Select the language

Research | Pesquisar artigos de Belverede

sábado, 29 de janeiro de 2011

CONDIÇÃO PARA SER ABÊNÇOADO

Existe condicionamento à doação de oferta e devolução do dízimo nas páginas das Escrituras.

Leia pausadamente e medite sobre as condições que Deus impõe para abençoar seu povo. 

Todas as bênçãos são reações divinas para ações humanas de obediência e fé. Isso ocorre com o ato de ofertar e com tudo o mais na relação amistosa entre Deus e a Humanidade.

Veja três exemplos abaixo. Mostro três promessas, se você procurar outras em sua Bíblia constatará por análise própria que todas as promessas de bênçãos estão atreladas às condicionais "e", "se", "então", "para que".

A questão de haver indignação contra cristãos que ofertam sem esperar bênção da parte de Deus é no tocante às promessas relativas a essa questão. Quem oferta é abençoado, é a declaração da Bíblia! A situação vem de cima para baixo, é vontade de Deus abençoar! Se... ofertar, será abençoado porque Deus quer que seja assim!

Exemplos:

1º - Mateus 11.28
Pedido/condição para receber a promessa: "Vinde a mim"
Promessa a quem obedecer: "(...), e eu vos aliviarei"

2º - Lucas 6.38
Pedido/condição para receber a promessa: "Dai..."
Promessa a quem obedecer: "...e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos darão; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também"


3º - Efésios 6.2-3
Pedido/condição para receber a promessa: "Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe..."
Promessa a quem é obediente: "para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra".


E.A.G. 

Charlie... Pobre Charle Darwin

Em uma troca de ideias sobre o livro de Gênesis hoje, um estudante formulou a seguinte pergunta:

- Na evolução do gênero humano é possível distinguir três etapas principais. Na primeira, certas espécies de antropóides adaptaram-se ao meio; na segunda, o Homo Erectus fabricou utensílios e ferramentas, passo decisivo para o aparecimento; na terceira, do Homo Sapiens, que, pela sua capacidade intelectual, dominou o habitat. A qual espécie de hominideos pertenciam Adão e Eva?

A roda dessa conversa era em sua maioria de pessoas cristãs, e o estudante tentou apimentar mais sua interrogação com essa justificativa:

- A pergunta é por causa de uma dúvida que me surgiu há algum tempo enquanto estudava o livro de Gênesis, é uma pergunta que pode parecer boba, mas toca em uma parte do conhecimento cientifico que muitos cristãos não aceitam, que é a teoria Darwinista. Se alguem puder me ajudar...

Dei a seguinte resposta:

A sua pergunta, aparentemente explosiva, se implode no que ela se consiste.

Charles Darwin entrou para a História lançando questões, que depois de tanto tempo por aí nas universidades, ainda permanecem com status de "teoria"... Nenhuma teoria faz parte do ramo científico, elas estão apenas às margens da Ciência. Por quê? São perguntas.

Fazem parte da Ciência o que se denomina "lei". Por exemplo, a Lei da Gravidade. Por quê? Porque as leis são respostas!

Percebe a diferença?

E.A.G.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

O QUE FAZEMOS COM O INSTINTO DE DOMÍNIO DADO POR DEUS?

Por Cassio Castelo

O ser humano quando criado por Deus foi dotado de alguns instintos que são necessários para sua sobrevivência. Mas o pecado trouxe consequências trágicas ao homem e provocou nos seus instintos terríveis transformações, por exemplo:

A auto-preservação - que nos avisa dos perigos e nos capacita a cuidar de nós mesmos, ficou afetada pelo egoísmo, inveja, ira, indiferença.

Alimentação - que nos leva a satisfazer a fome natural, deu lugar a glutonaria que é uma manifestação exagerada da carne.

A reprodução - que nos leva a perpetuação da espécie, foi tremendamente afetada pela prostituição, adultérios, impurezas, e coisas mais que hoje são temas de discussão no campo secular e evangélico.

Aquisição - que nos leva a adquirir de maneira lícita provisões necessárias para nosso sustento, esta afetada pelo roubo e a cobiça.

Agora, o que falar do domínio?

Domínio - que nos leva a exercer certas iniciativas próprias para o desempenho das nossas atividades e responsabilidades. Este instinto infelizmente tem sido terrivelmente afetado pela ambição negativa do poder. Esta ambição desenfreada tem levado homens a um comportamento questionável de arrogância, de tirania, injustiça, deslealdade, desconsideração, etc. Sempre visando a sua projeção pessoal não se importando com o próximo. Que coisa!

Fiquemos com algumas advertências bíblicas:

Não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes (Romanos 12.16).

Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas... (1ª Timóteo 6.10,11).

Deus abençoe!
__________

Cassio Roberto da Silva Castelo, é pastor, formado em história e teologia, é coordenador e professor da Faesp (Faculdade Evangélica de São Paulo) e coordenador setorial do departamento de evangelismo e missões da Igreja Evangelica Assembleia de Deus (Ministério do Belém), Lapa - São Paulo.

Fonte: Pastor Cassio Castelo

A esquecida metodologia da prática apologética do apóstolo Paulo de Tarso

Infelizmente, não é difícil esbarrar em "apologistas cristãos" que se dizem integrantes de igrejas que reputo como boas. Encontro-os agindo diferente do que os apóstolos fizeram na Igreja Primitiva ao praticarem defesa da fé cristã. Apesar de usaram argumento de contestatação bem fundamentado bíblicamente, o método para contestar não está fundamentado na Bíblia Sagrada.

Difícil de entender? Explico mais: Paulo repreendeu Jesus na cara (Gálatas 2.11). Conversa pessoal, olhos nos olhos e muita coragem. Depois, ele fez comentário em carta remetida apenas aos seus discípulos.

Paulo, por carta enviada ao seu subordinado pastor Timóteo, citou nomes de obreiros censuráveis, gentes que faziam parte do ministério criado por ele. Vide: 2ª Timóteo 4.10, 14. Preciso lembrar que uma carta é um meio de comunicação pessoal, não é público?

Tudo era tratado reservadamente por Paulo, tratamento de refutações dispensados apenas contra quem ele era responsável espiritual e se encontrava em erro.

