Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

sexta-feira, 30 de abril de 2010

A origem do termo trízimo

O inventor do termo trízimo é um ateu zombador.

A primeira vez que eu li o termo trízimo (esta palavra não existe nos dicionários) estava em uma comunidade evangélica do Orkut, cujo autor do tópico fazia menção e indicação para uma postagem no site YouTube.

O vídeo criticava Valdomiro Santiago, insinuando que ele fazia uso do termo para arrecadar dinheiro de maneira antibiblica. No conteúdo da imagem, o Valdomiro não usa tal vocabulário.

O interneuta que copiou a imagem e lançou-a no YouTube se identifica como Renato. É uma cópia sem autorização do dono da imagem (a imagem pertence ao ministério de Valdomiro Santiago). O Renato nomeou a postagem como “Trízimo – apóstolo Valdomiro Santiago - Trízimo - 30% wwwtelacrentewordpresscom” | http//telacrenteorg



Eu assisti o vídeo, mas também fui pesquisar no YouTube sobre quem é o Renato. Encontrei no profile do Youtube que ele se identifica assim “renatoiran's” (Renato do Irã?). Vale lembrar que o governo iraniano é um grande perseguidor de cristãos e de judeus.

Na página do Renato, no YouTube, existe o link do blog dele, que é o Tela Crente. Tudo no blog é sarcástico. Ele zomba dos crentes da pior maneira possível.


[blog]

Neste blog, encontramos a indicação do Renato à página do Orkut dele, onde se revela uma pessoa com ideias ateístas. (Após terminar esta leitura, veja: Recado para crentes e ateus).


Acredito que a informação sobre a origem do termo trízimo deve interessar aos que ainda não sabiam dela e nem sabiam que os líderes cristãos que ele costuma citar jamais usaram esta palavra, uma palavra que não consta nos verbetes dos dicionário da Língua Portuguesa.

O trízimo é um termo inventado por um escarnecedor ateu e está sendo adotado por alguns internautas cristãos nos sites de relacionamentos e na Blogosfera Cristã, em nome de uma suposta Apologia Bíblica. Mas, os tais cristãos não checaram a fonte de origem do termo trízimo ou não se importam com o tipo de fonte que usam.

Em suma, a
o falar sobre pessoas, para ser justo, no mínimo deveríamos consultar a agenda das pessoas que falamos. O que elas estão fazendo no momento que falamos (bem ou mal) delas? Digo isso porque só Deus sabe tudo sobre todos e todas as coisas. Não temos licença de Deus para conjecturar sobre o coração do próximo, quais são as intenções delas.

Neste artigo, não faço juízo de valores, contra ou favoravelmente. Não faço defesa e nem ataque às lideranças evangélicas citadas pelo ateu Renato. Não foco a doutrina cristã, foco o comportamento da cristandade enquanto internautas.

Todos prestaremos contas para Deus: críticos e criticados. Sendo pessoa injusta, seja o crítico ou o criticado, não entrará no céu.

E.A.G.

Jesus Cristo e o fruto do Espírito

Primeiramente: tudo o que Jesus disse Ele praticou antes, durante e depois de haver dito. A pregação de Jesus era sobre quem era, pois Ele é o Verbo (Logos: Palavra) que se fez carne e habitou entre nós.

Só para constar com exemplos: ao ensinar sobre humildade Jesus lavou os pés dos discípulos; ao enviar os 12 e 70 discípulos para evangelizar, Ele já havia evangelizado quase todas as aldeias de Israel e continuou a evangelizá-las até ser preso.

Assim sendo, ao me referir à vida e à pregação Jesus, quando uso os verbos "fazer" e "dizer", entendo que ambos levam para o mesmo fim, pois têm o mesmo peso. Jesus pregava apenas o que fazia, nunca fez o contrário do que pregou.

Quando eu me converti, li o livro de W. Phillip Keller, que comenta sobre as nove característica do fruto focando a vida de Jesus. O autor afirma que as características do fruto do Espírito são as mesmas características da personalidade de Jesus. Keller afirma que andar no Espírito é o mesmo que imitar perfeitamente a Cristo. Este livro marcou minha vida, é uma publicação da Editora Betânia.

Amados, o fruto do Espírito, em suas nove características, apresenta a estrutura de uma alma convertida plenamente, em condições de ir morar no céu. Quem praticar tudo o que Jesus ensinou, será uma pessoa que estará praticando as nove característica do fruto do Espírito, pois são as mesmas coisas. As nove características do fruto representam a descrição do cristão que segue os ensinamentos de Cristo com total fidelidade.

E.A.G.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

O PROFETA JEREMIAS: OS ATOS DE FÉ E A ORAÇÃO DE INTERCESSÃO DOS CRISTÃOS VERDADEIRAMENTE ESPIRITUAIS

Três considerações sobre intercessão: fé, amor e perdão.

• Mateus 6.12, 14 - Na oração do Pai Nosso, Jesus nos ensinou orar pedindo para Deus que perdoe nossos pecados, assim como nós perdoamos os pecados do próximo contra nós;

• Tiago 2.13 - O apóstolo escreveu que Deus só usa misericórdia com quem é misericordioso;

• Gálatas 5.6 – Paulo declarou que a fé atua através do amor. Isto é: a fé não fala "sou crente"; a fé faz... Demonstramos que cremos fazendo tudo que é a vontade de Deus! E deixando de fazer o que não é a vontade de Deus!

Depois que aceitei Jesus como meu Senhor, passei a usar essas três premissas bíblicas, não tenho mais coração duro porque entendi e procuro imitar o coração de Deus, que é amoroso e maleável.

Ao agir, me esforço para ser maleável, porque sou cristão e ajo conforme entendo que devem agir os cristãos.

Portanto, quando me deparo com alguém que erra contra mim, mesmo considerando que este alguém talvez precise pagar pelo erro cometido, eu o perdoo e procuro esquecer o episódio. Porém, se o mesmo quiser nova chance, eu permito que tenha a oportunidade de reparar o erro amigavelmente. É o meu amor cristão... É a misericórdia dispensada ao próximo... É a minha fé em ação.

A fé se manifesta agindo pelo amor, e o amor se manifesta agindo com misericórdia, e, por conseguinte, a misericórdia se manifesta perdoando.

Você crê em Jesus e diz que Jesus é o seu Senhor? Então, perdoe, porque perdoar faz parte do mandamento do amor.

Interceder não é apenas orar pelo próximo. É agir em favor dele, também! Demonstremos nosso amor intercendendo através de ações efetivas para com os que agiram como nossos inimigos.

Foi exatamente isto que a fé do profeta Jeremias (capítulos 14 e 15.1) fez . Ao orar, o profeta mostrou o tamanho da sua fé em seu Deus. Chegou a chorar em favor de seus inimigos! O profeta tinha um coração maleável, pois orou e chorou em favor de seus contemporâneos que tentaram matá-lo. E além da oração intercessória, ao longo da sua carreira ministerial, tomou diversas atitudes contundentes para que o povo israelita voltasse a buscar ao Senhor.

Subisídio preparado com a finalidade de aproveitamente nas escolas dominicais, lição 5, da revista Lições Bíblicas: Jeremias - Esperança em Tempos de Crise (CPAD).

O artigo está liberado para cópia, desde que citados nome do autor e o link (URL) deste blog.

E.A.G.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Blog Belverede indicado ao prêmio Top Blog 2010

Por e-mail, recebi duas notificações avisando que o blog Belverede recebeu indicação ao prêmio Top Blog 2010. Foi escolhido para estar entre os 100 melhores blogs evangélicos deste ano, com a condição de cadastramento gratuíto para disputar o primeiro lugar.

Agradeço aos responsáveis por tal lembrança.Para mim, esta consideração já é um grande prêmio! Sinto-me prestigiado além do que mereço. Respeitosamente, abro mão de concorrer ao trofeu de terceiro, segundo ou primeiro posto. Desejo sorte aos que queiram participar do concurso.Deus abençoe a todos.

E.A.G.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

CSI Las Vegas - Investigação Criminal é uma boa opção em horário nobre aos telespectadores da televisão aberta





Agora, o telespectador brasileiro, que, por falta de opção, tolerou por anos a fio os enredos idiotas e idiotizantes de autores de folhetins de novelas globais, tem uma opção de entretenimento de bom gosto.
Há alguns meses, a Rede Record de Televisão transmite o seriado, de segunda à sexta-feira, às 21 horas, que conta a estória de uma equipe de cientistas forenses trabalhando para a polícia de Las Vegas.

