Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Namoro a três!


Charge. Rapaz usa escada para entregar buquê de flores para namorada, que se encontra no terceiro andar de prédio.
"Portanto, quando vocês comem, ou bebem, ou fazem qualquer outra coisa, façam tudo para a glória de Deus" - 1 Coríntios 10.31 (NTLH).

O namoro entre crentes é composto de garota e garoto cristãos, duas pessoas lavadas pelo sangue de Jesus Cristo, ele e ela santificados e justificados por Deus. 

Está escrito na Bíblia: "Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos" (2 Coríntios 6.14), colocar-se nesta situação resulta em um casamento incompleto, porque o aspecto prioritário do casamento, que é a unidade espiritual, está anulado. 

Recusar-se a namorar quem não é cristão é a decisão primária que todo jovem precisa tomar. Ao decidir assim, o Diabo não tem chance alguma de cochichar ao ouvido, tentando afastá-lo do caminho do Senhor.

Outra decisão, não menos importante que a primeira, é basear o relacionamento nos princípios e propósitos de Deus. Acostumar-se a orar junto com o namorado, ou namorada. Para muitos, um hábito sem cabimento, mas se não existir espaço para oração, alguma coisa deve estar errada no namoro, afinal, orar deve ser a prática mais espontânea na vida cristã, dentro ou fora do namoro, noivado, casamento.

Deus quer participar de todas as atividades em nossa vida. Orar, ler a Bíblia, conversar sobre coisas espirituais durante o namoro são coisas que jamais deveriam ser motivo de vergonha para ninguém. A timidez é compreensível se um dos dois for um novo crente ou se o namoro estiver começando. Mas, se após seis meses ou um ano, a timidez persistir neste assunto, um dos dois não quiser ler a Palavra e orar com o outro, então, o sinal amarelo de alerta precisa ser considerado, é necessário analisar seriamente se quer continuar com ele ou ela.

Como um casal pode basear seu namoro nos princípios e propósitos de Deus, se Deus não tem parte integral em seu namoro? Deus quer que ambos cresçam espiritualmente. Sem dúvida, oração e leitura devocional são meios de promover o crescimento mútuo da fé cristã. Caso não construam juntos o alicerce, o casamento não resistirá às tempestades e crises que ocorrem durante a vida conjugal.

Se os jovens não oram no período de namoro e noivado; se não leem a Palavra juntos e procuram obedecê-la; se não procuram conversar aberta e francamente sobre suas vidas íntimas em santidade antes do matrimônio, sobre as lutas e dificuldades, não devem pensar que, de repente, no primeiro dia do casamento, será automático orar, colocar a Bíblia como prioridade e organizar a vida a dois conforme os princípios de Deus. Isso não acontecerá. O período de namoro e noivado é muito importante para construir a base sólida de um casamento feliz e próspero.

E.A.G.

Artigo composto tendo como base o capítulo 3, paginas 25 e 26, do livro "Eu Amo Você - namoro, noivado, casamento e sexo", de autoria do Missionário Jayme Kemp, em sua 4ª edição, publicada em 1983 pela Editora Betânia.

Nenhum comentário:

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.