Olhamos os ditos apologistas de então, e a pergunta é latente: Qual é a sua relação espiritual, hierarquicamente, entre as pessoas criticadas e esses críticos? A resposta é que não existe nenhuma relação pastoral entre eles, e quase sempre não há vínculo ministerial entre os críticos e os consumidores de CDs, DVDs, blogs, sites, revistas.

Quem estiver envolvido nestas situações, que reveja seus conceitos sobre os significados dos termos pastorado, discipulado, evangelismo e apologia cristã.

"Todo radicalismo não presta". Quem se atreve a discordar dessa afirmação? O radical presta para quê? Numa rápida pesquisa bíblica você poderá encontrar mais de uma dezena de versículos fundamentando a afirmação de que ser radical é um erro grave.

O que a maior parte do pessoal que escuta criticos não consegue perceber, é que as críticas que eles ouvem quase sempre estão movidas por interesses inconfessáveis. Quais?

• Interesse pelo poder denominacional;

• Interesse em vender livros, revistas, CDs e DVDs de "ministrações" da palavra "apologética". Se quiser comprar, prepare-se para gastar ao menos 35 reais por um exemplar de livro.

• Arrecadar dinheiro como palestrante. Falar mal também é profissão de alguns! Ganha-se para falar mal de muita gente! Tenhamos olhos abertos e vejamos que existe de forma patente a "fábrica da língua grande".

Quer participar de uma palestra sobre apologética? Separe então uma nota de 50 reais e não espere receber um cafezinho dos patrocinadores do evento. Pelo contrário, eles incentivarão você a comprar outros materiais deles. Uns vendem só livros, outros vendem livros, DVDs, revistas. Infelizmente, muitos pensam  que isso é servir a Deus!

Não era desse modo (falar da vida alheia em público) que os apóstolos praticavam apologética na Igreja Primitiva, nada disso se assemelha com o que está descrito nas Escrituras Sagradas. A prática da apologia cristã, feita nos dias de hoje está desvirtuada totalmente.

Não se faz mais apologia cristã como fazia o apóstolo Paulo, está diferente dos registros encontrados no Novo Testamento. A prática desses "apologistas" de hoje assemelha-se às revistinhas de fofocas de atrizes e atores de novelas.

Para terminar essa postagem, quero esclarecer que nenhum crítico está acima de críticas; os críticos deveriam saber receber melhor as críticas contra eles, pois quase sempre merecem!

E.A.G.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

A RELIGIOSIDADE SUPERFICIAL

Está escrito: "A palavra dura suscita a ira, mas a resposta branda desvia o furor" - Provérbios 15.1.

No momento de crise, alguns partem para a violência física. Outros, aos ardís da mentira, da dissimulação, da suposição. Nada disso são as estratégias de Deus para nós.

No momento de indignação, podemos escolher o que plantar para colher amanhã... Se usamos a brandura, colhemos paz e alegria... E se usamos as palavras duras, teremos que beber o cálice da fúria. É a Lei da Semeadura, que vale para o plano físico e para o plano espiritual (Gálatas 6.7).

Não estou debatendo com ninguém, isso é só uma lembrança das Escrituras.

Considerando que me dirijo aos espirituais, vale lembrar que "a ira do homem não promove a justiça de Deus" - Tiago 1.20. No momento de ira é importante ter cuidado para não pecar de nenhuma forma (Efésios 4.26).

Quem é apenas religioso, esquece-se de Deus quando provocado ou se sente injustiçado. Deixa de lado a pompa e circunstância da cartilha evangélica denominacional e pratica as obras da carne sem nenhum pudor (Gálatas 5.16-23).

É comum o cristão espiritual receber críticas de quem os observa em momentos em que não reage às maldades feitas contra si  praticando males. O homem não-espiritual não entende a razão de crentes espirituais negarem-se a apelar para a natureza humana. Tais observadores descrevem crentes espirituais como portadores de letargia e covardia. Na verdade, a ação do crente fiel ao esperar com paciência em Deus não é ser letárgico e nem covarde. É demonstração de fé em atividade.

O crente espiritual conhece seu Deus! Sabe que Ele é um ser que vê tudo, sabe de tudo e faz a justiça na dose certa e na hora certa. Sabe que Ele não está parado e O segue!

Esperar em Deus é permitir que Ele se mova em nossa frente, sempre esteja na frente de todas as situações. Esperar em Deus é deixá-lo em primeiro lugar, é prova de fé viva!
 
E.A.G.

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Feliz foi Adão que não teve sogra

Por Jayme Kemp

Esta frase que aparece nos pára choques de alguns caminhões reflete um pouquinho daquilo que o homem pensa de sua sogra. Dou graças a Deus pela minha sogra. Ela é um "jóia". Não interfere de forma alguma em nosso relacionamento conjugal. Mas, o melhor de tudo é que ela mora há dez mil quilômetros de distância! Estou brincando é claro! Gosto muito dos meus sogros. Afinal de contas, me deral uma pessoa muito preciosa: a minha esposa.

Não tenho tido muitos problemas no relacionamento com meus sogros. Eles contribuem bastante para nossa vida conjugal, não somente na área financeira (cuja participação tem sido muito significativa), mas também nos encorajam, aconselham e execem influência positiva na vida de nossas filhas.

Estou consciente de que, para a maioria das pessoas, é muito difícil abordar o assunto sogros. Em muitas famílias esse tipo de relacionamento compõe-se num verdadeiro campo de batalha.

É preciso que, constantemente nos lembremos de que a família é invenção de Deus. Portanto, Ele tem a orientação exata para todos os relacionamentos familiares. Gênesis 2.24 é um versículo muito importante pois, nos dá as bases para a edificação da família. Isso é comprovado pelo fato de, séculos mais tarde, Jesus haver se referido a essa passagem quando falou sobre a família, em Mateus 19.4-5. O apóstolo Paulo em suas exortações sobre o casamento, em Efésios 5.22-33, também se referiu a este trecho. Os princípios eternos de Deus sobre a família são aplicáveis a qualquer época e cultura.

Em Gênesis 2.24, Deus dá uma "dica" importante para nosso relacionamento com os sogros. "Por isso deixa o homem pai e mãe...".