No lugar das armas, há o uso aparelhagem técnica, e no lugar da violência, a inteligência. É assim que os criminosos são postos atrás das grades.

As sinopses dos episódios estão disponibilizadas no portal R7 - entretenimentos.
Nos Estados Unidos, a série faz enorme sucesso e já está na décima temporada.

E.A.G.

domingo, 25 de abril de 2010

Padre Juarez de Castro diz que sacerdotes católicos envolvidos com pedofilia são doentes e criminosos

Nos últimos anos, o jovem padre Juarez de Castro, ganhou certo destaque na mídia ao fazer participações como convidado de programas vespertinos dirigidos ao público feminino, produzidos em canais de televisão de São Paulo, apresentados por Claudete Troiano e Catia Fonseca.

Recentemente, o sacerdote ganhou o posto de apresentador. Trata-se de um programa patrocinado por uma única empresa, que é uma grande rede de farmácias.

O patrocinador é Sidnei Oliveira, dono da Ultrafarma, um religioso fervoroso, figura conhecida na telinha devido aos espaços que compra para fazer propaganda do seu negócio, espaços onde faz questão de aparecer. Oliveira mistura a fé com os remédios, que são vendidos com entrega em domicílio (devo reconhecer que é uma ótima facilidade oferecida aos doentes).

Bem, nesta manhã, eu lancei mão do controle remoto para ligar a tevê assim que acordei. Enquanto uma parte da minha família estava sonolenta e a outra já estava esperta, se preparando para ir à igreja, eu permaneci defronte ao televisor assistindo e participando de um culto evangélico ao vivo. Depois que o culto acabou, zapeeei o aparelho e encontrei por acaso o padre Juarez em outro canal. O padre é alguém que chama minha atenção por possuir bastante carisma.

Após Bento XVI abrir o assunto sobre padres pedófilos e se posicionar contra eles com firmeza, podemos constatar que há liberdade interna para as lideranças da Igreja Católica tocar na ferida que a macula tanto. O padre Juarez estava falando de escândalos nas igrejas. Eu me interessei, pois era a primeira vez que me deparava com uma situação assim.

De maneira didática, o sacerdote fazia uso de lousa e giz. Escreveu “escândalo”. E explicou: “essa palavra significa fazer cair, fazer tropeçar. Existe escândalo no meio político, no meio dos esportes, no meio da igreja”. E frisou: “não só da católica, da evangélica também”. E continuou: “Jesus disse que é melhor para as pessoas que fazem outros caírem colocar um pedra amarrada no pescoço e se jogar no mar do que viver escandalizando”.

Segundo o sacerdote católico, repassando informações originadas da Santa Sé, informou que a Igreja Católica considera a pedofilia uma doença e um crime, e que o padre pedófilo deve ser tratado como todos os doentes e também responder judicialmente por suas atrocidades.

Segundo o padre Juarez, a proporção de padres pedófilos é igual ao número de pastores envolvidos com pedofilia. A porcentagem seria 0,003. Segundo a explicação dele, na Igreja Católica os casos são em números maiores porque o número de padres no mundo é maior que o número de pastores evangélicos.

Achei interessante ouvir ele dizer que padres não se tornam pedófilos, mas que alguns pedófilos se tornam padres. É algo a ser pensado... Já ouvi especialistas em segurança dizendo que os pedófilos sempre procuram situações de relacionamentos onde as vítimas estão. São professores, por exemplo...

Eu não sou adepto da filosofia ecumênica como o padre parece ser. Mas, gostei de ouvi-lo dizer que a mídia sobrevive com a repercussão de escândalos, e que tanto os cristãos católicos quanto os evangélicos, precisam se manter firmes na fé diante de tantos escândalos repercutidos. Ele incentivou a todos a defender suas igrejas contra quem venha querer ridicularizar a religião por causa dos casos de pedofilia.

Não nego que existam pastores pedófilos, mas na minha vida, desde a mais remota das minhas lembranças, não tenho o registro do escândalo de pedofia entre pastores. No meio em que vivo, conheci apenas um caso de escândalo sexual envolvendo um pastor.

O escandaloso que eu conheci se esqueceu que era pastor e homem casado e se comportou como um galanteador, cobiçou uma irmã casada com um dos obreiros da congregação, mulher belíssima, mas fracassou na tentativa de conquistá-la. Depois disso, perdeu a confiança de todos os membros da igreja e foi rejeitado pela hierarquia eclesiástica, perdeu o direito de pastorear. Soube que ele morreu só, a esposa o abandonou, a causa mortis foi câncer no esôfago.

Na igreja Católica, até os dias de hoje não é bem assim... Tive acesso em uma história dos idos de 1980. Não confirmo o relato como uma verdade incostestável, não tenho condições de confirmar a fonte. Na ocasião, tudo passou de ouvido à ouvido como burburinho de amigos e vizinhos. É o seguinte: o caso é de um garoto que era coroinha e sofreu abusos sexuais por parte do padre. Este garoto conviveu comigo na fase escolar do ginásio. A família dele fez reclamações até numa delegacia. A conclusão é triste: a vítima foi tratada como um revoltadinho baderneiro e o padre até hoje está livre e faz missas, apenas mudou de paróquia, e na época nem chegou a prestar esclarecimentos para a polícia.
Para terminar o programa, diante de uma imagem, o padre orou. Não eram palavras repetidas, decoradas. E dirigiu-se ao Senhor, pediu em favor dos cristãos católicos e evangélicos. Depois, usando um playback de um CD que ele gravou, terminou o pragrama cantando uma música de Roberto Carlos.

E.A.G.

sábado, 24 de abril de 2010

PT nunca mais! Basta!



Por que eu não votarei na candidata do Lula para perpetuar o PT no Governo Federal? Existe a opção Marina Silva. Outras razões para eu não votar encontram-se no blog de Julio Severo.

E.A.G.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Cristianismo Radical - A participação de Eliseu Antonio Gomes no blog do Pr. Juber Donizete

Algumas vezes, já afirmei que a minha postura neutra sobre determinados assuntos incomoda muita gente. Ao entrar no blog do Pr. Juber Donizete, publiquei lá o conteúdo de um artigo meu, repetindo-o em diversos outros fóruns de blogs, apenas em blogs cujos donos eu considero respeitáveis e amigos. E então mais uma vez houve confirmação do que afirmo: minha neutralidade incomoda!

As quatro imagens abaixo, à esquerda, em amarelo, são a resposta do meu oponente e poderão ser encontradas no blog Cristianismo Radical e serem analisadas dentro do contexto que culminou nelas. As quatro, à direita, em branco, digitei-as em meu computador.

Ontem na última postagem que eu fiz naquele debate, eu afirmei que não voltaria mais àquele fórum. Após afirmar isso, o oponente voltou ao fórum e usou adjetivos impróprios contra mim, disse que sou uma pessoa mentirosa e contradizente. Então, não querendo faltar com a minha palavra, mas ao mesmo tempo desejando não deixar as ofensas pessoais sem réplica, fiz a nova réplica, mas postando elas aqui.

Dessa experiência, o que posso dizer é que para ser identificado como um autêntico seguidor de Cristo o rótulo cristão basta. Acho que os demais rótulos servem apenas para tirar a paz de todos nós.

É necessário dar clique duplo para visualizar as imagens com perfeição.



E.A.G.

Chorando aos pés do Senhor - O choro de Jeremias e as lágrimas e consolo espiritual dos cristãos

"Bem-aventurado os que choram, porque eles serão consolados" - Mateus 5. 4.

Bem-aventurado

Bem-aventurado, em grego é “makarios”. Significa abençoado, decreve a condição interior do seguidor de Cristo. Ser bem-aventurado é mais do que sentir alegria comum, é ter no coração paz com Deus. É ser uma pessoa que goza felicidade, porém, uma emoção representada de uma maneira muito mais profunda do que a raiz da palavra “feliz”. É ter a condição de um bem-estar havendo aprovação divina, ser uma pessoa alegre e afortunada por pertencer ao reino de Deus.
“Bem-aventurado, makarios; Strong 3107; do radical mak, indicando grande ou longa duração. A palavra é um adjetivo que sugere alegre ou de longa duração, supremamente abençoado, uma circunstância em que as congratulações são normais. É uma palavra de graça que expressa as alegrias especiais e satisfações concedidas à pessoa que experimenta a salvação”.- definição do Dicionário Strong na Bíblia Plenitude.
O bem-aventurado não perde sua alegria, esperança e paz devido às circinstâncias exteriores, pois confia totalmente em Deus. Para possuir esta felicidade é necessário seguir a Jesus Cristo.

