Research | Pesquisar artigos de Belverede

Select the language

terça-feira, 31 de julho de 2007

A QUESTÃO DE JULGAR - CERTO OU ERRADO?

Quanto a julgar, diz a Palavra de Deus que podemos, sim, fazer julgamentos. Mas apenas usando a Palavra de Deus. E só é feliz quem faz isso em conseqüência de uma leitura meditativa.

Os tais julgamentos são permitidos e feitos corretamente quando feitos segundo a reta justiça (João 7.24). O que isso quer dizer? Usando a Palavra de Deus, com os devidos textos e contextos e usando total imparcialidade.

A Escritura Sagrada é capaz de discernir (julgar) as intenções de cada coração, é penetrante, atinge o âmago da alma e espírito do ser humano - Hebreus 4.12. O julgamento sério é apenas o que é proferido com total isenção da opinião humana.

Um dos dons do Espírito Santo dado à Igreja é no sentido de julgar o que é correto ou não, é o dom de discernimento (julgamento) de espíritos - 1ª Corintios 12.10.

E por espíritos estão enquadrados o seres humanos e os seres espirituais (divino e maligno).

E.A.G.

[atualizado em 12 de novembro de 2008]

segunda-feira, 30 de julho de 2007

A diferença de quem serve a Deus dos que não servem

A diferença não está no cabide, dentro do guarda-roupas.

Fazendo a diferença: perdoe quem te ofende, ore por quem te persegue, ame quem te odeie e fale muito bem de quem te difama.

A diferença que Deus pede está dentro do coração. Quem serve ao Senhor obedece ao mandamento de Cristo. Quem faz isso, com ou sem o uso dos costumes tradicionais das igrejas, é diferente de quem está no mundo.

De nada adianta obedecer aos costumes denominacionais e não obedecer ao mandamento de Cristo. Qual é o mais importante? Os mandamentos do Senhor ou os usos e costumes dessas denominações? Há quem esteja vivendo dentro desses usos e costumes e que pense que esses usos e costumes são mais importantes...

Para entrar no céu é necessário amar até os nossos inimigos!

E qual é o "mundo" que devemos evitar? Não é o planeta. É o sistema implantado por Satanás, que força a todos a não perdoar e ofender; que força a não pensar em ajudar e não orar por quem nos prejudica; que força a odiar quem nos odeia; e, a falar mal de quem fala mal da gente.

Com ou sem o uso e costumes das igrejas, muitos estão neste mundo (sistema) de Satanás, estão dentro desses hábitos de desobediência ao mandamento de Cristo.

E.A.G.

sábado, 28 de julho de 2007

Crentes irados!

"Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus" - Tiago 1.20.
A vida neste mundo não é sempre flores, existem espinhos também em nossa caminhada. Quantas vezes somos vítimas?
Quantas vezes sentimos que alguém precisa de uma resposta à altura do mal que fez contra nós? E quantas vezes queremos reagir com ódio ou com amor frio?
Deus nos mostra a importância de nos livrarmos das mágoas e dores que, porventura, podemos ter guardadas em nosso coração e que, de vez em quando, chegam à nossa mente nos trazendo ira e indignação.
70 x 7 = 490 ... Esse é o número de vezes ao dia que Jesus Cristo disse que o cristão sincero precisa perdoar alguém que comete o mesmo pecado contra nós! Deus nos prova a todo instante e diz em Sua Palavra que Ele é por nós e é Ele quem faz justiça por nós.
Mas na Palavra aprendemos que quando há desejo de vingança (mágoa, rancor, amargura) em nosso coração, Ele fica "impedido" de operar Sua justiça em nosso favor.
Dia após dia queiramos seguir os ensinamentos do Deus maravilhoso que somente quer derramar bênçãos em nossa vidas e lutar à frente de nossas batalhas.
E.A.G.

sexta-feira, 27 de julho de 2007

Voo das águias

.
.

Procurando águias

Águias produzem resultados e aproveitam as oportunidades;

Águias influenciam as opiniões e ações à sua volta;

Águias agregam valor a você e à organização;

Águias atraem outras águias;

Águias preparam outras águias para liderar;

Águias cumprem suas metas e compromissos.

Autor desconhecido / Texto extraído da revista Igreja.

quinta-feira, 26 de julho de 2007

DECISÕES!

.
.
Alguém me perguntou:

- Você tem orkut?

Eu Respondi:

- Sim.

Outra pergunta:

- E você acha que o orkut é um instrumento do diabo para destruir os jovens cristãos?

Respondi:

- O diabo sem ORKUT derrubou Eva, sem MSN derrubou Acã, sem sites derrubou Sansão, sem YOUTUBE derrubou Davi. E continua derrubando muita gente com ORKUT ou sem ORKUT. Tudo depende de quem usa. O diabo nesta hora está preparando algo para derrubá-lo. Ele consegue inventar ferramentas com o objetivo de nos derrubar. Mas Deus é fiel. "Nenhuma ferramenta preparada contra ti prosperará" (Isaias 54.17). Deus pode transformar um instrumento de maldição em bênção! Mas, sem vigilância, nós podemos transformar um instrumento de bênção em maldição também. A vida e a morte estão nas decisões acertadas e erradas, no bom e mal uso do livre-árbitrio (Deuteronômio 30:15, 19, 20).

.
.
.

(Texto adaptado, recebido através da minha conta no site orkut / autoria desconhecida)
.
.
.

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Identidade Espiritual - 2


Você sabe quem você é?

Esta pergunta é importantíssima. Embora pareça um tanto quanto sem razão, ridícula até, muitas pessoas ainda não sabem respondê-la na íntegra ou não pararam para analisar essa questão importante.

Você pode ser bom pai ou mãe, ótimo filho e estudante, o melhor vizinho e cidadão, o funcionário exemplar. Ainda que seja essa bela resposta, ela está incompleta.

Por causa da vida moderna e agitada possuímos o afã de dar cabo de todas as obrigações e problemas. Com isso esquecemos do principal: nós mesmos.

Quando nos olhamos no espelho nos vemos, logicamente. Mas a imagem ali refletida não é capaz de mostrar a pessoa por completo – não reflete o interior.

Gostamos de cuidar bem do exterior: bom corte de cabelo, roupas bonitas, usar perfume e etc. Cuidamos bem do nosso corpo e deveríamos dar trato similar ao nosso lado interno, que é igualmente importante.

Você e eu não somos apenas um corpo físico

Quando Deus criou o homem, além do corpo deu-lhe alma e espírito. Mas essa constituição tríplice não deve ser entendida como partes independentes entre si e sim como a expressão representativa do ser humano como um todo.

Somos um espírito com uma alma dentro de um corpo físico.

O que é a alma?

A alma que pecar essa morrerá – Ezequiel 18.4.

Órgão muscular, o coração está dentro da nossa caixa torácica e tem apenas a função de receber e bombear nosso sangue. Portanto, dizer que ele é o centro emocional é apenas uma licença poética, nada mais.

Em muitos trechos bíblicos o nosso coração é sinônimo da alma, volição, sede da vida intelectual e de nossas emoções.

A alma diz respeito ao indivíduo, a vida pessoal. Tem emoções e guerreia contra a natureza pecaminosa: Jeremias 31.25; 1ª Pedro 2.11.

Jesus Cristo disse que de dentro do coração do homem, ou seja, a alma, procede muitas coisas más e essas coisas todas são capazes de contaminar o ser humano perante Deus. Querendo conferir, veja: Mateus 15.19.20.

O que é o espírito?

O espírito humano diferencia o homem do restante da criação, há grande diferença entre o ser humano e aos animais. Quando as criaturas foram criadas Deus, tão-somente, disse “haja” e passaram a existir. Porém, quanto à Humanidade, Deus disse: “Façamos o homem”, apanhou barro e o modelou dando a forma que havia imaginado antes; depois, soprou-lhe nas narinas o fôlego de vida – o espírito – e o homem passou a ser alma vivente.

O espírito, então, é a fonte da vida humana: Gênesis 1.3,6, 14, 20, 24, 26; e, 2.7.

O espírito está relacionado aos aspectos mais elevados do homem, ele é o canal de comunhão com Deus, que se comunica conosco por meio dele, e não através da alma ou do corpo.