Deus disse que o homem e a mulher precisam deixar mãe e pai. É um "deixar" emocional . O homem assume uma nova função: passa a ser o marido de sua esposa. O mesmo acontece om a mulher que passa a ser a esposa de seu marido. Ambos "deixaram" seus pais no sentido de que assumiram uma nova função dentro da família. Portanto, para que este novo relacionamento entre os recém-casados possa ser desenvolvido normalmente, o cordão umbilical precisa ser cortado. Isto não significa que os filhos vão cortar o contato com seus pais, ou que, vão abandoná-los ou ignorá-los. Significa, porém, que os filhos vão se desligar emocionalmente da depência dos pais, que durante a vida deram segurança, proteção e apoio financeiro. Se este "deixar" não acontecer, o "unir-se", que significa cimentar, será prejudicado. Se esxiste um presente que os pais podem dar a seus filhos, no dia do casamento, esse presente é a libertação. Os filhos precisam saber disso. Portanto, é importante que os pais expressem esse compromisso verbalmente. Isto pode ser usado para cimentar o novo relacionamento.
 
Esse deixar é uma das responsabilidades mais difíceis para os pais. E não somente para os pais mas também para os filhos. Deixar mãe e pai pode ser uma das decisões mais difíceis e dolorosas de se tomar. De fato, em muitos casos, casais têm sido prejudicados em seu relacionamento porque os filhos nunca se desligaram emocionalmente de sua família.

Falando em se desligar dos pais, quero adicionar uma palavra. Seu marido é seu marido e não seu "pai". Sua esposa é sua esposa e não sua "mãe". Você pode achar que não tem importância usar estes termos para se dirigir a seu querido ou querida. Mas creio que isto é capaz de atrapalhar o sentimento de romantismo de um para com o outro. Você deixa pai e mãe, não se casa com eles.

Para ilustrar a importância disso, quero narrar a história de Roberto e Andréa. Recém-casados, Andréa estava certa tarde na cozinha preparando o jantar. Aí ela pensou: "Que farei para a sobremesa? Ah, já sei... pudim de caramelo!" Ela nunca havia feito pudim de caramelo, mas estava na hora de aprender. Abriu o livro de receitas e seguiu fielmente as instruções. Roberto chegou e os dois jantaram. Chegou, então, a hora da sobremesa. Com todo orgulho Com todo orgulho ela tirou da geladeira seu primeiro pudim de casamento e serviu ao marido com todo carinho. Ao dar a primeira colherada Roberto fez uma careta e disse:

- Querida, você precisa aprender a fazer pudim de caramelo igual ao da minha mãe!

Com isso, a recém-casada começou a chorar e aquele casal teve sua primeira briga porque o marido ainda não tinha se desligado emocionalmente de sua mamãezinha!

É importante que os pais planejem, de preferência antes do casamento, a melhor maneira de contribuir para o sucesso do novo lar.
__________

E.A.G.

Artigo publicado na revista Christian Life, 1995.
.
Jayme Kemp é norte americano, proveniente da Califórnia, formado no Werstern Seminary, em Portland, Oregan, e na Universidade Biola, California, onde recebeu o doutorado em “Ministério da Família”. Casou-se em setembro de 1965 com Judith – palestrante, escritora e enfermeira - e ambos viram ao Brasil em 1967 como missinários da Sepal. Em 1998 Jayme Kemp fundou a Sociedade Religisosa Lar Cristão. É autor de vários artigos publicados em jornais e revistas e escritor de mais de 50 livros publicados. Em 2007, a Sociedade Bíblica do Brasil publicou a Bíblia da Família, com a coletânea de textos de Jayme e Judith Kemp.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

CATÁSTROFE EM PETRÓPOLIS, TERESÓPOLIS E NOVA FRIBURGO


Montanhas de Petrópolis by Claudio Brisiguello - Flickr

Políticas públicas equivocadas

As catástrofes das enchentes no Rio de Janeiro, em Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo e cidades adjacentes já soma 541 mortes. Ela tem a ver com a urbanização à revelia de órgãos públicos; rios canalizados equivocadamente, impermeabilização do solo exageradamente, casas construídas em locais irregulares, falta de coletas do lixo e entulhos. As autoridades deveriam ser chamados às suas responsabilidades por causa da má administração e tantos descasos.

Vale lembrar o seguinte: o governo federal liberou R$ 780 milhões para os municípios atingidos pela catástrofe. E a verba de R$ 1 bilhão.para a reforma do estádio do Maracanã.

A dimensão do problema é bem maior do que dimensionamos

Não é só o Brasil que está afetado, e nem é só o Rio de Janeiro

Alguns dias atrás vimos na televisão neve caindo em excesso em Nova York, e, não lembro em qual país e cidade da Europa, havia sol quando no passado era tempo de cair neve.

Neste início de ano, o estado de São Paulo também tem sido grandemente castigado pelas chuvas. A população da capital tem passado por alagamentos, sofrido bastante.

O derretimento das geleiras

Pesquisei sistematicamente isso no final de 2010, por causa de um TCC sobre Meio Ambiente.

Por causa da pesquisa, penso que não é apenas por má administração pública que acontece enchentes. Existe o fator mudança climática, sendo o principal fato o Aquecimento Global, que provoca derretimento de geleiras. Elas são enormes, algumas em dimensão continental. Estão se diluindo dia a dia no Alasca, nos Andes, no Himalaia, em montanhas da África, no Kilimanjaro, e na Antártica. E isto provoca o aumento dos níveis de água nos mares.

Chove... Os rios levam a água pluviométrica aos mares e lá essas águas de chuva recebem assentamento em nível mais alto e com maior demora porque se encontram com as águas das geleiras. O nível dos mares estão mais altos por causa das águas das geleiras! Por causa disso vemos mais alagamentos que anos atrás, quando as geleiras estavam firmes, antes do derretimento.

Repito: isto não tira a responsabilidade das autoridades públicas, prefeitos, governadores e presidentes. Do Brasil e exterior. Eles precisam enfrentar o problema e viabilizar formas de driblar tudo isso.

A triste, trágica e singular história de Petrópolis

Infelizmente, nessa horrível catástrofe, que no momento da redação dessas linhas conta 43 mortes, podemos ver a razão do nome daquele município. Petrópolis significa "cidade das pedras".

As enxurradas dos temporais fizeram com que enormes pedras rolassem ladeira abaixo, algumas com dois metros de altura, e junto com a violência das águas derrubassem árvores, destruíssem pontes, passassem por cima de automóveis e casas, ceifassem vidas. E, mostrassem que haviam muitas residências construídas sobre rochas, cobertas por camadas de terras, que deslizaram empurradas pelas fortes infiltrações de águas.

