Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

domingo, 5 de agosto de 2012

Pastor: edificador de almas

Em determinada ocasião, disse para um pastor evangélico: "o sr. é um pastor que pastoreia." E comentei naquela ocasião que nem todos as pessoas que usam o prenome “pastor” fazem o trabalho ministerial como deveriam fazer.

Quem é vocacionado ao pastorado é atuante no uso da Palavra de Deus, ao microfone e à vida diária. Sabe que é impossível agradar a todos quando entrega a mensagem bíblica. Sabe que o que mais importa é pregar objetivando agradar a Deus.

Aquele que deseja pastorear agradando a Deus precisa ter bem avivado na consciência que só através da Pedra Viva, Jesus Cristo, o ser humano é salvo; em nenhum outro nome a alma perdida encontra a salvação (1 Tessalonicenses 2.4; Atos 4.10-12).

Jesus Cristo “é a pedra principal da esquina”. O pregador anuncia o plano divino da salvação, para as pessoas e tem condições de observar dois resultados. Uma parte dos ouvintes crê em Jesus como Senhor e salvador e é edificada; a outra parte não acredita, e tropeça na revelação sobre quem é Jesus Cristo (1 Pedro 2.7-8).

O pastor cristão aponta Jesus Cristo como o fundamento do Evangelho, pois sabe que com essa mensagem as almas caídas na lama do pecado são postas em pé e edificadas, transformadas em morada do Espírito Santo (Efésios 2.20-22).

A pessoa que ouve a chamada pastoral e se aplica à  vocação de anunciar Jesus Cristo é um de edificador de almas.

E.A.G.

8 comentários:

Anônimo disse...

A paz a todos os blogueiros,e pastores que assim se discipulam com o chamado celestial por em parte falamos de certa forma pastoreamos alguem e com compromisso levar ao Deus da glõria eterna através desse nome poderoso Jesus Cristo,o caminho e a vida essa palavra poderosa AMOR É A ESSÊNCIA PARA UM PASTOR ESTAR BEM COM A OBRA DE DEUS E CONSIGO MESMA!

Pastor Flavio da Cunha Guimarães disse...

Querido irmão Eliseu, sou pastor e quero parabenizá-lo pelo post, concordando plenamente com o exposto. Esta é a minha convicção. O Pastor não pode, de modo algum, pregar, se não a Bíblia, a Palavra de Deus; inclusive usando o texto dentro do contexto, se não o texto vira pretexto. O Pastor não tem que agradar a homens, mas somente a Deus que o chamou, vocacionou, preparou, enviou e o sustenta, pois é ao Senhor que o Pastor dará conta das ovelhas que confiou aos seus cuidados pastorais como está claro na Epistola aos Hebreus, 13:17 - "Obedecei a vossos pastores, e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossas almas, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil".
Continue trazendo reflexão como esta, pois traz não só reflexão, mas conscientização que o Palavra de Deus precisa ser a base das mensagens, estudos e do viver de cada cristão.
Um abraço fraternal,
Pr Flávio da Cunha Guimarães
HTTP://COMOAGRADECER.BLOGSPOT.COM;
HTTP://ODOMPERFEITO.BLOGSPOT.COM

Somente Jesus Salva disse...

Graça e paz da parte de Deus Pai e do Nosso Senhor Jesus Cristo.
Irmão Eliseu, parabéns pelas suas colocações claras sobre as obrigações doutrinarias de um verdadeiro pastor pastoreador. E eu diria que hoje a maioria dos pastores não pastoreia devidamente o rebanho de Deus.Quero apenas colocar outras características essenciais para um pastor ser fiel ao chamado para pastorear as ovelhas de Cristo.
Jesus disse:Mateus 10:7
7 - E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
Mateus 10:9
9 - Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos,
Mateus 10:10
10 - Nem alforjes para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento.Então uma das maiores instruções do Cristo era a questão da relação do pastor com o dinheiro. Lembrando de graça recebeste de graça dai.
A palavra apascentar que Jesus usou com Pedro pedindo para ele apascentar suas ovelhas, significa, nutrir, dar alimento, alimentar, então o pastor deve nutris as ovelhas confiadas a ele com o verdadeiro Evangelho sendo absolutamente fiel a mensagem da Nova Aliança.Entendo então que pastorear é ter uma disposição amorosa e prioritária pelas ovelhas de Cristo.João 10:11
11 - Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.
Fique na paz do Senhor Jesus Cristo Nazareno.
www.levitadapalavra.blogspot.com

Joceilma Ferreira Dantes disse...

Olá boa noite e a paz do Senhor!
Eu sou membro da Assembleia de Deus em Patu RN.
Parabéns pela postagem! E estou convicta da veracidade deste texto riquíssimo para o apascentador das ovelhas do senhor,

Fernando Maciel disse...

Querido, irmão Eliseu, obrigado pela sua reflexão. Nos dias atuais, o pastoreio como a Bíblia nos apresenta vem perdendo seu real significado, hoje temos muitas pessoas que encaram o ministério pastoral como uma profissão e não como um chamado divino para cuidar de almas sedentas pela Palavra. Precisamos nos conscientizar de nossa responsabilidade diante de Deus para com as almas que teremos de prestar contas a Ele. Deus abençoe.