Mas o espírito pode ser corrompido (2ª Coríntios 7.1). Quando a alma domina com as paixões más o espírito é destronado e passa a ser vítima desses sentimentos maus e apetites terrenos.

O espírito recebe influencias. Se de Deus, o caráter humano se moldará de forma boa e sadia, mas se for da alma, então, o caráter terá formas doentias e ruins. Mateus 5.3; Isaias 57.16; Gênesis 41.8.

O destino do espírito, da alma e do corpo após a morte.

O corpo, invólucro do espírito e alma, é uma matéria limitada. Depois de gerado, desde o útero entra em um processo irreversível de envelhecimento que só termina com a morte física. O corpo é finito. Adoece, apodrece, acaba.

Mas, quem receber a Jesus Cristo no seu coração, e depois passar para o além-túmulo, no futuro o seu corpo será transformado de corruptível em incorruptível e de simples pó ganhará característica glorificada.

A alma e o espírito são eternos. Após a morte física eles aguardarão o Dia do Julgamento Final (Eclesiastes 11.9; Mateus 25.31-46). Neste julgamento os atos de todas as almas que já existiram em todos os tempos passarão pelo parecer do Senhor Jesus Cristo e dependendo da sentença recebida partirão para um dos dois destinos eternos que Deus criou para a Humanidade. São: céu e inferno.

As Escrituras Sagradas dizem que o céu é o local onde está o trono de Deus, morada e pátria dos salvos, é duradoura e feliz (Salmo 11.4; João 14.2,3; Filipenses 3.20; 1ª Pedro 1.4 e Apocalipse 14.13). Do inferno, dizem que é um lugar de vergonha e horror, juízo e fogo eterno. Veja: Daniel 12.2; Hebreus 6.2,8.

A maneira de escapar do escapar do castigo e tormento interminável é aceitar, pela fé, a Palavra de Deus, que afirma que só Jesus Cristo é o nosso único Senhor e Salvador.

O apóstolo Pedro, considerado pelos católicos como o primeiro para, escreveu sobre a salvação: “Em nenhum outro há salvação, pois também debaixo do céu nenhum outro nome há dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos” – Atos 4.12.
O apóstolo Paulo concordou: “Porque há um só Deus, e um só mediador (intercessor) entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem, o qual se deu a si mesmo em resgate de todos...” – 1ª Timóteo 2.5, 6ª - parênteses meus.

Conclusão: essa é a definição bíblica de quem somos e para onde poderemos ir.

Tendo a plena consciência de que somos um espírito com uma alma – ambos eternos – dentro de um corpo mortal poderemos traçar planos melhores e metas definidas com clareza para ganhar um futuro eterno feliz. Sabendo que nos apresentaremos diante de Jesus Cristo – que agirá como um Juiz Justo para com todas as almas – e que para receber a sentença de salvação temos que reconhecê-lo como nosso único Salvador enquanto ainda estamos nesta vida física do corpo, resta-nos tomar a atitude certa.

Não é a religião ou ideologia ou filosofia humana que salvará alguém, é só Jesus que tem essa capacidade.
 
 
E.A.G.

 
Identidade Espiritual - parte 1 >>>

terça-feira, 24 de julho de 2007

A FORÇA DOS INTERNAUTAS


Pesquisa revelou que usuários da internet dão mais valor a informações publicadas por amigos. De acordo com o levantamento do grupo E.LIFE, que analisou os dados de 5 mil internautas que publicam conteúdo na web, 74% deles são jovens com menos de 25 anos.

Só 5% dos blogueiros ou donos de comunidades no Orkut, por exemplo, tem mais de 40 anos. Estou entre eles...

O estudo revela ainda que blogueiros e donos de comunidades têm elevado poder de disseminar informações, promover ou prejudicar a imagem de produtos e empresas. Existe uma responsabilidade a ser considerada, então...

A E.LIFE cita estudo da Forrester Research que aponta a opinião de amigos e conhecidos como mais valiosa que as informações veiculadas na mídia, por exemplo.

Assim, avalia a E.LIFE, as informações recebidas de amigos em redes sociais tendem a ser absorvidas com maior valor pelos usuários do que dados divulgados em meios tradicionais.

Segundo o estudo, as ferramentas de web 2.0 representam grandes oportunidades de marketing viral para divulgar ações, idéias e produtos. Assim sendo, cada vez mais é preciso conscientização por parte dos usuários, acho que o conhecimento é o melhor anti-vírus.

A pesquisa aponta ainda que, no Brasil, mais de 80% do conteúdo gerado pelo usuário está concentrado em 7 ferramentas. São elas o Orkut (50,78%), Blogger (13,48%), Blogspot (11,55%), Wordpress (2,96%), ReclameAqui.net (2,22%), YouTube (2,19%) e Flickr (1,10%).

O que eu penso? Acho que a internet revoluciona a comunicação. E parece que nem todos ainda se deram conta do poder que ela tem. E lamento muito ver que nesta lista de desapercebidos estão, inclusive, muitos evangelistas cristãos.

Eu uso o Blogger, MSN Space, Orkut e Youtube, e confesso que esta matéria me deixou admirado por não possuir a noção exata do que representa ser um blogueiro, um dono ou moderador das comunidades do Orkut.

Outro tópico: Blogueiros .

Fonte: GazetaWeb.Com / Informática
.
E.A.G.

domingo, 22 de julho de 2007

A SABEDORIA VERDADEIRA E ESPIRITUAL SEGUNDO TIAGO 3.13-18


"13Existe alguém sábio e sensato entre vocês? Então que sua vida seja um exemplo brilhante da humildade que nasce da verdadeira sabedoria. 14Mas se seus corações estão repletos de ciúme amargo e de rivalidade, então não se vangloriem nem neguem a verdade. Vocês podem adquirir certa sabedoria, 15mas ela não vem de cima - vem deste mundo, da própria natureza inferior de vocês, até do diabo. 16 Pois onde quer que encontrem ciúme e rivalidade, aí também encontrarão discórdia e todos os tipos de males.

17A sabedoria que vem de cima é primeiramente pura e, depois amante da paz, mansa, afável, cheia de pensamentos misericordiosos e de ações bondosas, franca, sem sinal de hipocrisia. 18E os pacificadores prosseguem tranqüilamente, semeando para uma colheita de justiça".

Cartas Para Hoje - Uma Paráfrase das Cartas do Novo Testamento / J B Phillips (Edições Vida Nova)

Robinson Monteiro - Happy Day



Site oficial >>>

sábado, 21 de julho de 2007

Ninguém sabe...

Charge: Editora Vida / Bíblia Jovem


"Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu ao marido, e ele comeu" - Gênesis 3.6 .

sexta-feira, 20 de julho de 2007

A PROFECIA DE 2ª TIMÓTEO 3.1-5

.
"Pode porventura uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti" – Isaias 49.15.

Quantas vezes você já viu na televisão a notícia de bebês recém-nascidos que foram entregues a “ninguém”, abandonados em lata de lixo, escombros ou mato?

Isto causa indignação. Estes inocentes não pediram para vir ao mundo. Os responsáveis por tais nascimentos deveriam prever todas as conseqüências possíveis, nove meses antes, ao relacionarem-se.

Há também os casos de crianças desprezadas porquê são filhos de violência sexual. Mas, por que o lixo? Não existe opção melhor?

Quando vejo coisas desta natureza lembro-me da Palavra de Deus. Na Bíblia Sagrada há uma impressionante profecia, que podemos dizer que até se compara às redações feitas por repórteres do Jornal do Brasil, Folha ou Estado de São Paulo, entre outros, devido à riqueza de detalhes que revelam a conduta humana nos dias atuais.

Confira: “Lembre disso: nos últimos dias haverá tempos difíceis. Pois muitos serão egoístas, avarentos, orgulhosos, vaidosos, xingadores, ingratos, desobedientes aos pais e não terão respeito pela religião. Não terão amor pelos outros e serão duros, caluniadores, incapazes de se controlarem, violentos e inimigos do bem. Serão traidores, atrevidos e cheios de orgulho. Amarão mais os prazeres do que a Deus; parecerão ser seguidores da nossa religião, mas com as suas ações negarão o verdadeiro poder dela. Fique longe dessa gente!” – 2ª Timóteo 3.1-5 (NTLH).

