Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 5 de março de 2013

A Igreja Universal e os pobres que enriquecem


Todas as pessoas tornam-se abençoadas ao entregarem suas vidas a Cristo. 

Após se converterem, algumas pessoas recebem bênçãos financeiras pela simples razão de canalizar seus ganhos em coisas úteis e não mais em fúteis. O simples fato de a pessoa deixar os maus hábitos de "baladas", drogas lícitas e ilícitas, o consumo exacerbado de quase tudo que é supérfluo, e passar a focar o uso do dinheiro em objetivos responsáveis, torna-a apta a ser abençoada financeiramente. Haja vista as "baladas" do filho pródigo. 

Vivemos na esfera temporal, enquanto não tomamos acesso à vida eterna, é preciso agir equilibradamente. É uma lástima saber que existem tantos irmãos pródigos (gastadores!). Pensar e se preparar para o futuro é importante. Ser previdente é um ensino ótimo que encontramos no livro Provérbios de Salomão. Obedecer a Palavra neste sentido produz maiores condições favoráveis de acesso à vida mais digna, possuir melhor moradia, saúde, educação alimentação, lazer, profissionalização, cultura, respeito.  

Ser assalariado é algo positivo, o trabalho enobrece o caráter. Viver de salário é uma forma de viver justa e honestamente, pagar bens e serviços adquiridos junto à sociedade. Mas, há quem não se sinta bem sendo apenas empregado, quer ser patrão. E não há nada de errado neste desejo. Mas não é possível que alguém fique rico apenas com base em promessas proferidas em microfones de líderes cristãos evangélicos, que prometem o progresso nesta vida passageira como um passe de mágica. Não se enriquece dessa forma. É preciso ir à luta, trabalhar duro. 

Não sou adepto das doutrinas da Igreja Universal, embora reconheça que eles são bons em ensinamentos sobre a necessidade da preservação do casamento e tenham resultados positivos sobre matrimônio. No campo da prosperidade, a IURD faz reuniões motivacionais; apresenta regras básicas de empreendedorismo, dá lições básicas aos moldes do SEBRAE, e há quem tenha sido empregado descontente que conseguiu se transformar em empregador de sucesso. É óbvio que tal procedimento é uma prestação de serviço social, não é propagação do Evangelho, e em muitos casos atinge-se o objetivo de quem queira progredir financeiramente. 

Ter poder aquisitivo depende da escolha da profissão. Por exemplo, na região sudeste do Brasil uma pessoa que escolha a carreira de pedagoga, concursada pela Prefeitura ou Estado, jamais enriquecerá às custas do suor de seu trabalho, embora possa conhecer estabilidade financeira. Por outro lado, alguém com tino para o comércio imobiliário, inclusive sem curso superior, com apenas uma venda, tem plenas condições de acumular dinheiro. 

Empregado ou empregador, desejando prosperar ou satisfeito com a condição atual, pobre ou rico, é preciso guardar no coração o Evangelho, receber a Cristo como Senhor e Salvador, praticar diariamente o ensino da mensagem bíblica cristocêntrica, que nos garante a vida eterna com Deus. Pensar só nas coisas dessa vida nos leva ao prejuízo espiritual. De nada adianta acumular patrimônios e ao final não entrar no céu. 

"Se esperamos em Deus só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens" - 1 Coríntios 15.19.

E.A.G.

3 comentários:

Anônimo disse...

Senhor Eliseu,

Estou aqui para discordar do seu texto no que diz respeito a IURD. Tenho 62 anos, sou eonomista, com minha financeira estabilizada e nunca fui "crente fanatica", como dizem, sou inteligente o bastante para não ser adepta de nenhuma forma de fanatismo.

Estou aqui tão somente para dar meu testemunho como membro da IURD a mais de 18 anos.

Antes de congregar na IURD, passei por diversas denominações evangélicas: Batista, Assembléia de Deus, Sara Nossa Terra e outras menores, pentecostais ou não. Até encontrar a IURD, eu nunca tive, por anos, um encontro verdadeiro com Deus. Apesar de estar nas igrejas e buscar por isto, a distância para o que eu procurava em termos espirituais era enorme. Não se falava em vida financeira, mas em compensação a pregação da palavra de Deus estava muito aquém daquela que ouvi e senti quando fui pela primeira vez a IURD.

A IURD prega e ajuda os congregados para o sucesso na vida financeira, sim, quer aos moldes do Sebrae ou qualquer outro que ensine as regras basicas do empreendedorismo, afinal na palavra de Deus encontramos: "te colocarei como cabeça e não como cauda". Nestes 18 anos de IURD/Brasilia, vi centenas e centenas de pessoas sairem da extrema pobreza, serem curadas fisicamente, emocionalmente e espiritualmente, encontrarem verdadeiramente o Senhor Jesus e serem batizadas com o Espirito Santo, e eu também passei por todas essas transformações.

Respeito você não ser adepto da doutrina da IURD, mas posso te garantir que nenhuma igreja evangélica pelas quais passei me preparou tão bem, espiritualmente, como a IURD. A doutrina da IURD é a palavra de Deus, é a Santa Biblia. Tenho absoluta certeza, de que se não tivesse encontrado a IURD, ainda estaria perdida no mundo, vazia de Deus, como quando congregava em outras igrejas evangélicas, pobres na Palavra e no verdadeiro caminho de Deus...apegadas ao pastor de suas igrejas e seguindo as suas palavras e não a de Deus.

Agradeço todos os dias por ter encontrado a IURD, a unica que realmente me fez encontrar Jesus, ser batizada nas aguas e posteriormente com o Espirito Santo.

Você esta enganado quando diz que a IURD so pensa na vida financeira. A IURD pensa, acima de tudo, em fazer com que seus congregados tenham um verdadeiro encontro com o Senhor Jesus.

Atenciosamente,

Vânia Klier

Eliseu Antonio Gomes disse...

Cara Vânia.

Não escrevi o texto com o proposito de desrespeitar os membros da IURD. De modo algum!

Repare que, inclusive, deixo frisado no texto o aspecto do matrimônio, comentando que a Universal faz um bom trabalho em relações desestruturadas.

Eu não mudo uma vírgula quanto a questão do equilíbrio, entre a esfera espiritual e material. Deus quer nosso bem estar físico, sei, como a liderança da IURD apregoa. Ele fez toda a matéria, porém, também visa o bem-estar espiritual, pois é Espírito e colocou em nós o espírito e a alma.

O equilíbrio reside no fato da alma escolher ser agradável ao Senhor enquanto matéria e espírito. Vide Gálatas 5.16-23.

Abraço, na paz de Cristo.

Que Ele cresça e eu diminua disse...

O que chama a atenção no seu texto é: «Mas não é possível que alguém fique rico apenas com base em promessas proferidas em microfones de líderes cristãos evangélicos, que prometem o progresso nesta vida passageira como um passe de mágica.»
Sou membro da IURD há 12 anos, cheguei na igreja incrédulo e vendendo refrigerante no sinal e hoje sou Funcionário Público Federal e, mais do que tudo, sou um crente salvo em Jesus. A minha pergunta é: Quando foi que a IURD, em 12 anos, pregou que minhas conquistas viriam num passe de mágica? De onde você tirou essa conclusão? Como Deus iria me ajudar sem sacrifício se todos os que foram chamados por Ele estavam trabalhando?
Texto equivocado, sem fundamentação.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.