“Bem -aventurado os que choram porque eles serão consolados”

Em Isaías 61.1-2, lemos que Deus enviou Jesus Cristo para consolar os que choram.
No sermão das bem-aventuranças, o verbo chorar não tem apenas a conotação da consternação comum. Significa o profundo sentimento de sofrimento e tristeza da alma, que poderá refletir ou não na exteriorização das lágrimas. É a dor por causa do pecado e do mal. A aflição por motivo pessoal e também motivada por causa do sofrimento próximo ou causada pelo próximo.
O cristão convertido não tem prazer de pecar e lamenta muito ao cair em pecado, então, nestes momentos pesarosos, passa pelo processo de confissão e pedido de perdão. Ao ser perdoado, recebe o refrigério consolador de Jesus Cristo.
O cristão convertido sente pesar por causa do próximo, sofre por causa do sofrimento do povo de Deus, chora com os que choram e se alegra com os que se alegram. O amor pelo próximo resulta no consolo de Deus (Apocalípse 7.17).

Nos dias atuais, existem muitos corações iguais ao do profeta Jeremias, que sofrem por causa da Humanidade sem Deus, cega e escravizada pelo pecado.


E.A.G.

Subisídio preparado com a finalidade de aproveitamente nas escolas dominicais, lição 4, da revista Lições Bíblicas: Jeremias - Esperança em Tempos de Crise (CPAD).

O artigo está liberado para cópia, desde que citados nome do autor e o link (URL) deste blog.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

Jesus Cristo ou John Piper - a questão da prosperidade bíblica

Deus abençoe John Piper, Paulo Romero e os demais que se apresentam como apologistas. Mas as minhas reflexões e tudo o que penso e repasso escrevendo aqui e em outros lugares, dentro e fora da Internet, são conteúdos baseados em minhas próprias reflexões, baseadas em leituras de Gênesis 1.1 ao Apocalípse 22.21. Tudo o que eu escrevo são frutos das minhas meditações nas Escrituras. Não formulo pensamentos através de pregadores e escritores da atualidade, pois as pregações e os livros evangélicos não são o Canone Sagrado, não são conteúdos inspirados pelo Espírito. Não sou dependente intelectual de terceiros, não sigo gurus.
O que eu penso sobre a religião e o antropocentrismo
Eu creio que o Evangelho de Cristo tenha como foco central transformar a natureza do ser humano, entretanto, além disso, produz satisfação pessoal ao cristão. Não só espiritual, abrange o aqui e o agora, na esfera física.
Salvação: soteria
Já repliquei para muitas pessoas e postei neste blog sobre o sentido do termo salvação em grego, idioma dos originais do Novo Testamento. É “soteria”... O significado tem a ver com o resgate do espírito, da alma e do corpo. Envolve a libertação do pecado, libertação das doenças e da miséria, tem conotação com prosperidade. Tem a ver com o bem-estar na vida no porvir e no viver o presente momento, o aqui e o agora.
Por mais de uma vez, trouxe a referência do Salmo 37.4. Exponho textualmente: “Agrada-te do Senhor e ele satisfará os desejos do seu coração”. Será que o salmista era do movimento antropocêntrico? Bem, preciso dizer que esta passagem bíblica é uma realidade em minha vida. E não considero Deus o gênio da lâmpada, apenas busco ser agradável a Ele reverentemente.
O Evangelho que dizem ser antropocêntrico tem a ver com o Salmo 37.4. E reverbera na boca de Jesus Cristo no Novo Testamento. Em Mateus 7.7-12; Lucas 6.38, e outros trechos bíblicos.
A fé e o reflexo dela no Evangelho de Cristo
Por mais de uma vez encontramos no Novo Testmamento Jesus Cristo afirmando: “A tua fé te salvou”.
A fé é o elo de relacionamento de Deus conosco. Jesus é quem salva, porém a fé é o veículo que traz a salvação (soteria / soterion) para a nossa realidade.
Se não cremos que Deus quer curar, não pedimos cura e nos conformamos com as doenças e as deficiências físicas. Se não cremos que Deus quer agir nos abençoando com a prosperidade, então, não reagimos contra as pressões econômicas e não agimos de acordo com o poder e a vontade de Deus para nos abençoar no aspecto financeiro.
A fé (“pistis”, em grego) gera ação, a ação gera reação. Se não há respostas para a fé, logo, então, precisamos questionar que tipo de fé nós temos. Estamos dentro de uma sociedade cheia de problemas sociais, estamos num mundo caído, porém, não somos deste mundo.
“Quem cuida estar em pé, olhe não caia” - 1ª Corintios 10.12.
Posicionamentos diferentes quanto aos textos bíblicos narrativos e normativos
Ao seguir os exemplos de personagens encontrados nas páginas da Bíblia, ao copiar as condutas de homens como nós, sem fazer as devidas contextualizações, não procurar saber se eles agiram de acordo com a vontade de Deus, deixar de analisar os contexto das Escrituras, corremos o risco de pecar copiando os pecados deles.
Reforçando o que eu disse sobre não seguir a Paulo, Tiago e outros personagens bíblicos. Disse que não é correto seguir as narrativas bíblicas sobre tudo que eles fizeram e tudo o que aconteceram na vida deles. Disse que temos que seguir os textos bíblicos normativos. Em nenhum lugar da Bíblia você encontrará que é um mandamento de Deus que sejamos mártires ou padeçamos necessidades.
O posicionamento dos cristãos deve ser o mesmo dos crentes de Beréia. Veja Atos 17.10-12. Os cristãos bereianos foram reputados por nobres porque não imitavam Paulo. Eles tinham o hábito de checar se o ensinamento e comportamento de Paulo estavam de acordo com as Escrituras Sagradas.
Quando o apóstolo Paulo escreveu sobre o homossexualismo, citou as normas sobre sexualidade que estão no Antigo Testamento e também são ensinadas por Jesus no Novo Testamento. É correto usar os textos de Paulo sobre sexualidade e qualquer outro tema, porém, sempre contextualizando todo o conteúdo com o restante da Bíblia Sagrada. Façamos o mesmo que os nobres crentes em Cristo da Igreja de Beréia, habituemos a contextualizar as Escrituras Sagradas. O apóstolo Paulo elogiou-os, mesmo sendo ele mesmo sendo posto à prova.
Eis a questão: ser ou não ser cristão mártir
Apologetas que levantam suas vozes contra a prosperidade se utilizam da questão das narrativas do martírio de apóstolos em contraposição à busca do viver cristão próspero, insinuando que o desejo de possuir vida em prosperidade seria desejo reprovável e ensino herético.
Os apóstolos foram mártires debaixo da permissão de Deus. Permissão e vontade são coisas diferentes!
O fato de se pensar que virar comida de leões, sofrer decapitação, sofrer aprisionamento, sofrer crucificação e perfuração por espada sejam modelos para o final de vida cristã me incomoda, e considero isso apenas uma opinião humana. Respeitando este modo de pensar, discordo veementemente. Por quê? Porque não existe nenhum mandamento para eu terminar a vida desse jeito infeliz.
É um engano dizer que os finais trágicos e infelizes dos apóstolos são a encarnação do Evangelho genuíno. Não são. Quem pensa o contrário precisa provar isso, mostrar o mandamento de Deus pedindo aos cristãos para serem pobres e miseráveis e morrerem martirizados.
Se não existe esta norma bíblica, porque normatizar este estilo de cristianismo? Não existem bases teológicas e nem racionais para basear-se nesta situação crítica de perseguições religiosas do passado na religião que vivemos. A sociedade de hoje não é igual a sociedade em que a Igreja teve seu início.
Se acaso a perseguição vier sobre nós, cristãos do século 21, deveremos manter a fé firme e não negar a Jesus como os apóstolos fizeram. É lógico! Porém, o Senhor nos ensinou a orar pedindo a Deus para nos livrar do mal (Mateus 6.13).
Por tudo o dinheiro responde” - Eclesiastes 10.19
A perseguição, a pobreza, a riqueza, a paz e a falta dela não são termômetros de espiritualização positiva, não significa estar em comunhão com Deus.
No século 21, há quem seja milionário e tenha o coração semelhante ao de Jó. Podem perder tudo e continuar adorando a Deus. E há quem não tenha dinheiro para comprar uma migalha de pão e negue a Cristo sem que não haja nenhuma perseguição contra sua fé.
É fato que a intranquilidade está mais presente entre os pobres do que entre os ricos. Quem é pai responsável, age como o cabeça do seu lar, se comporta trabalhando honestamente pelo bem-estar de todos da sua casa, diponibiliza o ensino bíblico a todos, se esforça pela boa manutenção da saúde e da educação para sua família. Tem como objetivo levar seus filhos a fazer uma boa faculdade...
Mas, e se este pai responsável não tiver prosperidade? Como deixar herança aos filhos de seus filhos? Provérbios 13.22.
Um depoimento sobre alguns “apologetas cristãos" e prosperidade bíblica
Tive a oportunidade de conhecer alguém que pregou muito contra a prosperidade bíblica, morreu deixando dívidas que sua esposa não tem condições de honrar, o irmão que o tolerou por muitos anos ouvindo-o falar contra sua fé na prosperidade dada por Deus, foi justamente quem pagou para que seu cadáver tivesse enterro com dignidade (texto bíblico pesado: Eclesiastes 6.3).
É fato que o pobre sofre mais que os ricos. Exemplo: Sem dinheiro, a pessoa tem qualidade de vida pior. No Brasil, se o cidadão fica doente, vai aos hospitais públicos e sai deles sem receber o diagnóstico completo e ideal. Não tem dinheiro para pagar por uma simples tomografia computadorizada ou uma ressonância magnética. O Estado não disponibiliza tomógrafos, diagnósticos médicos por imagens, com facilidade. Mas os computadores a serviços da saúde estão acessíveis nos hospitais particulares, como se fosse um luxo. Com os resultados destes exames, os pacientes prósperos vivem mais e melhor.
É triste constatar que tem muita gente morrendo por falta de dinheiro. E mais triste ainda é ler, ver e ouvir, líderes cristãos ensinando que tal situação é a vontade de Deus para nós. Prosperidade é dom de Deus (Eclesiastes 3.12-13).
O Evangelho de Cristo e os “apologetas-das-traduções-bíblicas”
Precisamos ler a Bíblia Sagrada procurado conhecer as bases dos termos nos textos originais do Novo Testamento.
É necessário ter a noção exata das etimologias dos termos em grego. Analisar “eirene”, que é paz; analisar “makarioi”, que é bem-aventurado; confirmar “soteria”, que eu já expliquei o significado aqui. E depois comparar os termos gregos com esta suposta defesa da fé, confrontar o significado delas com os argumentos dos pseudos apologetas do Evangelho de Cristo.
Não é possível encontrar no idioma grego a mesma apologia destes “apologetas-das-traduções-bíblicas".
Esqueçamos os livros dessas pessoas, ou leiamos com análises críticas agudas, porque eles não são inerrantes como é a Bíblia Sagrada.
E.A.G.
O artigo está liberado para uso, desde que citados nome do autor e o link (URL) deste blog.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