E.A.G.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Propaganda de desodorante Axe usa "anjos" para chamar atenção polemizando


A peça publicitária, foi feita pela agência inglesa BBH, chama The Fall (A Queda).

Pela ótica da qualidade de direção e produção artística, é ótima. Parece cinema, com seus efeitos especiais e visuais. Mas pela ótica sociológica, deixa a desejar, ao mostrar anjos, na forma corpórea de mulheres, caindo do céu... Quem criou o roteiro conhece a narrativa bíblica que informa a queda de Lucifer e da terça parte dos anjos, sabe que a Bíblia Sagrada diz que foram precipitados do céu e hoje são chamados de demônios.

Então, os produtores desse comercial se mostram gentes sem temor de Deus, com certo conhecimento das Escrituras, e com a intenção de provocar quem tenha fé e reverência ao Criador.

Os produtores dessa publicidade criaram a mensagem com objetivo de atingir um público-alvo específico, que é o masculino na faixa da adolescência, entrando na fase adulta. Ou seja, a produção do comercial criou uma mensagem contestadora dirigida aos garotões que estão vivendo a fase em que sentem vontade de contestar quase tudo, porque é só assim que sabem se autoafirmarem e se sentirem melhores.

Conhece o jovem estilo rebelde-sem-causa? Com complexo de inferioridade? Inseguro perto das garotas? Em casa trata os pais como seres de outro mundo, e na escola quer chamar atenção fazendo coisas erradas? É para eles esse comercial.

O âmago da mensagem é uma acachapante propaganda enganosa: "use o spray e se tornará irresistível para as mulheres"! Cadê o Procon para barrar esse slogan mentiroso?

Você é cristão e gostou da abordagem dessa publicidade e quer protestar? O spray desodorante da concorrência é ótimo. Compre-o. Esse é o melhor protesto que consumidores podem e devem fazer, funciona muito bem.

E.A.G.

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Os cristãos não precisam guardar o sábado

Sobre a anulação da obrigatoriedade de observar o sábado, eis sete tópicos para reflexões.

1. O Novo Testamento não repete os Dez Mandamentos por inteiro!

Não há dúvida de que o Novo Testamento cita mandamentos encontrados no Antigo Testamento. Repete ordens encontradas na Lei de Moisés, mas não repete o quarto mandamento (referente ao sábado) em nenhum lugar. A ordenança na guarda do sábado não existe como norma imposta a ser seguida pelos cristãos.

Vejam as seguintes comparações entre o Antigo e o Novo Mandamento:

1º mandamento

"Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de mim" - Êxodo 20.2,3.

"E dizendo: Senhores, por que fazeis estas coisas? Nós também somos homens, de natureza semelhante à vossa, e vos anunciamos o evangelho para que destas práticas vãs vos convertais ao Deus vivo, que fez o céu, a terra, o mar, e tudo quanto há neles" - Atos 14.15.

2º mandamento

"Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam" -  Êxodo 20.4-6.

"Filhinhos, guardai-vos dos ídolos" - 1 João 5.21.

3º mandamento

"Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão" - Êxodo 20.7.

"Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem façais qualquer outro juramento; seja, porém, o vosso sim, sim, e o vosso não, não, para não cairdes em condenação" - Tiago 5.12.

4º mandamento

"Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho; mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas. Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou" - Êxodo 20.8.

Não existe texto normativo exigindo do cristão que guarde o sábado no Novo Testamento. A Igreja de Cristo vive no tempo Dispensação da Graça, os cristãos são livres, sendo solicitado deles que observem as Leis Morais. O sábado, que os adventistas têm costume de guardar, percebemos que não faz parte do catálogo de regras neotestamentárias.

5º mandamento

"Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá" - Êxodo 20.12

"Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa) para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra" - Efésios 6.1-3

6º mandamento

"Não matarás" - Êxodo 20.13.

"Com efeito: Não adulterarás; não matarás; não furtarás; não cobiçarás; e se há algum outro mandamento, tudo nesta palavra se resume: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo" - Romamos 13.9.

7º mandamento

"Não adulterarás" - Êxodo 20.14.

"Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbedos, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus" - 1 Coríntios 6.9, 10.

8º mandamento

"Não furtarás" -  Êxodo 20.15.

"Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tem necessidade" - Efésios 4.28

9º mandamento

"Não dirás falso testemunho contra o teu próximo" - Êxodo 20.16

"Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do homem velho com os seus feitos" - Colossenses 3.9.

10º mandamento

"Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo" - Êxodo 20.17.

"Mas a prostituição, e toda sorte de impureza ou cobiça, nem sequer se nomeie entre vós, como convém a santos" - Efésios 5.3.

2. O sábado é um sinal para os judeus e não um mandamento aos gentios.

Não existe sequer um mandamento no Novo Testamento ordenando aos cristãos que guardem o sábado como um dia santo. Na verdade, o que lemos no Novo Testamento é que ninguém seja julgado por causa do sábado (Colossenses 2.16) e que o homem não foi criado para o sábado e sim o sábado para o homem (Marcos 2.27).

O sábado foi dado como sinal para Israel (Êxodo 31.13-17); em texto algum do Novo Testamento ele é dado como sinal para a Igreja. Milhares de anos após a entrega do mandamento, ainda podemos distinguir claramente o sinal que separa Israel do mundo - os judeus continuam a guardar o sábado.

3. O apóstolo Paulo não guardava o sábado.

Os adventistas afirmam que o apóstolo Paulo guardava o sábado, usando Atos 16.13. Mas, nesta passagem bíblica o apóstolo não foi à sinagoga para atender ao quarto mandamento. A finalidade era debater com os judeus sobre Cristo. Seu jeito de evangelizar era comportar-se como judeu para com os judeus. Em seu coração, desejava alcançar sua própria nação com o Evangelho da Salvação. Isso está mais claro que o sol do meio-dia em dia de verão, com céu de brigadeiro. Para conferir, basta ler em 1 Coríntios 9.20-22.

4. Por que os adventistas alegam que o sábado foi criado para cultuar a Deus?

O quarto mandamento não diz que devemos adorar a Deus nos sábados. Ele manda os judeus descansarem, assim como Deus descansou.

Vejamos: "Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos,mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, (...) pois em seis dias o Senhor fez os céus e a terra, o mar e tudo o que neles existe, mas no sétimo dia descansou. Portanto, o Senhor abençoou o sétimo dia e o santificou"- Êxodo 20.8-11 (NVI).