Estes versículos causam impacto, afinal, foram escritos há cerda de 1900 anos atrás!

Dentro deste contexto profético, em patente cumprimento diante de nossos olhos, optei por Jesus Cristo. A Sua Palavra é a Verdade e não uma besteirinha que podemos deixar em segundo plano.

“Escutem! Eu estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, eu entrarei na sua casa, e nós jantaremos juntos”. – Apocalipse 3.20 (NTLH). Jesus, usando a analogia de um visitante diz que bate na porta pedindo licença para entrar na vida das pessoas que se dizem religiosas, mas não cumprem os seus mandamentos.

Se deixamos Jesus presente em nosso viver, temos fortes laços com Ele. E se Cristo está em nosso coração Deus se faz presente também. E ao contrário de muitas mães desnaturadas, jamais nos rejeitará. Como bebês recém-nascidos podemos, se temos Jesus, dormir tranqüilos porque o Senhor cuida de nós.

Quando lemos a Bíblia Sagrada e a colocamos em prática, em atos e palavras, então, entramos no caminho certo para encontrar a real felicidade. Outras formas de procurar ser feliz não passam de atalhos enganosos que do nada conduzem ao lugar nenhum.
.
E.A.G.

quinta-feira, 19 de julho de 2007

HOMENS FEMINISTAS E MULHERES MACHISTAS

.
Confusão de valores

Graças a Deus, nasci em berço evangélico e tive educação cristã. Da mesma forma a minha esposa. Eu e a minha casa servimos a Deus, e vivemos em família caminhando segundo o Espírito Santo (Gálatas 5.16-23).
.
Não posso mentir, sou feliz! A minha vida vai bem, mesmo! E agradeço ao Senhor por tudo.
.

A Palavra de Deus é sempre proveitosa para nós, nunca rejeito nada do que o Senhor diz. A receita para a construção de um lar feliz está em seguir os conselhos das Escrituras Sagradas.
.
Tudo o que ouvimos e lemos, mesmo que já seja de nosso conhecimento, tem propósitos definidos. Se conhecemos, serve para relembrar. Se não conhecíamos, serve para uso presente ou servirá no futuro.
.

A Palavra, por escrita ou fala, são como as placas de sinalizações nas estradas: cuidado, curva sinuosa; cuidado, lombada; cruzamento logo adiante...
.
Devido às placas, o motorista que conhece a estrada relembra o trajeto e não se surpreende com as mudanças e novos perigos. E o motorista que está conhecendo a estrada, vê os avisos, fica devidamente alertado. Romanos 8.28.
.
Machismo e feministo
.
Falando sério sobre a família, não é fácil conviver nem com os machistas nem com as feministas...
.
E para ser mais claro, é um grande problema ter que viver ao lado de mulheres machistas e de homens feministas...Talvez nem tenha notado, ainda, mas essas pessoas existem.
.
A mulher machista é àquela que educa o filho como se ela, mamãe, fosse a empregada dele. Então, a criança cresce e não consegue tratar bem o sexo oposto, porquê por toda infância e adolescência viveu como se as mulheres fossem capachos dos homens. Depois, acusam a cria de ser grosseira, se esquecendo da criadora.
.
Quanto ao homem feminista, é àquele metido à modernidade. Ele quer sempre aparecer bem na foto, se preocupa demais com o que os outros vão pensar e dizer dele, então, age no extremo oposto do jeito de quem for machista. Ele não é alguém natural, é afetado. Exime-se das suas responsabilidades masculinas, dentro do casamento, e sobrecarrega a coitada da sua companheira com os espinhos que ele deveria enfrentar.
.
Os dois extremos são erros!
.
O bom senso ensina que tanto o homem quanto a mulher não devem adotar as práticas do machismo e nem do feminismo. Deus criou o homem e a mulher para que ambos fossem um só dentro do casamento, e assim sendo, os dois precisam se acrescentar e evoluírem juntos em um relacionamento único e em pleno acordo das duas partes envolvidas.
.
O amor une. A receita bíblica do sucesso matrimonial é ser HUMANISTA na rotina do casamento. O humanitarismo é a prática do amor, une o marido à esposa e vice-versa. Ao contrário do machismo e do feminismo, que são práticas de competição e divisão. Por causa dessas práticas muitos matrimônios têm sido fracassos vergonhosos.
.
Para o ser humano agir como alguém humano, tem que amar o próximo como a si mesmo.Quando, alguém praticando a filosofia machista ou feminista, poderá agir com respeito ao cônjuge?
.
Aristóteles e os apóstolos Pedro e Paulo
.
Foi o filósofo Aristóteles quem apresentou, quatro séculos antes dos apóstolos Pedro e Paulo, a ética no que tange às relações dentro do lar, segundo um modelo familiar: esposo, esposa, pais e filhos, senhores e escravos.
.
O objetivo era trazer ordem e praticidade à sociedade no geral, na definição dos papéis sociais de cada membro dentro de família, partindo das relações micros às macros entre todos. Jamais foi concebida por Aristóteles, Pedro e Paulo a idéia de humilhação a qualquer membro dentro da célula familiar.
.
Sei que no assunto da submissão existem deturpações por parte de muitos religiosos. Textos são tirados dos seus contextos e àquilo que foi escrito, originalmente, perde a linha de raciocínio de tudo que os autores escreveram. A parte não representa a totalidade de um assunto.
.
Dentro da Bíblia existem as divisões e subdivisões em capítulos e versículos. Essas divisões e subdivisões não abrem e fecham as sínteses dos autores, servem apenas como ferramentas de localizações, mas a grande maioria dos leitores da Bíblia a lê como se um versículo ou capítulo contivesse um assunto por completo.
.
No caso da submissão, respeitando a sintática, poderemos notar que ela é apresentada com doses de equilíbrios, em reciprocidade. Haja vista os textos direcionados aos homens, (esquecidos por defensores do machismo e do feminismo), que se pede muito mais deles. Aos homens é exigido que, se necessário, dê a própria vida em favor das mulheres, como Cristo fez.
.
O maior sacrifício é pedido aos homens!
.
Para efeito de conferência: “Vós, maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela... Assim devem os maridos amar a sua própria mulher como ao seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher ama-se a si mesmo”. Efésios 5.25 e 28.
.
Conclusão:
.
Paulo foi além dos conceitos de Aristóteles e colocou em primeiro plano a definição dos papéis do marido, da esposa, filhos e escravos quanto ao serviço a Cristo, fazendo com que eles deixassem de ser objetos passivos dentro daquela sociedade de então, que ainda não conhecia a religião cristã ou jogava os cristãos aos leões. Ele escreveu: “sujeitando-vos uns aos outros” (Efésios 5.21).
.
Submissão é um tema palpitante e um grande desafio a ser interpretado conforme foi idealizado pelos seus autores. Até, desafiante aos biblistas.
.
E.A.G.

quarta-feira, 18 de julho de 2007

Mateus 7.1


Não julgueis para que não sejais julgados.

JULGAR-: 1.- Decidir como juiz ou árbitro. 2.- Dar sentença, sentenciar. 3.- Formar opinião sobre; avaliar. 4.- Ter na conta de; reputar, considerar. 5.- Formar juízo crítico; avaliar, apreciar, ajuizar.6.- Condenar. 7.- Absolver.

JULGAMENTO-:1.- Ato de julgar. 2.- Sentença, decisão 3.- Apreciação, exame.

JUÍZO-:1.- Ato de julgar; julgamento. 2.- Conceito, parecer, opinião. 3.- Tino, circunspecção, ponderação, siso. 4.- Foro ou tribunal onde se processam e julgam os pleitos e se administra justiça. 5.- Estabelecimento de uma determinada relação entre 2 ou mais termos (sujeito; predicado), relação que pode assumir o caráter de ser verdadeira ou falsa, a saber: Condenando ou absolvendo.

Não existe em grego clássico (assim como no hebraico ou no português, bem como em qualquer língua moderna), dois tipos de juízos, a saber: Um divino e outro humano.