OS BLOGS EVANGÉLICOS E AS ELEIÇÕES

Por Valmir Nascimento Milomen

O Senhor tem sido muito bom para conosco. A UBE Blogs está chegando na casa dos 8.000 membros e, pela graça de Deus, os ubeanos têm feito suas vozes audíveis na rede.

Pessoas que nunca tiveram espaço para emitir opinião são, agora, lidos e respeitados por um número considerável de leitores. Blogs, portanto, podem influenciar pessoas. Por isso mesmo, o blogueiro precisa escrever com responsabilidade e prudência, sempre pensando no fruto de seus escritos.

Nesse sentido, vale lembrar que estamos em ano de eleição. Assim, os blogueiros cristãos também possuem a responsabilidade em debater esse assunto tão importante no meio da sociedade, e trazer o leitor à consciência da cidadania e importância do voto.

Pense Nisso!
__________

A União de Blogueiros Evangélicos está na Internet nestes sites: Blogger, Ning, Tweeter, Orkut.

terça-feira, 20 de abril de 2010

KELLY MACGILLIS - A METAMORFOSE DA ATRIZ: DO FILME TOP GUN ASES INDOMÁVEIS À PEÇA FRANKIE E JOHNNY

A atriz Kelly McGillis, que esteve em voga em 1986 por estrelar ao lado de Tom Cruise, o filme Top Gun – Ases Indomáveis, voltou às páginas das colunas especializadas em cinema, televisão e teatro. O Daily Mail publicou nesta segunda, 12, uma foto dela, aos 52 anos, com uma imagem bem diferente da telona. Foi fotografada com cabelos curtinhos e grisalhos, fumando um cigarro nas ruas inglesas no Reino Unido, onde está excursionando com a peça Frankie and Johnny, que no cinema teve uma versão com Al Pacino e Michelle Pfeiffer.

O site Ego, frisa que ela “perdeu as curvas, os cachos no cabelos e o charme. McGillis revelou-se lésbica no ano passado (...) Além de atuar, ela tem um restaurante na Flórida e é conselheira profissional em relação a abuso de substâncias químicas ”.

A atriz foi casada duas vezes. Primeiro, em 1979, com Boyd Black, durante três anos, depois contraiu matrimônio com o milionário Fred Tillian, com quem tem duas filhas adolescentes, Kelsey, 19 e Sonora, 16 anos.

No cinema ela passou a ser reconhecida como o par romântico de Tom Cruise em Top Gun - Ases Indomáveis, depois, viveu papéis menos destacados, personagens relacionados com estupro e lesbianismo. Na vida real, chegou a negar ser lésbica. Durante uma entrevista recente para a She Wired, MacGillis revelou ser homossexual. “Ela alegou ter lutado com sua sexualidade mais de 40 anos e que durante longos períodos complicados de sua vida pensava estar sendo punida por Deus por ser gay". No entanto, decidiu seguir em frente com sua vida e admitir o lesbianismo, afirmando "sou feita com a coisa do homem". E define esta atitude com a questão desafiadora de ser fiel a si mesma, não mais importar-se com o que os outros pensam.
Nós, cristãos, sabemos, o mundo jaz no malígno. Então, não é possível a gente, que nasceu em Cristo, seguir o raciocínio de quem está com a mente neste mundão. Os autores dos artigos, do Daily Mail, She Wired e do Ego, falam da atriz num estilo de escrita muito bom, porém, os textos têm apenas a filosofia humana, não encontramos o lado espiritual da situação.

A filosofia do mundo perdido, tende a forçar a maioria das mulheres a quererem eternizar em seus corpos a imagem dos 20 aos 30 anos. O sistema do mundo pressiona para que elas deixem se expor em fotos e vídeos como objetos da apreciação masculina, pressiona-as para virarem ferramentas que induzem ao pecado sexual. Da fornicação e do adultério. Pecados praticados mais na mente do que pela conjunção carnal. E tudo isso é apelidado de arte.

Pressionadas pelo mecanismo sujo, mulheres sem Deus no coração, com a intenção se serem o foco de todas as atenções masculinas, vão às operações plásticas, negam-se a amamentar seus filhos, fazem lipo-aspirações... Tudo em nome do padrão de beleza que a sociedade exige delas, sem saber que este mecanismo é totalmente maléfico.

Penso que a atriz quis dizer um basta a toda esta esquematização da mulher - objeto. E fez suas escolhas...

Hoje em dia é difícil encontrar vovós que lembrem a Dona Benta, do Sítio do Pica-Pau Amarelo. As vovós de hoje são louras, têm rostos repuxados e costurados por cirurgiões plásticos.

Cuidar da boa aparência não é um erro. O erro se consiste em como administrá-la socialmente.

O Criador deu a beleza para todos nós, homens e mulheres. Temos a beleza em todos os estágios da vida. Existem belezas diferentes. No bebê, na criança, no infanto-juvevil, no adolescente, no adulto, e nos idosos.

Nós, os que nascemos em Cristo, temos olhos espirituais para enxergar a beleza física em todas as fases da vida. E, dentro do casamento , com nossos conjuges, vivemos todas as etapas da vida com toda a intensidade.