5. Sábado é o Dia de Saturno e o domingo é o Dia do Sol?

Os adventistas celebram e guardam o sábado cultuando a Deus neste dia. O interessante é que, como defensores do sábado, eles alegam que o domingo (dia que o Criador também fez!) é dia pagão. No entanto, esquecem - ou não querem tocar no assunto - que na língua inglesa sábado é saturday, e na sua origem latina significa "dia de saturno", referência à astrologia, uma abominação.

Nem o sábado pertence a Saturno e nem o domingo é o dia do sol.

6. Por que em Lucas 23-54-56 as mulheres descansaram no sábado?

Elas descansaram porque faziam parte daquela sociedade, que era composta de judeus.

Ao ler a Bíblia Sagrada, é preciso levar em consideração o seguinte:

a - Textos normativos

É quando há mandamentos.

b - Textos narrativos

É quando um fato é tão somente constado, registrado sem levar em consideração se a ação é correta ou um equívoco. Esquecendo-se disso, muitos poderão ler as passagens sobre o harém de Salomão e pregar que podem ter 700 concubinas, ou ler sobre o suicídio de Judas, e pregar que Deus permite que tiremos nossas vidas.

Não devemos tratar narrações como se elas fossem determinações divinas.

7. Quando os apóstolos se reuniram para tratar dos mandamentos válidos aos cristãos (nada sobre o sábado).

Se a salvação do cristão dependesse da decisão de guardar determinado dia, Deus certamente teria dito isso. Em certo momento, os apóstolos se reuniram com a intenção específica de debater e deliberar sobre os cristãos e a Lei de Moisés. O trecho de Atos 15.5-11, 24-29 foi a ocasião que Deus teve para comunicar claramente sua vontade à Igreja, que somos nós.

Naquela ocasião da assembléia apostólica, tudo que Deus deveria fazer para salvar milhões da condenação eterna seria dizer: "Lembrem-se de santificar o sábado", e milhões de cristãos fiéis, centrados em Jesus e não em Moisés, adoradores de Deus e crentes na Bíblia como regra de fé e conduta, receberiam esse mandamento encontrado no Novo Testamento.

Mas, em vez disso, os únicos mandamentos que os apóstolos deixaram, foram que nos abstivéssemos de comida sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne de animais estrangulados e da imoralidade sexual.

E.A.G.

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

A LEI DE MOISÉS E A LEI DE CRISTO

A Lei Moral ainda vigora nos dias atuais.

Quando Jesus morreu na cruz, o véu do templo foi rasgado do alto até embaixo. Nós sabemos, o véu separava o povo judeu do espaço do templo judaico, do lugar que era considerado o Santo dos Santos, onde era guardada a arca da aliança, e os sacerdortes levitas tinham permissão para entrar uma vez ao ano para oferecer sacrifícios de animais. Este ritual era o mais importante da Lei de Moisés. O livro Aos Hebreus é claríssimo sobre este assunto, ao mencionar que as cerimônias judaicas não valem  para a Igreja do Cristo.

A Lei Moral aponta ao pecado, nos direciona para viver de acordo com a vontade de Deus. Ela não tem poder para salvar do pecado, não nos livra do efeito mortal do pecado, mas traz à tona a consciência da existência dele, faz com que a alma pecadora saiba que é necessário reconhecer a Cristo como Senhor e Salvador, e incentiva o homem a se humilhar e se confessar a Jesus pedindo perdão e assim receber perdão (1ª João 1.9).

A Lei de Moisés era composta de ritos cerimoniais,
obrigava os homens a fazer circuncisão; a fazer rituais de holocausto usando animais para expiação de pecados (como uma simbologia do sacrifício de Cristo na cruz).


Quando o Filho de Deus morreu e ressuscitou dos mortos, os atos simbólicos do judaísmo deixaram de ser necessários. Ninguém mais precisa da Lei Cerimonial.

A Lei de Moisés foi abolida, acabou, mas a Lei Moral, vigora. Ela é para todos, judeus e gentios. O cristão, que faz parte da Igreja de Cristo, está obrigado a cumprí-la:

“Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir" - Mateus 5:17-18

“Levai as cargas uns dos outros, e assim cumprireis a lei de Cristo - Gálatas 6.2.

“Aquele, porém, que atenta bem para a lei perfeita da liberdade, e nisso persevera, não sendo ouvinte esquecidiço, mas fazedor da obra, este tal será bem-aventurado no seu feito” - Tiago 1.25.

“Assim falai, e assim procedei, como devendo ser julgados pela lei da liberdade - Tiago 2.12.

E.A.G.
Este artigo está liberado para cópias, desde que citados o nome do autor e o link (HTML) do blog Belverede.

Atualizado em  12 de janeiro de 2011.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Como ler a Bíblia Sagrada corretamente?

A Sociedade Bíblica do Brasil é recordista em publicações da Bíblia
Ler a Bíblia Sagrada é bom, mas praticar o conteúdo que leu é o ideal.


Hoje pela manhã, ouvi uma pessoa se vangloriar, ela disse que lê a Bíblia inteira todos os anos. Aí eu pensei: o importante não é apenas ler, é praticar o que leu. E este irmão não é um exemplo de bom cristão, faz muitas coisas que vão contra o que está escrito nas Escrituras Sagradas.


No Salmo 1, está escrito que só é bem-aventurado a pessoa que medita (repito: medita) na Palavra. Meditar é mais do que ler, é estudar o que leu até entender o conteúdo completamente. Ler sistematicamente, procurando o contexto do texto.


Romanos 12 nos fala sobre a necessidade da prática do culto racional. Isto é, usando o raciocínio e a devoção ao mesmo tempo, o entendimento lógico junto com a fé, porque apenas quando entendemos a razão de cultuar a Deus é que O agradamos. Então, é necessário que todo leitor da Bíblia saiba o que lê, e faça sua leitura com oração, adoração. com devoção. É preciso ler  a Bíblia devocionalmente além de sistematicamente.


Em Tiago, 1.22-25, está escrito que para ser bem-aventurado em nossas tarefas, é preciso ser praticante da Palavra de Deus. Quem ler e esquecer o conteúdo bíblico não  será abençoado pelo Senhor.