Julgar - na Bíblia - sempre significa: !!! SALVAR OU CONDENAR !!!

Mateus 16:18,19
18 - Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela;19 - dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares, pois, na terra, será ligado nos céus, e o que desligares na terra será desligado nos céus.

2Coríntios 2:14-16
14 - Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e por meio de nós difunde em todo lugar o cheiro do seu conhecimento;15 - porque para Deus somos um aroma de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem.16 - Para uns, na verdade, cheiro de morte para morte; mas para outros cheiro de vida para vida. E para estas coisas quem é idôneo?

A maioria dos cristãos atualmente - INFELIZMENTE - não possuem uma visão geral da Bíblia, apesar de dedicarem horas e horas, lendo, sublinhando e colorindo com lápis, canetas esferográficas e hidro-cores; tudo o que o cristão - DE CORAÇÃO - conhece acerca das Escrituras, é a doutrina apresentada pela direção de sua congregação sob o embuste da homilética teatral.

Um grave exemplo da falta de apreço à realidade de Deus, está na gigantesca contradição que existe entre:--- A interpretação apresentada pela Igreja para Mateus 7:1;--- E os contextos de João 7:24 e 1Coríntios 6:2,3.

COMPARE COM DETIDA ATENÇÃO:

Mateus 7:11 - Não julgueis para que não sejais julgados.

João 7:2424 - Não julgueis pela aparência mas julgai segundo o reto juízo.

Note o verbo "julgar" declinado à 2ª pessoa do plural, na conjugação do imperativo afirmativo. Em algumas versões bíblicas, o verbo declinado ao imperativo afirmativo, foi substituído pelo advérbio de afirmação SIM. O que na verdade dá na mesma!

AGORA MEDITE SOBRE O TEXTO ABAIXO:

1Coríntios 6:2,3

2 - Ou não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo? Ora, se o mundo há de ser julgado por vós, sois porventura indignos de julgar as coisas mínimas?3 - Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?

Repare que o Apóstolo Paulo exorta a congregação de Corinto a JULGAR, tomando decisões concernentes ao procedimento do próximo em razão à maturidade necessária ao cristão, para que a Igreja como um todo, se mantenha sob sua própria idoneidade e conduta.

Quanto à idoneidade e conduta cristã, se observa intrínseco compromisso sob a parábola deitada pelo Apóstolo Paulo em 2Timóteo 2:15, através do verbo ORThOTOMEW (bom manejo), verbo este que viabilizava a abertura da eira quando da aragem de um terreno. Tal procedimento àquela época só era realizado em linha reta, por onde o agricultor estabelecia um ponto ao longe para traçar o percurso que o arado deveria correr causando a divisão da terra, onde, esta divisão, ilustra o discernimento pelo julgamento entre o “bem” e o “mal”, através da Palavra de Deus (Efésios 6:17; 1Pedro 4:17).

Voltando ao tema de Mateus 7:1, reexamine 2Coríntios 2:14-16, conforme se vê pouco acima e compare com o texto conforme proposto logo abaixo. Comprova-se assim que tanto ao letrado Paulo, fariseu de fariseus, assim como ao homem simples Pedro, houvera raiz à sua argumentação em harmonia ao histórico do Velho Testamento.

Isaías 3:24

24 - E será que em lugar de perfume haverá mau cheiro, e por cinto, uma corda; em lugar de encrespadura de cabelos, calvície; e em lugar de veste luxuosa, cinto de cilício; e queimadura em lugar de formosura.

Numa conclusão parcial, por assim dizer: Sendo a Bíblia o conceito premissivo do Cristianismo, fica confirmado a fraca interpretação defendida por uma grande maioria de ministérios cristãos, ao sustentar uma doutrina absolutamente dogmática e HERÉTICA quando comparada com o histórico contextual das Escrituras Sagradas fazendo com que Mateus 7:1 se contrarie abertamente com a contextualidade de João 7:24 e 1Coríntios 6:2,3.

QUESTÃO:

Além de João 7:24 e 1Coríntios 6:2,3, o que existe de mais concreto e que se mantenha em plena harmonia com o texto de Mateus 7:1 comprovando o erro interpretativo apresentado atualmente pela Igreja Cristã???

Não existe nada que seja mais objetivo ao texto de Mateus 7:1 que o contexto geral em que este versículo se encontra.

1.- Apresentando a concordância gramatical do contexto.

2.- Apresentando o fundo histórico quotidiano sob a PAX ROMANNA.

MATEUS 7:1-5

1- Não julgueis, para que não sejais julgados. 2- Porque com o juízo com que julgais, sereis julgados; e com a medida com que medis vos medirão a vós. 3- E por que vês o argueiro no olho do teu irmão, e não reparas na trave que está no teu olho? 4 - Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, quando tens a trave no teu? 5- Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu olho; e então verás bem para tirar o argueiro do olho do teu irmão.

.
.
.
UMA PITADINHA DE HERMENÊUTICA

A regra gramatical máxima que o leitor precisa tomar conhecimento, é a marcante diferença que existe entre: Afirmação & Proposição. Desde as escolas elementares este conceito gramatical é apresentado da seguinte forma:--- Afirmação: Única oração de um período simples.--- Proposição:Primeira oração de um período composto (Composição).

AFIRMAÇÃO:

É um período simples, constituído por uma única frase, que estará definindo uma ideia completa de forma direta e em geral usando poucas palavras.

Exemplos de Afirmações:

1. O cachorro é bonito.

2.A menina gosta de sorvete.

3. Hoje o dia está agradável.

COMPOSIÇÃO:

É um período composto, formado por duas ou mais orações simples onde, a aquela que dá início de característica é conhecida como proposição, ao passo que a outra ou demais serão conhecidas como hipóteses que convergem informações para com a proposição inicial, definindo uma ideia completa com maiores detalhes e características que um período simples.

Exemplos de Composições pelas Afirmações anteriores:

1. O cachorro é bonito MAS muito bravo.

2. A menina gosta de sorvete QUANDO faz calor.

3. Hoje o dia está agradável E a brisa suave é amena.

Assim a característica gramatical em destaque que se encontrará tão somente em uma composição, será a presença de uma ou mais conjunções, que usualmente serão encontradas ao início de cada nova frase, que também necessitará de um verbo caracterizando um sujeito pronominal e autenticando a adjacência predicativa.

A conjunção existe para unir a primeira oração, à segunda, ou demais frases sucessivas em cada composição (período composto).

Esta prévia explicação (apesar de parecer simplista) é muito importante para que o leigo se aperceba do que acontece à composição de Mateus 7:1-5 em um tempo tal, onde não existia sinais gráficos, ou sequer separação entre as palavras. Isto é, o texto era escrito de forma corrida, como por exemplo em vários manuscritos antigos com 35 letras por linha, onde, independente do ponto da palavra quando da trigésima quinta letra, era dado início à linha seguinte sem qualquer espécie de divisão silábica.

Quando se considera o contexto de Mateus 7:1-5 é muito importante notar que esta porção das Escrituras está contida dentro do famoso "Sermão do Monte".

Observe assim, que o mais importante discurso de Jesus segundo os Evangelhos, tem início em Mateus 5:1 e término em Mateus 7:27. Por onde se constata, a composição de Mateus 7:1-5, ao final do discurso de Jesus, já se dispondo ao mérito conclusivo do sermão.

QUESTÃO:

Qual a relação entre Mateus 7:1-5 com o Sermão do Monte?

Como apresentado até aqui, para se entender corretamente o sentido das palavras de Jesus em Mateus 7:1 é preciso compreender em primeiro lugar, que este versículo possui a oração inicial de um período coordenativo, a saber: "Não julgueis" seguido da primeira hipótese "para que não sejais julgados", através da locução conjuntiva explicativa "para que", por onde se nota, a presença do verbo ‘ser’ declinado à segunda pessoa do plural ao modo imperativo sob conjugação negativa, caracterizando o mesmo sujeito que à proposição, "vós". Destarte se o leitor observar com maior atenção ao texto apresentado pouco acima, onde descrimino as conjunções em vermelho, observará que o 5º versículo não possui conjunção à primeira oração (proposição), causando um novo período, que deveria ser considerado coordenativo em português, se o contexto não tratasse de um sermão, isto é, de um discurso, por onde, por apresentar o mesmo conteúdo que o período coordenativo anterior, tal novo período necessita ser descriminado em português como um Período Conclusivo.