Feliz é o cristão que tem olhos abertos para cobiçar apenas a esposa que Deus lhe deu! Feliz a cristã que deseja apenas o seu marido! Com isso, não digo que a pessoa casada se torna cega após o casamento... Digo que respeita seu (sua) parceiro (a), apesar de ver outras belezas por aí.

A síntese do que quero dizer é a seguinte: compete a mim, a você e a todos os cristãos, olhar para Kelly MacGillis com olhos espirituais. Vê-la como uma alma que precisa de Jesus. Oremos por ela!

E, também, sintetizo que a beleza costuma derrubar muitos cristãos. Seja vendo, ou sendo uma pessoa bela. Cuidado!

A decepção contribui ao desvio sexual? 2ª Corintios 5. 6-10 é a minha resposta:

"Temos, portanto, sempre bom ânimo, sabendo que, enquanto no corpo, estamos ausentes do Senhor; visto que andamos por fé e não pelo que vemos. Entretanto, estamos em plena confiança, preferindo deixar o corpo e habitar com o Senhor. É por isso que também nos esforçamos, quer presentes, quer ausentes, para lhe sermos agradáveis. Porque importa que todos nós compareçamos perante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo".

E.A.G.

O artigo está liberado para cópias, desde que citados o nome do autor e o link (URL) deste blog.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

1ª PEDRO 3.10 - 17: DOIS TIPOS DE CRISTÃOS PERSEGUIDOS

Neste texto, o apóstolo Pedro fala sobre os cristãos perseguidos por autoridades, faz uma diferenciação entre os cristãos que sofrem por amor a Cristo e os que sofrem por burlar as leis.

10 “Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente; 11 aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la. 12 Porque os olhos do Senhor repousam sobre os justos, e os seus ouvidos estão abertos às suas súplicas, mas o rosto do Senhor está contra aqueles que praticam males. 13 Ora, quem é que vos há de maltratar, se fordes zelosos do que é bom? 14 Mas, ainda que venhais a sofrer por causa da justiça, bem-aventurados sois. Não vos amedronteis, portanto, com as suas ameaças, nem fiqueis alarmados; 15 antes, santificai a Cristo, como Senhor, em vosso coração, estando sempre preparados para responder a todo aquele que vos pedir razão da esperança que há em vós, 16 fazendo-o, todavia, com mansidão e temor, com boa consciência, de modo que, naquilo em que falam contra vós outros, fiquem envergonhados os que difamam o vosso bom procedimento em Cristo, 17 porque, se for da vontade de Deus, é melhor que sofrais por praticardes o que é bom do que praticando o mal”.

Eu não quero polemizar, nem colocar lenha na fogueira de ninguém. Mas, vou dizer algumas coisas neste post e espero que pensem nelas de maneira imparcial. Não estou defendo A ou B, só analisando, como sempre faço com todas as situações que me deparo.

Blogs e críticos respeitáveis

São os que debatem ideias, usam a Bíblia Sagrada para fazer apologia cristã. Eles não debatem pessoas, apenas ideias.

Blogs e críticos que não inspiram respeito

Este grupo ataca pessoas sem nenhum critério definido. Parece ter o objetivo de usar renomes para ganhar maior visibilidade na Internet.

Algumas pessoas deste grupo pensam que estão protegidas por estarem publicando textos em território estrangeiro, mas o Brasil possui acordo de expatriação com diversos países, as barras da lei brasileira talvez os alcance onde estão.

Este grupo, quando usa a Bíblia Sagrada não aprofunda-se nos contextos dela. Faz piadinhas com nomes de líderes evangélicos (só isso já é margem para processo contra a honra), lança e usa videos, editados com cortes maldosamente preparados, do programa Pr. Silas Malafaia, e de outros, sem que haja liberação para usar o material (outra margem para processo, baseado em requerimento de direitos da imagem e direitos autorais).

É bom lembrar que já há caso de blogueiro brasileiro que foi parar nos tribunais por menos que isso. Existe jurisprudência na lei do Brasil para tratar com blogueiros.

Parece que a brincadeira daqueles que blogam sem seriedade está com prazo de validade vencendo, para eles chegou o momento de agir com mais responsabilidade, tempo de lembrar que são adultos.

E.A.G.

O artigo está liberado para cópias, desde que citados o nome do autor e o link (URL) deste blog.

domingo, 18 de abril de 2010

Jesus Cristo e as Boas Novas do Evangelho antropocêntrico

A grande maioria dos cristãos se esquecem que a Bíblia foi escrita originalmente em grego, hebraico e aramaico. Se contentam em apenas ler e meditar no conteúdo das traduções. No Brasil, principalmente, a tradução de João Ferreira de Almeida. É uma boa obra, mas ela não é suficiente para uma compreensão plena do Evangelho de Cristo.

No idioma grego, em que foi escrito o Novo Testamento, o termo salvação é "soteria". Este vocábulo abrange o sentido de salvação do espírito, da alma e do corpo. No original, salvar, além de abranger o sentido de libertar o espírito do homem da perdição eterna, significa curar o corpo e também livrar a pessoa da miséria.

A terminologia da palavra “salvação” nos originais do Novo Testamento é um fato. Não há margem para debater esta realidade.

Deus nos fez o espírito, com uma alma dentro de um corpo. Ele não cuida apenas de uma parte de nós. Quando Jesus morreu na cruz, bradou: "Está consumado". A declaração significa "serviço perfeito, completo”. Jesus não deixou tarefas esquecidas ou pela metade. Visou o bem-estar do espírito e da alma no porvir e o bem-estar físico do corpo humano. Ele cumpriu perfeitamente a missão que Deus lhe incumbiu.

O ministério terreno de Jesus era antropocêntrico?

A apologia moderninha diz que devemos pensar só no espírito, como se o corpo físico fosse algo condenável, criado pelo diabo.

Mas, ao abrir o Novo Testamento, vemos que as pessoas que procuravam o Filho de Deus o procuravam clamando por soluções, curas... Ninguém foi repreendido por Cristo por causa do seu interesse pessoal em soluções imediatistas, ligadas à vida presente. Todas as pessoas que Jesus encontrou enfermas Ele as curou. Todas às vezes que Cristo se deparou com algum defunto, efetuou a ressurreição.

Os problemáticos que foram abençoados por Jesus tinham fé antropocêntrica? Poderíamos pensar assim, pois é este tipo de atitude que alguns apologistas do século 21 condenam nos dias de hoje. Afirmam que agir assim é confundir Deus com o gênio da lâmpada de Aladim ou um mero garçom.

Apologistas do caos

O Evangelho de Jesus Cristo oferece ajuda a todos. Éramos perdidos, e sem merecer salvação, Deus enviou Jesus Cristo para nos salvar. Isto não é uma grande ajuda?

A palavrinha da moda no meio religioso entre alguns críticos que se nomearam como apologistas do Evangelho de Cristo, é “antropocentrismo”. Eles combatem o interesse dos cristãos que desejam soluções de problemas, como a cura da doença, reestruturação de casamentos em crise e o livramento do estado de miséria. Afirmam que os líderes evangélicos que usam a Bíblia para mostrar o caminho à libertação de tais opressões são hereges. Classificam, pejorativamente, tal pregação de Evangelho de Autoajuda e Evangelho Antropocêntrico.

Para sustentar o que afirmam, apontam aos personagens do Novo Testamento. Afirmam que Paulo morreu encarcerado e Tiago ao fio da espada, falam de perseguições aos crentes da Igreja Primitiva e citam a existência de muitos cristãos pobres ao redor do mundo.

Quem você está seguindo?

Você segue Paulo, Pedro ou Tiago? Eu sigo Jesus Cristo.

Em outra oportunidade, escrevi neste blog que precisamos levar em conta dois tipos de leituras ao abrir a Bíblia Sagrada. Existem os textos normativos e os narrativos.

Nunca façamos dos textos narrativos filosofia de vida, não criemos doutrinas baseadas em narrações bíblicas. Ao fazer isto estaremos seguindo atitudes de homens. Tanto quanto eu e você, os personagens bíblicos foram gentes falhas, também foram pecadores.


Ao ler a Bíblia, devemos observar atentamente o que lemos e fazer a contextualização, seguir os textos normativos: os mandamentos de Deus. É assim que estaremos sendo coerentes com o nome cristão, um seguidor de Cristo. O contrário é o mesmo que idolatria. Não idolatremos Paulo, não idolatremos Tiago e nem Estevão, que tiveram fins trágicos.