E, "esquecer" não significa apenas a questão da falta de memória, também é a questão de valorizar o que foi lido, meditado e compreendido. É viver no temor do Senhor, revenciar a Deus com espontâneidade.

E.A.G.

Artigo liberado para cópias, desde que haja citação do nome do autor e do link (HTML) do blog Belverede

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

AS ESTRATÉGIAS DA LIDERANÇA DA ASSEMBLEIA DE DEUS BRASILEIRA - CERTAS? ERRADAS?

Por Luiz Pimentel

Em 05 de setembro de 1989, portanto há apenas 19 anos ou 231 meses, 1.656 convencionais (pastores e evangelistas) da Assembléia de Deus no Brasil se reuniam na primeira Assembléia Geral Extraordinária em Salvador na Bahia, exatamente para decidirem o destino de nossa denominação. Houve ali o primeiro ‘racha’. No texto do livro “História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil” na pág. 526 é citado com um certo ar de orgulho, que a “a maior delegação veio de São Paulo, sendo mais de 50% do plenário” (1) , mesmo local onde anteriormente (19 a 23 de janeiro de 1987) reuniram-se mais de 3.000 pastores na Assembléia Geral Ordinária realizada no Centro de Convenções em Salvador/BA (2).

16.736 é o número de convencionais inscritos para a eleição da mesa diretora da CGADB a ser realizada no mês de abril/2009 em Vitória/ES, número fechado conforme estatuto e regimento às 18:00 hs do dia 20 de janeiro de 2009 dos que estarão aptos a votar no dia vinte e três (3).

Crescimento de 910,62% sobre a quantidade dos que decidiram partir a Assembléia de Deus em duas naquela Convenção de 1989, diga-se de passagem, primeiro ano de administração do atual e constante Presidente desde então, apenas interrompida por uma estratégica eleição na AGO de Cuiabá/MT (4).

Curiosidades a parte, tais como: qual deverá ser a maior delegação? Precisamos mais do que nunca, fazer uma reflexão traçando um paralelo entre este assombroso e louvável crescimento de ceifeiros (caso realmente seja esse, o objetivo!) e o crescimento da IEADB neste mesmo período.

Bons tempos aqueles em que assembleianos alardeavam a quem quisesse ouvir, que de toda a população evangélica existente no Brasil ‘éramos pelo menos 50%’, com alguns mais afoitos, que diziam sermos 60 e até 65% do total dos evangélicos. Isso deve ter pouco mais de 20, talvez uns 25 anos no máximo.

Surpreso, vi uma reportagem por ocasião da visita do atual papa ao Brasil em 2007, quando a imprensa nacional noticiou estatísticas do crescimento dos evangélicos em nosso país. Estudos da FGV e dados atualizados do censo do IBGE onde éramos 15,4% de evangélicos no ano 2000 (26,1 milhões de uma população à época de 169,8 milhões de pessoas). Daquele total de evangélicos (15,4%) já se tornava visível uma diminuição de patamar do chamado ‘rebanho assembleiano’. Somente 8.418.140 pessoas (32,14% do total de evangélicos) diziam-se freqüentadores da Assembléia de Deus. Já não éramos os tão propalados ‘mais de 50%!’ (5).

Pois bem! Em 2007, com a vinda do papa, novos números foram divulgados com algumas atualizações e outras projeções. A quantidade de evangélicos atualizada pela fundação Getúlio Vargas – FGV divulgada era de 17,88%, sendo 12,49% pentecostais e 5,39% tradicionais e, segundo a mesma FGV a segunda maior igreja com número de adeptos depois da Igreja Católica, figura a Assembléia de Deus com 4,49% (Jornal Valor, 03/05/2007) do total geral (6).

Onde queremos chegar nesta análise?

Os quatro ponto quarenta e nove por cento de Assembleianos representam somente 25,11% do total dos evangélicos, o que demonstra a queda livre que vem ocorrendo em relação a membresia da Assembléia de Deus (7).

Percebemos que, mesmo com a bela peça de marketing “A Década da Colheita” fazendo uma cortina de fumaça que desviou o foco do real problema enfrentado pela Assembléia de Deus na década de 90 – divisão – os números divulgados pelo IBGE e FGV são inversamente proporcionais ao crescimento do contingente de obreiros aptos ao voto na próxima AGO, ficando a triste e inevitável constatação: Enquanto a quantidade de evangélicos cresce no país, os assembleianos encolhem. Que colheita é esta?

A aritmética é simples: saímos de um patamar de, ‘pelo menos’ 50% de todo o povo evangélico no país, para um patamar atual de aproximadamente 25% dos evangélicos. Algo tem estado errado com a nossa Assembléia de Deus nessas últimas duas décadas e meia. Enquanto isso, os católicos tidos como mais de 70% (73,79%) da população brasileira constatam que lhes faltam padres. Segundo o mesmo estudos, eles não passavam de 18 mil em todo o Brasil, que forma em média, 400 padres por ano nos seminários e ainda depois disso passam por uma fase de estágio (8).

Lembremos: somente inscritos para votar, em nossa CGADB tivemos 16.736 pastores e evangelistas, fora os muitos que por algum motivo não se inscreveram – apenas assembleianos! – que, conforme a relação publicada no site oficial da CGADB no primeiro banner onde se lê ‘EDITAL DE PUBLICAÇÃO’ ou na lateral esquerda da home page ‘lista alfabética’, iremos encontrar exatos 34.603 pastores e evangelistas filiados àquela Convenção, aptos ao exercício do voto. (9)

Enquanto existe um padre para cada 10.000 habitantes no Brasil. A Itália tem 1 para cada 1.000 habitantes (O Globo on line de14/03/2007) (10).

Nós evangélicos temos 18 vezes mais pastores por fiel, no Brasil segundo a FGV. E como seria esta proporção somente entre os assembleianos? Façamos uma reflexão mais simples: são 18.685 padres para pastorear 73,79% da população e 16.736 pastores (somente os inscritos na CGADB aptos a votar) para pastorear 4,49% da população. Se tomarmos por base as projeções do IBGE, que estimou uma população em 2007 de 183.987.291 habitantes para o Brasil (11) e, aplicarmos os índices acima citados chegaremos a números mais atualizados, para 135,7 milhões de católicos pastoreados por 18.685 padres (1 padre para cada grupo de 7.265 fiéis), 8,2 milhões de evangélicos ASSEMBLEIANOS pastoreados por 16.736 pastores eleitores (1 pastor para cada grupo de 493 fiéis) ou ainda, 34.603 pastores filiados a CGADB (1 pastor para cada grupo de 238 fiéis).