Como o leitor pode facilmente observar, uma contradição descabida se Jesus primeiro diz que julgar o próximo é errado, mas ele próprio, encarnado e nascido de mulher, dentro da mesma contextualidade chama os fariseus de hipócritas.

Noutra conclusão parcial, aos primeiros exemplos demonstrados, nota-se que afirmação é aquilo que apresenta um quadro singular e completo em uma única frase.

Nos segundos exemplos demonstrados, composição é aquilo que apresenta um proposta delineada à 1a oração, cooperando com uma ou mais hipóteses à 2a ou demais orações, definindo um colorido mais dinâmico ao quadro completo do período proposto.

NOTA ESPECIAL:

Uma curiosidade quanto à Bíblia Sagrada (que a maioria dos cristãos não leva em consideração), é a brevidade em que cada situação se apresenta, dada o desenvolvimento científico e literário do povo àquela época. Sequer podemos saber com certeza se o "Sermão do Monte" não foi muito mais prolongado do que apresentado ao NT, ou o que aconteceu antes que todo o povo estivesse reunido e Jesus passasse a instruí-los pelo "Sermão", como por exemplo quanto tempo levou até que todos se sentassem e fosse conquistado silêncio pelos ouvintes até que o Sermão fosse autenticado como um "sermão" pelos Apóstolos.

Devido à peculiaridade do estilo literário dos povos à Idade Antiga (anteriores à declinação da língua grega), tudo o que se transmitia via escrita eram ordens, ameaças, cânticos, ou linguagem metafórica tentando expressar algo mais complexo.

Não existia uma linguagem descritiva que apresentasse uma figura resumida às possíveis interpretações que a situação ou o contexto viabilizasse. Em outras palavras, não haviam conceitos que expressassem por ordem escrita, uma simbologia franca através de períodos simples. Para tanto era usado um método específico e condicional ao meio social; isso era transmitido como uma tradição oral que passava de pai para filho e sustentava a conduta de cada povo sob seus credos, políticas, e desenvolvimento científico, sob a abertura da PAX ROMANNA instituída por César Augusto.

Com o desenvolvimento filosófico e matemático pelos gregos, os métodos de linguagem e expressão se expandiram assustadoramente e em pouquíssimo tempo (se comparado com o desenvolvimento científico anterior às conquistas de Alexandre, o Grande).

Através da PAX ROMANNA, que convergiu os muitos povos que possuíram seus patrimônios sucumbidos pela imposição de Alexandre quanto ao uso do grego, a Bíblia relata pela "plenitude do tempo de Deus" para com a encarnação do Messias (Gálatas 4:4), a necessidade de Israel como um todo, abandonar o tradicionalismo que fora arraigado à conduta social, moral e ética do povo judeu por vários milênios, onde, à tradição oral e religiosa, o povo sem o notar, refreava o desenvolvimento linguístico para uma melhor compreensão futura quando do envio do Filho de Deus, o Yeshua aguardado. Esta verdade é tão marcante ao compromisso do judeu quanto à sua religiosidade, dado o avanço linguístico do grego, que, apesar da fortíssima experimentação vivida pelo Apóstolo Paulo, ele ainda relata a importância do judaísmo em se manter aferrado a esse compromisso condicional (Romanos 3:2).

Ora, se o leitor examinar cuidadosamente as palavras de Mateus para com o Sermão do Monte em Mateus 7:28,29, notará que: O professor que usualmente se utilizava de um quadro-negro para ensinar, não era Jesus; porém: OS ESCRIBAS.

Isto aconteceu, porque a língua e os métodos de ensino usados pelos escribas eram hebraicos, ainda que usados e transmitidos em grego uma vez que a própria versão do Tenach ao tempo de Jesus era em grego (IMPORTANTE lembrar neste ponto que o Sínodo de Jamnia pela restauração do hebreu e aramaico como erroneamente é considerado pelo filme de Mel Gibson, só ocorreu APÓS a morte de Jesus, isto é, até a década de 70 não houvera sido reeditado o texto, como por nós hoje conhecido como massorético; a atenção vétro-testamentária só era obrada sob o Sínodo de Alexandria e por sua composição grega conhecida como Septuaginta). Esses métodos e ensino apresentavam sua contextualidade a partir dos escritos vétero testamentários, sob outra apreciação e desenvoltura literária, daquela que o povo judeu do 1o século convivia diariamente em suas rotinas quotidianas sob o domínio do Império Romano, mas possuindo como condicionamento social a estrutura sócio cultural milenar do Império Grego, que, àquele momento da história, continuava predominando os métodos de raciocínio que todos os povos conviviam sob a "Pax Romanna", que promoveu grande concorrência para com o declínio do Império Grego pela literatura platônica, muito bem aceita pelo Império Romano, dadas as fortes críticas contra o sistema político e escravagista de Alexandre.

Mateus 7:28,29

28 - Ao concluir Jesus este discurso, as multidões se maravilhavam da sua doutrina; 29 - porque as ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas.

Através desta conclusão expressa pelo próprio Apóstolo Mateus sobre o Sermão do Monte, torna-se claro que o ensino e o diálogo de Jesus era muito diferente daquele que era conhecido pelo povo judeu até então.

QUESTÃO:

Como trocar por miúdos estes dois versículos sob a contextualidade judia expressa por Paulo em Romanos 3:2???A resposta clara, simples e objetiva é que Jesus não era repetitivo, pelo hebraísmo com que o Tenach (VT) apresenta a Lei e os Profetas. Jesus por sua vez, não apresentava sua narrações sob os emblemas preconcebidos pelo VT, outrossim com parábolas e retóricas idealizadas a partir do desenvolvimento gramatical do grego literário, filosófico e matemático comuns ao 1º século, como crítica ao comportamento da direção do Sinédrio, por onde o povo autenticava seu comportamento, conforme Mateus autenticou ao texto deitado logo acima.

Apesar de Jesus ter crescido fundado ao VT sob a substância qualitativa de Romanos 3:2, nota-se pela realidade quotidiana daquela época, que quando adulto, se dirigia ao povo usando todo o maneirismo concebível às estruturas linguísticas que o grego viabilizava, em contrapartida ao sistema arcaico do Sinédrio, perpetuado pelos postulados do VT sob a forma de Lei, obrigações, maldições e condenações, ou seja: Por um paralelismo absoluto ao que a literatura platônica criticava sobre a escravidão grega da antiguidade.

Quanto à repetitividade dos textos ao VT (que era o fator mais importante que comprometia o comportamento judeu), o leitor pode começar a entender esta particular evidência, que praticamente fundamenta a diferença do estilo literário entre as Escrituras Hebraicas (VT) das Escrituras Gregas (NT).

Quando o VT é comparado com o NT, o que mais se destaca, é a quantidade de textos que existem com a mesma crônica apresentada sob outra contextualidade e/ou momento.

Note por exemplo que ao Livro da Lei entregue por Iavé a Moisés, praticamente tudo o que existe em Êxodo, também se encontra em Deuteronômio. Assim como ao livro Números, também em 1Crônicas.

QUESTÃO:

Por que se dá isso???

Porque o hebreu clássico ou arcaico além de não possuir sinais gráficos como acontecia com o grego, tampouco possuía declinações gramaticais: Era uma língua mais antiga, possuindo uma gramática e vocabulário absurdamente empobrecida se comparada com as ocorrências gramaticais do grego clássico, morfológicas e sintáticas. Tanto mais se considerado a perda do vocabulário, uma vez que por muitas gerações a nação se voltara à obrigatoriedade da língua grega, tendo toda a sua literatura destruída. Comprovado historicamente por vários manuscritos encontrados às cavernas Qum’ran.

Então o que acontece em suma ao nosso modernismo, é que às línguas modernas, dá-se a impressão de estarmos lendo exatamente a mesma coisa, mas na verdade, o contexto de cada apresentação possui um particularismo especial que o autor procurava transmitir e que não figurava à visão anterior.