O Evangelho de Cristo apresenta a salvação tríplice

1 - Atinge o corpo: na conversão a Cristo, se o homem buscar a sua saúde e é curado, a tendência é glorificar a Deus, servir mais e melhor ao Senhor.

Jesus encontrou os discípulos e lhes convidou a acompanhá-lo. Disse-lhes: "vinde após mim". Quem pode imaginar os apóstolos palmilhando as aldeias de Israel com as dores de artrite, artrose e osteoporose? Podemos dizer que eles tinham vigor físico, portanto, tiveram condições de seguir o Mestre por três anos e meio.


Já encontrei quem quisesse usar o exemplo da cura dos dez leprosos, quando apenas um deles teve coração agradecido, para refutar o uso dos dons de curar na igreja. Ora, se Deus, por meio do Espírito concedeu os dons, estes dons devem ser desprezados ou usados?

2 - Atinge a alma: Quando o Evangelho atinge o coração, provoca a mudança de nossa natureza, dá condições para que a pessoa prospere. Ao ser abençoada, a alma liberta não busca caprichos e ambições egoístas. As bênçãos recebidas são compartilhadas com os irmãos.

3 - Atinge o espírito: a salvação de Cristo alcança a dimensão interior do ser humano completamente. O espírito que está salvo em Cristo tem o coração (alma, entendimento) transformado. Então, usa o corpo, que considera templo do Espírito, para o serviço cristão. Sabedor e crente na promessa de seu futuro com Deus no céu, trabalha para levar o seu próximo para lá

Teologia de Miséria versus a promessa do Salmo 37.4

“Agrada-te do Senhor e ele satisfará os desejos do seu coração” - Salmo 37.4.

Viver em pobreza não é pecado, não afirmo isso, não sou pregador da Teologia da Prosperidade.

Analisemos: será que Deus criou o estomago para que a Humanidade sentisse fome e fosse subnutrida? Será que Deus fez o homem sadio para perder a saúde? Será que Jesus é o Príncipe de Paz, para seus seguidores viverem intranquilos, tendo filhos desejando um brinquedo que o pai não pode comprar?

O fato de existir crentes pobres ao redor do mundo não é um atestado de que a pobreza seja vontade de Deus para a Humanidade. Em meados dos anos 1980 - 95, diversos cristãos morreram aidéticos na África. Será que isso era vontade de Deus ou uma permissão?

Concluindo

A verdade é que Deus fez o ser humano perfeito, no espírito, na alma e no corpo. O pecado fez com que Adão se afastasse e saísse do plano original da criação. Quando Jesus morreu e ressuscitou, restaurou o estado de perfeição da Humanidade. No momento que o homem crê que Jesus Cristo é seu Salvador, tem a possibilidade de retornar à condição de vida que o Criador propiciou ao homem no jardim do Éden. Por causa disso Jesus pôde bradar na cruz: "está consumado".

Desejar viver a vida na sua plenitude espiritual e física não é pecado.

E.A.G.
__________

Artigo liberado para uso, desde que citados nome do autor e o link (HTML) deste blog.

terça-feira, 13 de abril de 2010

A PONTE - UMA COMOVENTE LIÇÃO DE AMOR QUE NOS REMETE A JOÃO 3.16

segunda-feira, 12 de abril de 2010

O PASTOR SILAS MALAFAIA E O CENÁRIO DO PENTECOSTALISMO BRASILEIRO - CONCLUSÃO

Fazem alguns anos que eu percebo a necessidade de haver uma abordagem mais profunda sobre o assunto prosperidade nas publicações da CPAD. Quase todas as ocasiões em que o tema é ventilado existe uma enorme timidez e o que dizem quase sempre não é dito com a desenvoltura que o assunto precisa ser tratado. Não entendo qual é a razão disso.


Na sexta-feira passada, 9 de abril, assisti ao programa do Pr. Adilson Rossi. Ele é pastor filiado a CGADB e ligado ao ministério do Belenzinho – SP, seu templo está situado na Baixada do Glicério, centro da Capital paulista. O programa dele é produzido no templo que pastoreia e é transmitido pela Rede Gospel, canal do casal Estevan e Sônia Hernandes, fundadores da Igreja Apostólica Renascer em Cristo. Ao final do programa, Adilson Rossi estava sentado atrás de uma mesa, lembrando muito o Malafaia. Ele também pedia ofertas para ajudar no custeio do seu programa, informou números de agências bancárias e de contas correntes, clamava aos telespectadores para que bancassem financeiramente sua produção evangelística. O que eu acho plenamente justo e corretíssimo.

Pr. Adilson Rossi: “Sei que vão me criticar por pedir, não me sinto bem fazendo assim, mas é necessário pedir patrocínio”. E arrematou com um comentário que eu julguei infeliz e desnecessário: “Aqui não é como em outros programas que você vê por aí, não pedimos quantias determinadas, tudo é pedido para ser feito com amor”. E orou em favor de quem se dispusesse a ser mais um de seus patrocinadores, pediu a Deus bênçãos especiais aos que colocassem as mãos no bolso atendendo-o.

Ora, as quantias determinadas em 900 e 1 mil reais, no programa do Silas, também foram solicitadas em caráter voluntário e para que o contribuinte agisse com amor a Deus. Tanto a oferta com valor indefinido quanto de valores definidos são solicitações bíblicas. Como já disse antes, entendo que o segundo tipo de solicitação seja oferta do tipo oferta alçada, mencionada em Malaquias 3.8-10.

Que Deus abençoe os pastores Silas Malafaia e Adilson Rossi. Ambos são bons televangelistas e profundos conhecedores da Palavra. Que Deus os abençoe e nunca desampare a todos nós.

Nem todos os críticos do Pr. Silas Malafaia tem emitido bons conselhos. E eu não penso que o Pr. Silas Malafaia seja um pessoa incriticável, ele é homem falho tanto quanto eu e você. E nem ele nega isso!

E.A.G.

O artigo está liberado para cópias, desde que citados nome do autor e o link (URL) deste blog.

O PASTOR SILAS MALAFAIA E O CENÁRIO DO PENTECOSTALISMO BRASILEIRO - PARTE 2

Sejamos sempre sóbrios. Eu não penso que o Pr. Silas Malafaia é pessoa incriticável, ele também é homem falho tanto quanto eu e você. Ele não nega sua condição humana, não promove culto a sua pessoa.

Mostro-mo neutro, como servo de Deus e não servo de homens. Sei que a minha posição neutra irrita muita gente, mas é assim que a minha consciência encontra paz com o Senhor. Penso que eu preciso ler mais a Palavra e buscar as argumentos bíblicas sobre tudo e todos, para depois me manifestar.

O objetivo da oferta

Os 1 mil reais pedido por Murdock tem destino definido. São para pagar o satélite que transmitirá o programa Vitória em Cristo para mais de 100 países. É um sucesso evangelístico do Pr. Silas Malafaia. Sucesso?! Então, brasileiros e brasileiras, é um dever nacional lançar pedras no evangelista, porque assim como nós, ele é nascido no Brasil!

O que eu digo sobre Murdock e Cerullo? Não os conheço bem. Como falar de desconhecidos? Estaria agindo com preconceito. Poderia cometer injustiças, e os injustos não herdarão o céu. Mas, ainda me pronunciarei... Não tenho muita pressa.

Eu conheço quem tenha ofertado e afirme haver recebido "bênçãos sem medidas", oriundas das "janelas do céu abertas por Deus". Então... Sou demorado para opinar, porque estou meditando na Palavra sobre este cenário novo do pentecostalismo brasileiro.

Sobre o Silas ter ou não o avião, entendo que depende da proporção ministerial de cada pastor ou evangelista. Consideremos se se trata de um líder com meia dúzia de ovelhas ou de alguém responsável por um rebanho com 20 ou 30 mil membros. Analisemos: O pastor está cuidando de um templo só, ou está cuidando de vários, em mais de um estado ou país? Não façamos análises simplórias, não pensemos apenas no veículo, pensemos em qual será o uso.
O objetivo da critica

Quase toda crítica contra o Pr. Silas Malafaia reside na questão de comportamento dele quanto a não seguir os costumes da Assembleia de Deus, no que tange aos pedidos de ofertas na televisão, e ele aproximar-se de líderes evangélicos que não fazem parte da denominação, e, também, apresentarem estratégias de arrecadação que a AD não costuma usar.

