condição ao diabo para agir, desobedeceu a Deus e perdeu a graça divina. A Queda levou toda a humanidade a perder a semelhança moral com o Criador. O pecado desfigurou o homem, cortando a ligação direta com Deus (Romanos 3.23). O pecado passou a todos os homens (Romanos 5.12; Salmos 51.5).

Provavelmente, vivemos em uma época em que a sociedade está mais corrompida do que a do tempo de Ló e de Noé. Precisamos evitar ensinos espúrios, pois é necessário o ensino constante e sistemático da Palavra de Deus para levar as pessoas a se renderem de fato aos pés do Senhor.

Deus é um ser amoroso. Muitos não entendem a razão de existir sofrimento, sendo o Criador este Deus amoroso. Deus não criou o sofrimento, este é consequência do pecado do homem. A humanidade sofre por dar as costas para Deus, que permite o sofrimento no sentido positivo, isto é, para fortalecer a fé que o cristão tem (Romanos 5.3).

III - A redenção do caráter humano.

1. Novo nascimento, transformação do caráter.

O caráter revela o senso de ética e moralidade que uma pessoa tem, e é demonstrado por suas atitudes, práticas e testemunho. Se o homem não estiver em comunhão com Deus todo tempo, seu caráter pode mudar de acordo com as influências e as circunstâncias em que vive. O caráter pode mudar para melhor ou pior de acordo com o momento e o contexto. Um santo pode tornar-se em ímpio. Um ímpio pode tornar-se santo. O cristão deve esforçar-se para viver em santidade "em toda a sua maneira de viver" (1 Pedro 1.15).

A natureza carnal, herdada de Adão, não é eliminada na vida de um servo de Deus. Ela deve ser subjugada pelo Espírito Santo. Mesmo espirituais, homens não se tornam perfeitos. Se orarmos, vigiarmos e nos santificarmos, poderemos cometer graves pecados. O caráter humano é sujeito às fraquezas. A solução é andar "em espírito" para não atender "a concupiscência da carne (Gálatas 5.16).

2. A Palavra de Deus muda o caráter.

Quando aceitamos, pela fé, a Jesus Cristo somos transformados e convertidos pelo poder do Espírito Santo. A salvação não é por mérito humano, somos salvos pela graça divina, que é um dom de Deus.

A Bíblia emprega a metáfora do resgate ou da redenção para descrever a obra salvífica de Cristo. O tema aparece muito mais frequentemente no Antigo Testamento que no Novo. A obra divina da redenção é primeiramente moral. Em alguns textos bíblicos, a redenção claramente diz respeito aos assuntos morais (Salmos 130.8; Isaías 35.8-10). No Novo Testamento, Jesus é tanto o Resgatador quanto o resgate; os pecadores são os resgatados. Cristo declara que veio para "dar a sua vida em resgate de muitos" (Mateus 20.28; Marcos 10.45). O apóstolo Paulo declara que o Filho de Deus foi feito nossa sabedoria, justiça e redenção, que o Unigênito do Pai se deu a si mesmo em preço de redenção por todos (1 Coríntios 1.30; 1 Timóteo 2.6).

Viver de acordo com o caráter cristão causa um grande impacto num contexto de corrupção. Ser cristão é ser sal da terra e luz do mundo. O crente como sal da terra contribui para evitar a deterioração do comportamento humano. Como luz, ele reflete a presença de Deus, mostra o caminho certo. Vivemos em uma época na qual a corrupção se tornou epidemia em nosso país. A Igreja precisa fazer o que o profeta Malaquias exortou: levantar-se contra a corrupção "que destrói grandemente" (Malaquias 2.10).

3. O caráter amoroso e santo do crente.

Fomos criados à imagem e semelhança do Criador. Deus fez o homem perfeito, em termos espirituais, morais e físicos. No ato divino da Criação, Ele disse: "Façamos o homem à nossa semelhança" (Gênesis 1.26). Como imagem e em semelhança ao Senhor, somos instados pelo Criador a amar. Quem não ama não conhece a Deus, ainda não teve seu caráter transformado e está em trevas (1 João 2.9-11; Hebreus 12.14; 1 Tessalonicenses 5.23).

Jesus preocupava-se com os moribundos e todos os necessitados. Ele demonstrou que seu Evangelho não é só para o espírito e para a alma, mas também para o corpo. O verdadeiro Evangelho busca atender às necessidades espirituais, emocionais, sociais e físicas do homem. Assim sendo, multiplicou o pão duas vezes. Tiago traduziu muito bem o que é a verdadeira religião, dizendo que ela é manifestada pelo bom tratamento aos órfãos e viúvas nas suas tribulações e no cuidado para não se envolver com a corrupção deste mundo (Tiago 1.27). 

Conclusão.

Não podemos nos esquecer que refletimos a glória divina. Se tivermos um caráter santo, Deus será louvado por intermédio de nossas ações.

Nosso caráter reflete nossos princípios. Como novas criaturas, precisamos evidenciar os valores do Reino de Deus.

E.A.G.

Compilações:
Ensinador Cristão, ano 18, nº 70, abril a junho de 2017, coluna Entrevista do Comentarista, páginas 25 e 26,  Bangu, Rio de Janeiro/RJ (CPAD).
Lições Bíblicas - O Caráter do Cristão. Moldado pela Palavra de Deus e provado como ouro. Comentarista Elinaldo Renovato. 2º trimestre de 2017, páginas 2, 4 a 8. Bangu, Rio de Janeiro/RJ (CPAD). 

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.