Ainda frente a esse comportamento ético e social do povo judeu à expressão da língua hebraica, outra coisa que marcou profundamente o estado psicofisiológico da nação, foi a mudança de atitude da massa populacha, quando começou a modificar parte de suas raízes comportamentais desde o exílio babilônico, até o enriquecimento linguístico vindo pelos gregos.

Se o leitor comparar características históricas entre:

• O comportamento e evolução do patriotismo do povo quando da liberdade adquirida às mãos de Moisés;

• Com o compromisso quando do fracasso de Israel como "o único povo do Deus Verdadeiro" desde o exílio babilônico até o período intertestamentário.

Assim, NOTARÁ que o fator ético social da simbologia que encerra a palavra "nação", se estabeleceu unicamente em razão ao tempo e história decorrentes, causando simbologia para com o patriotismo do israelita, conforme Paulo observa por Romanos 3:2.

Ou seja, com o passar do tempo, possuindo história, vivendo o quotidiano como sociedade, o israelita, desde a escravidão egípcia até o cativeiro babilônico - ainda que em pecado - possuía uma enorme tradição oral, onde, passando de geração em geração, contava as vitórias e derrotas dos grandes homens de Deus frente a santificação exigível à Lei da Torá, que fundamentava o desenvolvimento que a nação de Israel precisava possuir, para que se cumprisse a predestinação de Deus à encarnação do Messias, confirmando a realidade histórica apresentada desde os parágrafos anteriores até aqui; demonstrando a absoluta necessidade aos propósitos Sempiternos de Iavé Deus, quanto a formação de uma "NOVA VONTADE", a saber: KAINHS DIAThHKHS, traduzido como "Novo testamento".

Fator muito importante em respeito aos escritos do NT (entre eles o "Sermão do Monte"), é reconhecer certos fatores marcantes à gramática da língua grega clássica.

Um desses era o motivo da língua possuir declinações:

• Morfológicas e Sintáticas.

O motivo da língua possuir declinações, é que àquele tempo não existiam sinais gráficos. Ou todo o texto se escrevia em maiúsculas ou em minúsculas.

Por exemplo: Parágrafo, vírgula, ponto, parênteses, aposto, vocativo, diferenciações entre letras maiúsculas e minúsculas, etc..; simplesmente não haviam sido inventados.

No entanto a língua grega devido à especial característica de ser declinativa, podia expressar uma enormidade de situações gramaticais que até então, raciocínio humano nenhum discernia de maneira prática e literária, pois passou a apresentar o fonema da última sílaba de cada palavra ao seu vocabulário, decomposta de oito diferentes formas (quatro singulares e quatro plurais), caracterizando dezesseis diferentes aspectos gramaticais para cada palavra, que viabilizavam gênero, número e grau, assim como estabelecia sintática através da preposição requerida, conforme hoje compreendemos pela nossa atual Formatação Gramatical.

E o mais impressionante, que aliás é característica suprema do desenvolvimento científico do gênero humano sobre o bem e o mal através da Linguística, sem a necessidade de cada parte morfológica da oração depender de uma posição específica como a simbologia de nosso modernismo caracterizou pelo desenvolvimento das línguas latinas ou ânglo-saxônicas. Por assim dizer, apareceria em primeiro plano o substantivo, ou o adjetivo, ou mesmo uma expressão que ocupava a preeminência do assunto tratado em razão à proposição do período.

QUESTÃO:

O que significa exatamente Formatação Gramatical???

Bem, o leitor poderá entender essa expressão observando qualquer sentença de nossa língua portuguesa.

Por exemplo:

A menina gosta de sorvete.

Note que sorvete possui a simbologia de objeto indireto, dada a preposição de, que antecede ao substantivo.

Em grego, esta peculiaridade do objeto se encontrar em uma posição específica da frase, que, como dito acima, não possuía obrigatoriedade, porque este desenvolvimento literário foi posterior que ao momento quando Jesus viveu entre nós, sob os tempos do grego ático.

EXEMPLO GREGO:

A declinação da palavra homem. Note que o artigo que acompanha o substantivo é sempre definido.

TEMA - ANThRWPO

Nominativo - ‘O ANThRWPOS / OI ANThRWPOI = o(s) homem(ns)

Genitivo - TOU ANThRWPOU / TWN ANThRWPON = do(s) homem(ns)

Ablativo - TOU ANThRWPOU / TWN ANThRWPON = de homem(ns)

Locativo - TWi ANThRWPW / TOIS ANThRWPOIS = no(s) homem(ns)

Instrumental - TWi ANThRWPW / TOIS ANThRWPOIS = pelo(s) homem(ns)

Dativo - TWi ANThRWPW / TOIS ANThRWPOIS = ao(s) homem(ns)

Acusativo - TON ANThRWPON / TOUS ANThRWPOUS = o(s) homem(ns)Vocativo - ANThRWPE / ANThRWPOI = ó homem(ns)

Assim, ao invés de cada fonema possuir uma posição específica como encontramos hoje às línguas modernas, era dada prioridade à palavra que ocupava a preeminência à frase.

Em português por exemplo temos primeiro o sujeito e depois o predicado, mas em compensação temos também os sinais gráficos. Em grego clássico não existem sinais gráficos, portanto as frases precisavam apresentar a intenção e cunho interpretativo do autor por outros meios, por outra diferente simbologia.

Examine por exemplo as palavras de João 1:1c:

E o Verbo era Deus. = KAI ThEOS HN ‘O LOGOS

REPARE ENTÃO que o substantivo Deus - predicativo do sujeito - é tido em preeminência ao vocábulo Verbo - sujeito. POR ONDE, como ThEOS e LOGOS possuem a mesma terminação em "OS", é reconhecida a diferença entre o sujeito e o predicativo do sujeito, dada a presença do artigo ‘O.

Isto acarretou um problema intrínseco ao grego clássico. Não era possível escrever um período simples apresentando uma idéia definida, e logo em seguida mudar o tópico do assunto e tratar um problema adverso àquele primeiro.

Por exemplo o texto de João 11:35: “Jesus chorou”.

Se o motivo que levou Jesus a chorar fosse porque as pessoas à sua volta também choravam e estavam tristes (como erroneamente interpreta muitos ministérios cristãos), deveria constar uma conjunção coordenativa aditiva (KAI = e).

Jesus chorou por causa das palavras de Maria Madalena (João 11:32)! As hipóteses do versículo 33, são consequentes à proposição do versículo 32!!!

Com isto a enormidade de textos teológicos, filosóficos e matemáticos compostos em grego antigo, comprovaram que períodos simples, existiam APENAS com o intuito de:

CITAÇÃO DO HEBREU OU ARAMAICO:
Marcos 5:41 - Talita cumi.

IMPERATIVIDADE:
João 11:35 - Jesus chorou.

AGRESSIVIDADE:
João 11:14 - Lázaro morreu.

IMPOSIÇÃO:
1Tessalonicenses 5:17 - Orai sem cessar.

SARCASMO:
Hebreus 11:5,13 - A qual dos anjos disse jamais?

QUESTÃO:

Por que???Porque sob esses pareceres mostram tratar exatamenteO MESMO ASSUNTO DO PERÍODO ANTERIOR!!!

Em relação ao tema tratado em Mateus 7:1 e, examinando o fato de ser parte do mesmo assunto que se encontra desde Mateus 5:1 (Sermão do Monte), não há como concatenar a idéia de Jesus falar uma coisa agora e logo em seguida se contrariar completamente consigo mesmo em Mateus 7:5.

Note que interessante: Se Mateus 7:1 fosse uma afirmação, por onde hoje em dia os maiores ministérios se identificam dogmaticamente, o texto da Mateus 7:5 não viabilizaria a ideia de uma oratória conforme encontramos ao resto do "Sermão do Monte".

QUESTÃO:

Como assim???

Porque esse mesmo Jesus, pelo mesmo autor (Mateus), lembra seus discípulos a aprenderem com Ele sobre: MANSIDÃO & HUMILDADE.

Mateus 11:29,3029 - Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas.30 - Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.