Bem, diante deste cenário, lembro que como cristãos nossa regra de conduta precisa ser a Bíblia Sagrada, e não apenas cartilhas denominacionais assembleianas ou de qualquer outra denominação evangélica.

Quase todos os críticos sérios do Pr. Silas Malafaia, são dignos de respeito (faço a ressalva porque alguns não são sérios e não inspiram merecimento de nenhum respeito da nossa parte), usam o mesmo viés ao criticar. Baseiam-se na questão do bom costume assembleiano.

E eu fico pensando: Bom costume para quem? Nos guiamos pelo gosto pessoal? Jeremias 17.5-9 não alerta ao cuidado de se deixar guiar pelos sentimentos do coração?

Nós sabemos, nem todos os críticos do Pr. Silas Malafaia têm emitido bons conselhos.

Algumas pessoas que estão envolvidas nas críticas fazem parte da política interna da Convenção Geral das Assembleias de Deus, elas possuem alguma espécie de interesse na centralização de poder na denominação.

O Pr. Silas Malafaia faz parte da Mesa Diretora da CGADB. Então, não podemos desprezar isso, temos a questão da política eclesiástica. Ele é atualmente o 1º Vice-Presidente, cargo conquistado por votos, a maioria de seus pares votou e o colocou no posto, democraticamente. Então, não é a minoria dos pastores assembleianos que estão descontentes com a pessoa e ministério dele.

Deus não é assembleiano!

Lamentavelmente, temos visto que nem todos os líderes cristãos fazem assim. Em determinados momentos e circunstâncias, no calor das decisões referentes à política eclesiástica, trocam a Bíblia por Regulamentos Internos, adotam estratégias do mundo, sem cogitar em examinar se o comportamento ou coisa é importante ou não para o soprar do Espírito na Igreja do Senhor.

Sim, muitas convenções impedem o trabalhar de Deus. Não foi à toa que Paulo alertou a nós: "não extingais o Espírito" - 1ª Tessalonicences 5.19.

E.A.G

O artigo está liberado para cópias, desde que citados o nome do autor e o link (URL) deste blog.

O PASTOR SILAS MALAFAIA E O CENÁRIO DO PENTECOSTALISMO BRASILEIRO - PARTE 1

Introdução

Após o falecimento do Pr. José Santos, Silas Malafaia assumiu o posto de Pastor Presidente do campo AD Penha, que hoje já conta com mais de 20 mil membros.

Esta informação serve para nos situar no caso das críticas que Malafaia recebe. Ele não está em condição igual a outros líderes da Assembleia de Deus, gentes que possuem o título "pastor" antes do nome e no entanto não possuem a mesma responsabilidade pelo pastoreio de almas. O Malafaia não é um pastor sem a responsabilidade de dirigir igreja, como muitos outros que se assentam duas ou três vezes por semana nos púlpitos das ADs , participam de cultos e depois voltam para suas casas. Não faço um desdém aos outros, apenas pontuo a diferença.

Também é necessário descrever a estrutura das Assembleias de Deus. Elas são divididas (divisão no sentido organizacional) por campos e setores. E cada um deles têm o seu Pastor Presidente. E estes Pastores Presidentes são independentes uns dos outros. É por causa disso que algumas ADs são mais rígidas ou menos rígidas quanto aos usos e costumes, umas louvam a Deus batendo palmas, outras não... Até o brasão, o logotipo, muda de desenho de lugar a lugar.


Vale ressaltar que neste organograma assembleiano,
todos os Pastores Presidentes são independentes da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, nem o Pastor Presidente da CGADB, atualmente com gestão do Pr. José Wellington Bezerra da Costa, tem autoridade para determinar algo nos campos e setores espalhados pelo país.

A
filosofia de puxar o tapete

Acho engraçado, mas talvez devesse chorar ao invés de rir.

Sou brasileiro, vivo no Brasil e vejo com tristeza parte da nossa cultura. Aqui, quando um compatriota faz sucesso, o costume é puxar o tapete dele. É proibido ser felizardo, é proibido progredir. Basta o cidadão crescer um pouco e aparecem compatriotas avidamente procurando um jeito de derrubá-lo. Cresceu, rasteira nele!

Não pergunta-se se a pessoa progride ocupada em tarefa honesta, se possue postura respeitável.... Pode ser em qualquer área de atuação. Infelizmente, o brasileiro tem entranhado dentro do coração esta cultura destruidora. E, também, infelizmente, esta cultura entra na Igreja Evangélica, alguns cristãos não a abandonam ao converter-se ao Senhor.

A ironia do brasileiro é agir diferente com os gringos

Talvez conheçam o caso de Ronald Biggs, o ladrão inglês. Ele assaltou um trem postal escocês, de Glasgow, no sul da Inglaterra, em 1963, e após operação plástica e perseguições da Scotland Yard veio a residir no Brasil, amparado pelo acordo internacional de extradições. Aqui, ele não vivia às escondidas. Esteve por três décadas convivendo nas altas rodas da sociedade carioca, era nota de colunas sociais chiques do Rio de Janeiro e do restante do Brasil, dava entrevistas à televisão, quase todos prestavam-lhe reverência, como se assassinar e roubar fosse a mais importante das virtudes. Em 1991 ele voltou para a Inglaterra velho e empobrecido. Foi para lá por conta própria. Ao pisar em solo inglês foi imediatamente preso, na prisão esteve cuidando da saúde às custas do governo inglês. Em agosto de 2001 a Inglaterra o soltou, estava com a saúde muito precária após sofrer vários derrames. Hoje está impossilitado até de conversar.

Por que será que para alguns brasileiros, estrangeiro é mais facilmente aceitável, tido como bom, mesmo que seja gringo reprovável?

O sujo falando do mal lavado?

Estando no fórum de outros blogs evangélicos, um anônimo criticava o Pr. Silas por causa das solicitações das ofertas de 900 e mil reais, feitas por Cerullo e Murdock. no Programa Vitória em Cristo. Não costumo pensar que tudo que seja estranho é heresia. Primeiro investigo.

Segundo o anônimo, fazer solicitações de ofertas alçadas são atitudes estranhas, são atitudes de tentativas de barganhar com Deus. Este anônimo cobrou de mim uma posição, insinuando que o pastor fosse um herege pelo fato das ofertas solicitadas.

Nem tudo o que é estranho podemos afirmar que é heresia. Logo pensei na cultura brasileira do puxar o tapete de quem sobe. Também pensei na lição bíblica do cisco e do argueiro. Anônimos são fora da lei. Tal forma se expressão, sem identidade, é ilegal em nosso Brasil. Então, internautas anônimos, falhando, cobram a perfeição de outros.

Existe a cobrança para que Silas Malafaia mantenha conduta assembleiana. Postura assembleiana? Acho que precisamos nos preocupar se temos posturas cristãs. A religiosidade denominacional deve sempre ficar abaixo do nosso serviço como cristãos. Muitos problemas seriam evitados se todos se propusessem a ser servos com esta perspectiva.

O jeitão de pedir ofertas é um mero costume tradicional e informal. Não existe uma regra quanto a passar salvas ou não passar salvas, ou ter gazofilácio ou não nos templos. Então, ter uma postura diferente quanto a arrecadação de dinheiro, seja no recinto da igreja ou nos programas de televisão, não significa bular regras, porque não existem regras estabelecidas, apenas o hábito.

No sudeste do Brasil, onde cresci, nas décadas de 1970, 80 e parte de 90, eu fui testemunha de muitas atrocidades de pastores contra as ovelhas de Cristo. Todas as intervenções dos líderes vinham com a argumentação “defesa do bom costume assembleiano”. Foi triste ver pastores afastando ovelhas de Cristo da comunidade cristã, sem usarem apoio da Bíblia Sagrada para fazer isso. Eles usavam a cartilha da religiosidade. Ou seja, eles foram mais assembleianos do que cristãos.


E.A.G.