Apenas como informação, relembremos a AGE de 1989 quando 1.656 pastores e evangelistas votaram pela divisão da AD, passados 22 anos da AGO de 1987 com pouco mais de 3.000 convencionais, e tracemos um paralelo com 2009 quando temos 16.736 convencionais inscritos ou 34.603 filiados a CGADB. Quanto aos membros, regredimos para um patamar de somente 25% dentre os evangélicos no Brasil, enquanto presenciamos o crescimento de nossa população evangélica de 9,0% em 1991 para 15,4% em 2000 e, para 17,88% (FGV) em 2003 (12) os 4,49% de assembleianos representam só 25,11% desses 17,88%. É pura aritmética!

Se considerarmos o símbolo adotado pelos cristãos desde a época dos discípulos, o peixe estilizado desenhado na areia com dois traços, só nos resta constatar o triste fato de que muita coisa tem mudado e... para pior! Alguém está pescando em nosso aquário assembleiano.

Essa inversão na relação crescimento do número de pastores X diminuição no número de fiéis é que nos sugere a pergunta título deste artigo.
__________

Citações:

(1) CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO BRASIL – CPAD. História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro, 2004. 526 p.
(2) CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO BRASIL – CPAD. História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro, 2004. 513 p.
(3) http://samuelcamara.blogspot.com/2009_01_01_archive.html. Pastor Samuel convida Pastores a se inscreverem para AGO em Vitória - ES. Disponível em: 20 de janeiro de 2009, vídeo postado por webmaster às 15:27
(4) CASA PUBLICADORA DAS ASSEMBLÉIAS DE DEUS NO BRASIL – CPAD. História da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil. 1. ed. Rio de Janeiro, 2004. 549 p.
(5) INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Censo Demográfico 2000. Características gerais da população. Resultado da amostra. Tabela de resultados.http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/censo2000/populacao/religiao_Censo2000.pdf
(6) JORNAL VALOR. 3 maio 2007. Reportagem de Paulo Toti. Disponível em:http://www.unisinos.br/ihu/index.php?option=com_noticias&Itemid=&task=detalhe&id=6898 Acesso em: 11 maio 2007.
(7) Cálculo efetuado por regra de três simples tomando-se por base o percentual de assembleianos citado na referência 6 acima (4,49%) do total dos evangélicos pentecostais (12,49%) somados aos tradicionais (5,39%) perfazendo um total de 17,88%
(8) GLOBO ON LINE. 3 maio 2007. Igreja católica deixa de perder fiéis, diz FGV. Ùltimo parágrafo da reportagem. Disponível em:
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2007/05/02/295592200.asp
(9) www.cgadb.org.br.
(10) O GLOBO ON LINE. 14 março 2007 às 09h31m. Reportagem de Valquiria Rey. Disponível em:http://oglobo.globo.com/pais/mat/2007/03/14/294922799.asp Acesso em: 11 maio 2007.
(11) INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA – IBGE. Metodologia das estimativas das populações residentes nos municípios brasileiros para 1º de julho de 2008. 12 p. Disponível em: http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/estimativa2008/metodologia.pdf
(12) FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS – FGV. Economia das Religiões. Marcelo Neri. Disponível em: http://www.sav.org.br/?system=news&action=read&id=1641&eid=17


__________


Luiz Pimentel é membro da Assembleia de Deus em Curitiba - PR


Fonte: Raidson Jenner N. de Alencar

Artigo originalmente publicado com o título As Estratégias das Assembleias de Deus estão corretas?

A ROÇA DO LOUCO

Por Nalon C.

(Uma estória que ilustra verdades que passam desapercebidas).

Vi, entre homens, um que parecia não ser de bom senso.

Fazendo uso de um pedaço de chão que lhe pertencia, foi semeando sem selecionar sementes ou mudas. Qualquer semente que encontrava, levava consigo, plantava e deixava crescer.

Certo dia, visitando a lavoura observou uma bela moita, caules coloridos, folhas grandes, cor característica, com presença de alguns espículos. Convidou a esposa, levando também a filhinha para admirarem a linda "folhagem". A esposa, que também nada entendia de botânica, resolveu fazer dessas folhas um belo molho para enfeitar a sala. A filhinha encarregou-se de levá-los.

Pouco depois, mãe e filha tinham o doce prazer de se coçarem, prurido doloroso, a ponto de seus olhos lacrimejarem. A pele toda empolada sugeria uma urticária gigante. Sofreram bastante por não conhecerem a traiçoeira Urtiga.

Numa outra visita à lavoura, encontrou bem amadurecido certo capão de gramíneas. Pensou consigo: Se não é trigo é arroz. Formou grandes feixes de cachos, levou-os para casa e disse para a mulher: Estenda um lençol; vamos colher este arroz. Assim, enrolou bem aqueles molhos, comprimiu os cachos, espetou bastante as mãos, feriu-se todo, e nada de grãos de arroz. Estava a colher carrapichos.

Lavado o lençol, puseram-no na cama, mas ninguém conseguiu dormir. Lá estavam os minúsculos espinhos entre o tecido para tirar-lhes o sossego.

Perdeu seu tempo, feriu suas mãos; sua esposa perdeu a paciência e tratou-o mal com duras palavras. Passaram noites mal dormidas, desgastaram seus "nervos" e acabaram queimando o lençol para dar fim ao sofrimento.

Certo dia ele estava a lastimar: Não tenho sorte! Minha vida é uma contínua colheita de sofrimentos!

Você conhece esse louco?

Pode ser que algumas pessoas ao olhar num espelho o reconheça.

Como vão as colheitas no seu campo de ação? Tudo está bem em casa? Muitas brigas? Falatórios? Caras feias? Choros? Angústias? Depressões? Inimizades? Úlceras? Ciúmes? Conflitos entre pais e filhos? Ou confiança, segurança, liberdade e muito amor?

Há cerca de dois mil anos, o grande filósofo cristão afirmara: "tudo o que o homem semear, isso também ceifará".