Experiência com Deus (Genesis 17.1)
experienciacomdeusgenesis171.blogspot.com/

Anônimo disse...

REALMENTE HOJE EM DIA PRECISAMOS DE MAIS PASTORES APASCENTADORES, POIS TEMOS MUITOS PASTORES:SÓ ADMINISTRADORES, ANIMADORES, APRESENTADORES, CRÍTICOS, DITADORES E ETC... E POUCOS QUE PAGUEM O PREÇO DE ALÉM DE TUDO QUE JÁ FAZEM, TAMBÉM APASCENTAR.
Pr. LUÍS

Anselmo Estevan disse...

João 21:15 Depois de terem comido, perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-me mais do que estes outros? Ele respondeu: Sim, Senhor, tu sabes que te amo. Ele lhe disse: Apascenta os meus cordeiros. G1006
João 21:17 Pela terceira vez Jesus lhe perguntou: Simão, filho de João, tu me amas? Pedro entristeceu-se por ele lhe ter dito, pela terceira vez: Tu me amas? E respondeu-lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas, tu sabes que eu te amo. Jesus lhe disse: Apascenta as minhas ovelhas. G1006

1006 βοσκω bosko
uma forma prol. de um verbo primário, cf 977 e 1016; v
1) alimentar
1a) retrata o dever de um mestre cristão de promover por todos os meios o bem estar espiritual dos membros da igreja
Sinônimos ver verbete 5824

Strong, James: Léxico Hebraico, Aramaico E Grego De Strong. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. H8679
5824 - Sinônimos
Ver Definição para bosko 1006
Ver Definição para poimaino 4165
4165 é o termo mais abrangente; 1006, mais restrito; o primeiro inclue supervisão, o último, nutrição; 4165 pode ser traduzido como “cuidar”, 1006 significa especificamente “alimentar”.

Strong, James: Léxico Hebraico, Aramaico E Grego De Strong. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002; 2005, S. H8679
A TUDO ISSO, FALTA DISCERNIMENTO AOS 'PASTORES'! POIS O CAMINHOA JÁ É DADO! É SÓ DISCERNIR A QUAL CAMINHO LEVARÃO AS 'OVELHAS'!
http://estudosdaescritura.blogspot.com/

Monteiro disse...

Concordo com o seu resumo sobre a vocação do pastor. Digo que é um resumo, porque considero que esse assunto é muito amplo. Há muitas considerações que devem ser argumentadas; em vista disso, seria ideal que várias pessoas dessem suas contribuições. De fato, hoje em dia, pastor que pastoreia é raro. Tenho conhecidos pastores que não sabem conduzir nem suas próprias casas, quiçá as outras (1Tm 3:4).
O mundo está cheio de problemas, de pessoas duvidosas, sofridas, pessoas que pensam que são sem serem. Quem pode orientar e conduzir essas pessoas? São muito poucos os que se comprometem com essa missão ordenada por Jesus. Ser pastor para muitos não passa de título, um título que têm medo de perder, até porque para estes também é um bom emprego. Um emprego de chefe, pois eles se sentem bem “mandando” nas outras pessoas, coisa que muitos não conseguiriam em um emprego convencional. Falo isso com conhecimento de causa, pois conheci um “pastor” que teme perder sua liderança, prefere prejudicar o crescimento do Reino que perder sua “autoridade”. Descobri isso ao conversarmos sobre reuniões grupais tipo “célula” ou PG (pequenos grupos), e depois, infelizmente, comprovei essa primeira impressão com outras atitudes.
Não desejo desmerecer essa nobre função, sei que ainda existem pastores vocacionados, pessoas que se preocupam em agradar a Deus, mas também em agradar as pessoas, as quais são a meta do plano de salvação do Senhor. Não há como agradar a Deus, desagradando aos homens, alvo do amor divino (1Jo 4:20).
Como bem citado, o pregador anuncia o plano divino da salvação e edifica as almas, mas não deve parar por aí, ele tem que tratá-las. Não é com o mero anúncio da Palavra de Deus que estaremos cumprindo o nosso papel de pastor. Ser pastor é algo mais profundo, há uma responsabilidade maior, o pastor deve, a exemplo de Jesus Cristo, buscar o Seu amor incondicional, e sacrificar a própria vida em prol das ovelhas.
No entanto, infelizmente, o que se vê é o contrário, notam-se indivíduos que se dizem pastores sacrificando a vida de suas “ovelhas” (parecem mais burros de carga) para satisfazer seus próprios egos. Estão colocando fardos pesados sobre os ombros das pessoas, eles não entram no céu e não permitem que ninguém entre; a história dos fariseus volta a se repetir (Mt 23:2-39).
Portanto, gostaria de convidar os amigos pastores, vocacionados ou não, para uma reflexão nesse sentido. Pense no seguinte: estou agradando a Deus, cumprindo o meu papel de apascentar as Suas ovelhas? Se a resposta for sim. Parabéns, servo bom e fiel. Mas se a resposta for negativa. Então pare, pense, arrepende-te e volte para o lugar de onde caíste (Ap 2:5).
Que o Senhor nos abençoe e nos guarde.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.