Revisado em 14 de abril de 2010

O artigo está liberado para cópias, deste citados nome do autor e link (URL) deste blog.

domingo, 11 de abril de 2010

A PROFECIA DE JEREMIAS CONTRA O DESVIO DOUTRINÁRIO DOS JUDEUS E A FALSA SENSAÇÃO DE SEGURANÇA QUANTO AO TEMPLO

Toda profecia não é, necessariamente, uma predição de eventos futuros, pois 1ª Corintios 14.3, define profetizar como falar aos homens “para edificação, exortação e consolação”. Não é toda profecia que contém o elemento da predição de algum modo definido. Geralmente, no entanto, os sermões dos profetas veterotestamentários tinham este elemento, revelando ao povo os juízos e bênçãos de Deus para o futuro, de acordo com a obediência ou desobediência à vontade de Deus.

Aos israelitas da época de Jeremias, a presença do templo era ilusoriamente interpretada como certeza necessária para a proteção de Deus. Jeremias discordava, pregava que era necessário uma completa transformação moral.
Os habitantes de Judá enganavam-se ao crer que um santuário fosse mais importante ao Criador do que o comportamento moral de quem O adora. O miraculoso livramento de Jerusalém dos exércitos de Senaqueribe, quase um século antes, levava-os à ilusão, fazia os israelitas crerem que por Judá ser a sede do templo, Jerusalém era imbatível. (2º Reis 18.13 -19.37).
Eles estavam certos de que nenhuma invasão poderia derrotá-los enquanto existisse o templo, cogitavam que sendo o templo tão importante para Deus e estando o SENHOR presente de forma especial, então nunca seria permitido a sua destruição, e nem da cidade em que se localizava. Afinal de contas, pensavam eles, Deus não iria permitir que a sua casa fosse destruída.
Mas o Senhor, por meio do profeta, disse que o templo fora transformado num caverna de salteadores, e então estava fadado a ser demolido. Esta profecia se cumpriu durante a vida de Jeremias.

Séculos depois, após o templo ser reedificado, Jesus citou a referência, Jeremias 7.11, aos expulsar os cambistas do templo (Marcos 11.17; Lucas 19.46).


E.A.G.
__________

Terceira parte do subisídio preparado com a finalidade de aproveitamente nas escolas dominicais, lição 3, da revista Lições Bíblicas: Jeremias - Esperança em Tempos de Crise (CPAD).

O artigo está liberado para cópias, desde que citados nome do autor e link (URL) deste blog.

A LIÇÃO DE SILÓ QUASE LEVA O PROFETA JEREMIAS À MORTE

“Assim diz o Senhor: Põe-te no átrio da casa do Senhor e dize a todas as cidades de Judá que vêm adorar na casa do Senhor, todas as palavras que te mando que lhes fales; não omitas uma só palavra” - Jeremias 26.2.

O capítulo 26 do livro de Jeremias possui a narrativa das circunstâncias em que o discurso do capítulo 7 foi pronunciado pelo profeta, mostra as reações que o conteúdo da mensagem provocou em seus ouvintes.
Jeremias, objetivando fazer os judeus abrirem os olhos para a falsa segurança que depositavam no Templo, fez uma comparação com a religiosidade judaica do passado, quando a arca da Aliança se encontrava no santuário em Siló. Ele declarou que o que havia ocorrido no passado, também aconteceria com a presente geração.
O que havia acontecido?
Siló distava há 38 quilômetros ao norte de Jerusalém e se encontrava no território de Efraim. Havia sido o lugar do tabernáculo, depois da conquista de Canaã, sob o comando de Josué. O antigo santuário de Siló atendia a família sacerdotal de Eli. Durante o período em que a arca da Aliança esteve ali, o lugar se converteu em um importante centro de peregrinação, e transformou-se em centro religioso de Israel por mais de um século (1º Samuel 1.3).
Mas, devido a rebelião dos israelitas contra Deus, a contaminação do povo com o pecado da idolatria, aproximadamente no ano 1050 a.C., os inimigos filisteus infringiram uma dura derrota aos israelitas e levaram a arca da Aliança para depositá-la como troféu no templo do falso deus Dagom, em Asdode. Nesta ocasião, a cidade e o santuário foram saqueados e devastados, cerca de 30 mil soldados da infantaria de Israel foram mortos (Josué 18; 1º Samuel 4.1-11; 5.1-5).

A comparação de Jeremias entre os israelitas do passado, adoradores no tabernáculo em Siló, e a geração para qual ele dirigia à Palavra de Deus, adoradores no Templo em Jerusalém, enfureceu o povo. Dizer que a mesma desolação do passado se repetiria no presente, foi motivo suficiente para que a multidão tentasse contra a vida do profeta, que por pouco escapou daquela situação com vida.

Aicão evitou o martírio do profeta. Ele era homem influente naquela sociedade, tinha laços estreitos com o rei Josias, era o pai de Gedalias, que por conseguinte era amigo do profeta e, talvez, devido a relação entre eles, deve ter se sentido compelido a evitar a morte do profeta e foi feliz na proteção concedida (2º Reis 22; Jeremias 26.24).

E.A.G.
__________
Subisídio preparado com a finalidade de aproveitamente nas escolas dominicais, cujas aulas usem a revista Lições Bíblicas: Jeremias - Esperanças em Tempo de Crise; comentarista Claudionor de Andrade (CPAD). Artigo dirigido à lição 3 - Anunciando Ousadamente a Palavra de Deus.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .Política .CPAD .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Motivacional .Dinheiro .Fé .Casamento .Fruto do Espírito X Carne .Mulher .Apologia Bíblica .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Prosperidade .Saúde .Profetas .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Hermenêutica .Livros e Leitores .Bom humor .Jovens .redes sociais .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .Cinema .neopentecostais .Esporte .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Grupo de Colaboradores em Belverede .Personagens da Bíblia .Antigo Testamento .Salmos .Dica de Blogueiro .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Verdades e Mentiras .Pérolas .Sociedade Bíblica no Brasil .Ecologia .Aborto .Comunicado .Internet .óbito .Escatologia Bíblica .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Teologia .Cosmovisão Cristã .Gif .Novo Testamento .Ana Paula Valadão Bessa .[Fotos Belverede] .UBE .Questões (des)complicadas .RR Soares .Facebook .animal doméstico .Belverede .Daladier Lima .Missões .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Quem sou eu? .Aline Barros .Crônicas e fábulas .Diante do Trono .Bíblia de Estudo .Dízimos e ofertas .João Cruzue .Namoro .Billy Graham .Poema e Poesia .Sermão do Monte .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Páscoa .Educação .Gênesis .Nani Azevedo .Guerra e Paz .Catolicismo .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Política Brasileira .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Virada de Ano .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Crianças .Dia das Mães .Livros da Bíblia .Nova Versão Internacional .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Opinião .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .YouTube .animal selvagem .Eclesiologia .Thalles Roberto .Wilma Rejane EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova Carta de Paulo aos Filipenses .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Primavera .Prêmio Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Mensageiro da Paz .Botânica .Dia das Crianças .Islamismo .animal aquático .Barack Obama .Cartas do Apocalípse .Charles Darwin .Dia dos Namorados .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Editora Betânia .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Mulheres na Bíblia .Tania Guahyba .Twitter .grafite .pássaros na Bíblia .Ciclo das quatro estações .Cristologia .Donald Zolan .Marisa Lobo .Árvores da Bíblia Charles Haddon Spurgeon .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Outono .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Abraão de Almeida-Pr. .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia Internacional das Mulheres .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Evangelho de Mateus .Instagram .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Política Internacional .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Cristina Mel .Dia da Mentira .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Inverno .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Carta aos Romanos .Claudionor de Andrade - pastor .Elaine de Jesus .Hillsong .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Retrospectiva 2017 .Rose Nascimento .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Amizade .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Dia Nacional da Consciência Negra .Dia do Trabalho .Editora Chamada da Meia-Noite .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Nito [Rubens Eduardo] .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Sergio Moro .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee Damares .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Andrea Fontes .Anita Malfatti .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Deltan Dallagnol .Dia do Professor .Donald Trump .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Gutemberg - Johannes .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raquel Melo .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Superstições e Lendas Urbanas .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis . Stephanie Colbert- vocalista Starship .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antropologia Bíblica .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta aos Efésios .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Davi - rei .Deigma Marques .Discopraise .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .Graça Editorial .Grupo Elo .Heber Sousa - pastor .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Jonas .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Miquéias .Livro de Números .Livro de Oséias .Livro do Apocalipse .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .Neemias .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Pedofilia .Profetas .Você sabia? .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Salomão - rei .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio 1 Coríntios Alberto Rezende - pastor Charles Studd Elizeu Martins - pastor George R. Foster

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.