PENSE SOBRE ESTA QUESTÃO:

Ora, afinal de contas, que mansidão e humildade pode existir em um homem que primeiro diz para não julgarmos nosso próximo; e aí, sem mais nem menos, chama os fariseus e escribas de hipócritas, mandando todos aos quintos do inferno???

A convicção sobre tal assertiva se dá pela posição que ocupa estas palavras ao Evangelho de Mateus: Não como uma continuação da oratória de Jesus como ocorre com o Sermão do Monte, porém, simplesmente como um ensino transmitido por Jesus e que marcou pela lembrança do Apóstolo Mateus, uma vez que a mesma eloqüência que se nos apresenta sob a Exaltação de Jesus que tem início em Mateus 11:25, se observa também em Lucas 10:21, PORÉM, sem a referida passagem demonstrando que o texto original "Q" (quelle - alemão = comum), não possuía tal ênfase conforme se observa pelo Evangelho de Mateus.

Como o leitor pode averiguar, este conceito hermenêutico apresenta ainda maior enlevo, não só pelo ensino transmitido por Jesus para com Mateus 7:1, mas pela lembrança e sentimento que a realidade que o Apóstolo Mateus vivia sob sua experimentação convivida ao lado de Jesus, o capacitara a trazer como instrução pela inspiração dinâmica através do Espírito Santo da Promessa.

POR ONDE: Simplesmente não tem cabimento.--- Ou a interpretação atual está completamente errada;--- Ou a Bíblia se tornaria absurdamente contraditória,>>> DADAS as atenuantes de João 7:24 e 1Coríntios 6:2,3!

E finalmente, completando ainda sob a mesma analogia do contexto de Mateus 7:1-5, sob a mesma realidade de João 7:24 e 1Coríntios 6:2,3, a História da Filosofia se nos comprova que, ao ser tomado como alicerce e estrutura histórica, o desenvolvimento matemático e filosófico dos gregos, fica por demais evidente que tal desenvolvimento semântico, NUNCA abordou sob qualquer enunciado, nenhuma perspectiva sob síntese fenomenológica. POIS, tal desenvolvimento filosófico só possuiu origem ao 2º século, através de Sextus Empiricus pelo latim, por onde nasceu o Empirismo Lógico através da obra "Argumentos Contra a Dogmática Matemática Através do Esboço do Cepticismo".

EM LATIM E NÃO EM GREGO CLÁSSICO:

Pelo menos três gerações posteriores ao desenvolvimento literário do Evangelho de Mateus! E quatro gerações posteriores pela composição de "Q":

... a origem dos Evangelhos Sinóticos!!!

PALAVRAS FINAIS

O HOMEM FOI CRIADO PARA JULGAR TUDO À SUA VOLTA.E SENTENCIADO POR DEUS A DISCERNIR ENTRE O BEM E O MAL! Gênesis 3:22 ; João 7:24b : JULGAI segundo a reta justiça.
.
.
.
Sergio Mellinger
.
.
.

A HISTÓRIA POR TRÁS DA FOTO - KEVIN CARTER

Uma questão de atitude certa

.
Kevin Carter, (1960-1994), ganhou o Prêmio Pulitzer de fotografia free-lancer de 1994 com esta foto. Ela foi tirada durante a grande fome do Sudão.

A foto retrata uma criança caindo de inanição próximo a um campo de alimentação das Nações Unidas, localizado a apenas um quilômetro de distância.

O abutre está só esperando a criança morrer para devorá-la.

Está foto chocou o mundo inteiro. Ninguém sabe o que aconteceu com a criança, incluindo o fotógrafo Kevin Carter que deixou o lugar tão logo a fotografia foi tirada. E três meses mais tarde Kevin Carter cometeu suicídio por causa de depressão. O remorso levou-o à morte. Cada vez que ele via a foto, lembrava-se de que tivera a oportunidade de ajudar, mas nada fez.

Levando para a esfera espiritual, encontramos muitas almas à beira da morte. Todos os cristãos possuem a Palavra de Deus, que traz Boas Novas de vida eterna.

Nesta caminhada aqui neste mundo, onde estamos apenas de passagem, devemos tomar cuidado com tantas outras ocupações menos importantes, que podem fazer com que alteremos a ordem de valores.

O que é mais importante? A premiação dos homens ou o galardão de Deus?

Para o Senhor uma alma vale mais do que o mundo inteiro. Então, o nosso próximo é importante do que o nosso orgulho e vaidade. Vamos ajudar quem precisa. Material e espiritualmente.

Jesus Cristo é o Pão que desceu do céu e pode saciar a fome da Humanidade.
.
E.A.G.

terça-feira, 17 de julho de 2007

Lembre-se

Não esqueça



Se você está triste porque perdeu seu amor, lembre-se daquele que não teve um amor para perder.
.
Se você se decepcionou com alguma coisa, lembre-se daquele cujo nascimento já foi uma decepção.
.
Se você está cansado de trabalhar, lembre-se daquele que, angustiado, perdeu um emprego.
.
.Se você reclama de uma comida mal feita, lembre-se daquele que morre faminto, sem um pedaço de pão.
.
Se um sonho seu foi desfeito, lembre-se daquele que vive num pesadelo constante.
.
Se você anda aborrecido, lembre-se daquele que precisa de um sorriso seu.
.
Lembre-se de agradecer a Deus porque muitos dariam tudo para estar no seu lugar.

(Autoria desconhecida)
.

segunda-feira, 16 de julho de 2007

A DANÇA E A FLAUTA NO SALMO 150.4 (TRADUÇÃO BÍBLICA ALMEIDA REVISTA E CORRIGIDA DA SOCIEDADE BÍBLICA DO BRASIL)

Para bem da verdade, é preciso esclarecer que no idioma hebraico flauta é עוגב / UGAV e םחול / MAHHOL é dança.

Existe MAHHOL no Salmo 150.4 (que procede do verbo חול / HHUL = torcer, contorcer, girar, dançar).

Não sei porque a versão Almeida Revista e Corrigida, que é uma das versões de João Ferreira de Almeida mais literais em português, ter no Salmo 150.4 a repetição UGAV / FLAUTA, excluído o termo DANÇA / MAHHOL que está no original hebraico.

Lendo a última revisão, de 1995, encontramos no rodapé desse versículo "ou dança" , quando já deveria ter sido feita a correção definitiva no texto bíblico traduzido. É uma falha nesta conceituada tradução, que permaneceu...

Com a palavra a Comissão Permanente de Tradução e Revisão da Sociedade Bíblica do Brasil. .
.
E.A.G.

VOCÊ ESTÁ NA DIREÇÃO



"Como é preciosa, ó Deus, a tua benignidade! ...na tua luz vemos a luz" - Salmo 35.7 a ,9 b.

Quem é motorista, ou apenas tem noções do que seja dirigir um automóvel sabe muito bem disso : existem em um carro o farol alto e o farol baixo. O alto ilumina a estrada ao longe e o baixo mostra tudo o que há por perto. Tanto um como o outro são indispensáveis para que haja boa dirigibilidade diante da escuridão.

"Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho" – Salmo 119.105 .

A vida cristã pode ser comparada com alguém no volante. Os faróis são a forma como nos posicionamos diante das Escrituras Sagradas:

• Farol baixo.

A Palavra de Deus é lâmpada para os pés. Precisamos usá-la em todos os passos diários, examinar se o agora é ou não agradável a Deus. É importante saber o que Ele pensa (Mateus 5.8);

• Farol alto.

A Palavra de Deus é luz para o futuro. Meditando na leitura bíblica, a Palavra desce ao coração como sementes e germinam no momento certo como alimento espiritual adequado para todas as situações do amanhã.

Para todo cristão a Bíblia Sagrada é a única regra de fé e conduta.

E.A.G.

domingo, 15 de julho de 2007

PROVAS DE FOGO


..Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket

Ao me converter na juventude, ao lado uma pessoa desconhecida sacou revólver tentando matar o pastor que dirigia o culto. Mas não esmoreci assustado e guardei a minha fé .

Quando comecei dar os primeiros passos de fé, várias pessoas queridas me desprezaram. Mas fiquei com Cristo e Ele me deu novos amigos.