Se a colheita não está sendo boa em algum campo de suas atividades, seja prudente. Mude logo a qualidade da semente e verá que nos dias futuros a boa colheita certamente virá. Mas, lembre-se: cada atitude, cada gesto, cada palavra, é uma sementinha que você está plantando, e que a seu tempo dará seu fruto. Compre de graça a boa semente no celeiro de Deus (a Bíblia Sagrada) e esteja certo, que não tardará muito a se deliciar com uma boa colheita que jamais terá fim.

"Não se deixem enganar: de Deus não se zomba. Pois o que o homem semear, isso também colherá. Quem semeia para a sua carne, da carne colherá destruição, mas quem semeia para o Espírito, do Espírito colherá a vida eterna" - Gálatas 6.7-8 (NVI).

E.A.G.
__________

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Vergonha assembleiana em São José dos Campos no ano do centenário da Assembleia de Deus no Brasil

Desde 15 de dezembro de 2010, tenho sido informado sobre ocorrências estranhas ao cristianismo, envolvendo lideranças evangélicas assembleianas da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em São José dos Campo - SP. Chegaram a mim informação via leitor do Belverede, no espaço de comentários, tenho lido os blogs Point Rhema, Fronteira Final, O Balido, e alguns sites. Também tenho me informado através de pessoas que moram naquela região e congregam no "olho do furacão". Mas, não senti à vontade para publicar todo o conteúdo que tenho acesso. Por tristeza. Por vergonha. Por conhecer alguns ali pessoalmente.

Dramalhão folhetinesco. Tenho acompanhado esta novela, que poderia ser chamada Sede de Poder com Falta de Vergonha na Cara, nos blogs O Balido, Fronteira Final, sites evangélicos, redes sociais, e por contatos que sobrevivem em São José dos Campos.

Como dito acima por alguns participantes deste tópico, chegou a informação que neste domingo realizou-se Assembleia Geral Extraordinária na AD São José dos Campos. Na ocasião, foi aprovado a não legitimação da Junta de Pastores comandada pelo ex-pastor presidente Antonio Luis Sellari.

Na mesma ocasião, também foi aprovado a não legitimação dos fatos apresentados pela Junta de Sellari.

E, foi colocado em pauta se a igreja considera necessário o afastamento do Pr. Samuel Câmara da presidência daquele ministério, devido o mesmo estar respondendo inquérito. Em unânimidade, os participantes da AGE desaprovaram o afastamento de Câmara e o declararam pastor-presidente da AD São José dos Campos, efusivamente.

Em ata, foi efetuada a exclusão do Pr. Luis Sellari do roll de membros da Igreja AD São José dos Campos.

O talibã gospel. A pessoa com quem mantenho contato, membrada à AD Jardim Augusta-SP (filiada à AD Belém do Pará), que esteve presente na AGE, afirma que as escaramuças aconteceram com ameaças de morte aos pastores que dão seu apoio ao Pr. Samuel Câmara, mas o povo daquele local é esclarecido e não se deixa levar por terror psicológico, sabe discernir qual é o líder que ama a Obra de Deus e qual se interessa apenas por dinheiro e poder. O povo de São José dos Campos não se calará, está disposto a continuar a luta para defender o que entende ser os melhor rumo para a igreja.

Tempo de orar. É momento de orar pelos irmãos assembleianos de São José dos Campos! Naquela cidade, com certeza os fracos na fé já estão desanimandos, as almas que estavam em processo de evangelismo correm o risco de jamais se converterem ao Senhor, e os inimigos da cruz de Cristo estão com muitos argumentos para ridicularizar a fé de quem é fiel a Deus.

Eu oro para que Deus tenha misericórdia das ovelhas, e assim como Davi deu cabo de um leão e de um urso, que Ele, o Grande Pastor, exerça Sua justiça o mais rápido e exemplarmente em São José dos Campos - é a minha oração, em nome de Jesus Cristo.

Eu oro assim para que a liderança evangélica brasileira veja e entenda que é preciso voltar a viver como no passado, tempos em que se exercia o pastorado em caráter de voluntariado, quando se fazia o trabalho com mais dedicação e alegria do que agora nos tempos atuais, onde alguns usam a nomenclatura pastor, e são muito bem assaliariados e agem como se fossem donos do rebanho que pertence só a Jesus Cristo..

Motivações. Eu me pergunto: será que se situação de ser presidente da AD São José dos Campos fosse o caso para trabalhar de graça existiria esta insistência em presidir aquela igreja?

Pergunto mais: Será que as duas partes em conflito se disporiam a abrir mão de seus salários, por amor à Obra de Deus, indo trabalhar na secularidade e dando 10% mensalmente de seus ganhos com o suor do rosto, para custear as necessidades da igreja, e além de entregar o dízimo, entregariam também mais uns 30% de seus salários, como as ovelhas fazem e sobrevivem ali? 
 
Vamos lá, senhores pastores envolvidos neste escândalo nefasto. Proponho uma atitude bonita e agradável. Deixem de ser um peso nas costas das ovelhas, o biotipo desses dóceis animaizinhos não suporta carregamento de carga alguma. Escrevam cartas abertas, redação de próprio punho, renunciando aos seus salários gerados como líderes eclesiásticos. Demonstrem dessa forma que são espirituais e estão lutando por motivos nobres.
 
E.A.G.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Dinheiro .Fé .Fruto do Espírito X Carne .Motivacional .Mulher .Casamento .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Profetas .Saúde .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .redes sociais .Bom humor .Jovens .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .neopentecostais .Cinema .Esporte .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Grupo de Colaboradores em Belverede .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Dica de Blogueiro .Salmos .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Comunicado .Internet .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Teologia .Gif .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .Belverede .Daladier Lima .Missões .animal doméstico .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Bíblia de Estudo .Cosmovisão Cristã .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Billy Graham .Poema e Poesia .Namoro .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Páscoa .Sermão do Monte .Educação .Guerra e Paz .Gênesis .Nani Azevedo .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto .Wilma Rejane EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Política Brasileira .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Mensageiro da Paz .Botânica .Dia das Crianças .Islamismo .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Mulheres na Bíblia .Primavera .Tania Guahyba .Twitter .grafite .pássaros na Bíblia .Cristologia .Dia dos Namorados .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Outono .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Evangelho de Mateus .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Política Internacional .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .Inverno .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Romanos .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Amizade .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Professor .Dia do Trabalho .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raquel Melo .Retrospectiva 2017 .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Ciclo das quatro estações .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .Donald Trump .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.