Quando comecei evangelizar as primeiras almas, vieram pessoas tentar confundir as cabeças de quem eu evangelizava. Venci os debates com os argumentos bíblicos e ganhei as almas para Cristo. Tornaram-se líderes importantes na Obra de Deus. E depois até alguns oponentes se converteram também.

Quando a única saída, humanamente visível, para resolver um grande problema foi mentir, escolhi dizer a verdade sem ferir ninguém. E venci sendo verdadeiro. E sobressai, indo muito além das expectativas se tivesse mentido.

Quando a morte se aproximou de um ente querido, a medicina disse "não tenha mais esperanças", orei, usei o poder do nome de Jesus e o que era impossível aos homens glorificou a Deus.

Somos forjados no fogo para glória do Senhor.

Ao surgir problemas que não puder resolver, não tenha medo, porque o campo das possibilidades é o nosso raio de ação e o das impossibilidades é do nosso Deus. E Ele não nos abandona jamais.


E.A.G.

sábado, 14 de julho de 2007

PAN BRASIL

Jogos Pan-americanos 2007

Futebol feminino: Brasil 5x0 Jamaica
"Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém, a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar. Mas reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado."
.
.

1ª Coríntios 9.25-27 (ARA)

sexta-feira, 13 de julho de 2007

A Palavra de Deus é eterna

.


"Seca-se a erva, e caem as flores, mas a palavra de nosso Deus subsiste eternamente".
.

quinta-feira, 12 de julho de 2007

quarta-feira, 11 de julho de 2007

SOU TEÍSTA, GRAÇAS A DEUS!

.
.

.
.........E disse Nietzche: Deus está morto


........................................,,,,,.Nietzsche


Deus está morto ( Gott ist tot em alemão) é uma frase muito citada do filóloso Friedrich Nietzche ( 1844-1900). Aparece pela primeira vez em Die Fröhliche Wissenschaft (A Ciência Gaia), na seção 108 (Novas Lutas), na seção 125 (O Louco) e uma terceira vez na seção 343 ( Sentido da Nossa Alegria). Uma outra instância da frase, e a principal responsável pela sua popularidade, aparece na principal obra de Nietzsche, Assim Falou Zaratustra. ( 1 )


Also Sprach Zarathustra (Assim Falou Zaratustra) é um livro que foi iniciado em 1885, que influenciou significativamente o mundo moderno. O livro foi escrito originalmente com três volumes separados em um período de vários anos. Depois, Nietzsche decidiu escrever outros três volumes mas apenas conseguiu terminar mais um, elevando o número total de volumes para quatro. Após a morte de Nieztzsche, ele foi impresso em um só volume.


Os dois volumes finais não terminados do livro foram planejados para retratar o trabalho missionário de Zaratustra e sua eventual morte.


Assim Falou Zaratusta narra as andanças e ensinamentos de um filósofo, que se auto-nomeou Zaratustra após a fundação do Zoroastrismo na antiga Pérsia. Para explorar muitas das idéias do autor, o livro usa uma forma poética e fictícia, freqüentemente satirizando o Novo Testamento.


O centro de Zaratustra é a noção de que os seres humanos são uma forma transicional entre macacos e o que Nietzsche chamou de Übermensch, literalmente, o homem "além-do-homem", normalmente traduzido como "super-homem". O nome é um dos muitos trocadilhos no livro e se refere mais claramente à imagem do sol vindo além do horizonte ao amanhecer como a simples noção de vitória.


Amplamente baseado em episódios, as histórias em Zaratustra podem ser lidas em qualquer ordem. Zaratustra contém a famosa frase "Deus está morto", embora esta também tenha aparecido anteriormente no livro A Gaia Ciência.
.
.
.

....... .Assim Falou Zaratustra: a música
.............................................. .Strauss



Ela foi composta em Munique, no ano de 1864, por Richard Strauss.

Sobre ela, disse: " Não pretendi escrever música filosófica nem retratar musicalmente a grande obra de Nietzsche, minha intenção foi dar, através da música, uma idéia do desenvolvimento da raça humana desde suas origens, através das diversas fases da evolução(sic)...até a idéia do super homem.


O tema de Nietzsche, a busca da sabedoria por Zarathustra, perpassa toda a partitura de Straus.
.............................................Presley - gravação gospel


O cantor Elvis Presley a usou nas aberturas dos shows dele. Fez uso dela mais por amor a boa música, porquê tinha influências da cultura evangélica, não fez uso dela pelo fato da teoria ateísta.





................................................Kubrick


E não é de se surpreender que, em 1968, Stanley Kubrick - cineasta - tenha usado-a com muita eficácia como trilha sonora em seu filme 2001: Uma Odisséia no Espaço, que versa sobre a Humanidade e seu destino.


Bem, de tudo isso conclui-se:

• Nietzsche está morto;


• Richard Straus está morto;


• Elvis Presley está morto;


• Stanley Kubrick está morto.


E Deus ? O mundo e algumas das suas filosofias dizem que Deus está morto. Mas essa idéia sempre será uma intorragação, porque os que a adotam, direta ou indiretamente, se vão do mundo dos vivos, estão sete palmos abaixo do solo.
.
E.A.G.
.

terça-feira, 10 de julho de 2007

AÇÕES E REAÇÕES


.


Se a criança vive cercada de críticas...
aprende a condenar.

Se a criança vive cercada de hostilidade...
aprende a combater.

Se a criança vive cercada de zombarias...
aprende a ser envergonhada.

Se a criança vive cercada de censuras...
aprende a se sentir culpada.

Se a criança vive cercada de tolerância...
aprende a ser paciente.

Se a criança vive cercada de encorajamentos...
aprende a ser confiante.

Se a criança vive cercada de elogios...
aprende a também apreciar.

Se a criança vive cercada de retidão...
aprende a justiça.

Se a criança vive cercada de segurança...
aprende a confiar.

Se a criança vive cercada de aprovação...
aprende a gostar de si mesma.

Se a criança vive cercada de aceitação e amizade...
aprende a encontrar amor no mundo.
.
.


Autoria desconhecida

segunda-feira, 9 de julho de 2007

A PRESENÇA DE DEUS

.
.

.
.Três pontos importantes para ponderar
.
.
.
1º) Provérbios 23.26 - O nosso Deus é o Criador dos céus e da terra. Ele tem todo o poder nas mãos d'Ele, mas é educado e só entra e permanece dentro dos corações aonde foi convidado a entrar. Diz: "Filho meu, dá-me o seu coração".

2º) Provérbios 8.17, 34-36 - Quem procurá-lo com sinceridade, com certeza absoluta O encontrará!

3º) 1ª João 1.5,6; 4.20 - Deus está nas pessoas que escolhem amar o próximo, porquê quem não aceita amar aquele que vê, como amará quem não vê?
.
.
.
E. A. G.
.
.
.

domingo, 8 de julho de 2007

TEORIA DA EVOLUÇÃO: PENSE BEM...


Você já parou para analisar?

.
.
A Palavra de Deus não diz que os seres humanos são animais racionais. Ela, apenas, afirma que nós somos a imagem e semelhança do nosso Criador.

As 7 postagens mais acessadas na semana

As 7 postagens mais acessadas nos últimos 30 dias

As 7 postagens mais populares (geral - desde 12 de junho de 2007)

Assuntos abordados em Belverede / clique sobre a palavra para acessar os artigos sobre o tema

.Vida Cristã .Artigo e Comentário .cosmovisão .Comportamento .Televisão .Devocional .Vídeo .CPAD .Política .Líderes e liderados .Blogosfera Evangélica .Lições Bíblicas .Pais e Filhos .Atualidade .Família .Louvores .Charge Tirinha Cartum e Gravura .Motivacional .Fé .Casamento .Dinheiro .Apologia Bíblica .Fruto do Espírito X Carne .Mulher .Sexualidade .Crente Politizado .Música .Silas Malafaia Pr .CGADB .Frases & Imagens Impactantes .Etimologia Bíblica .Saúde .Prosperidade .Profetas .Hermenêutica .Meio Ambiente e Sustentabilidade .Bom humor .Jovens .Livros e Leitores .redes sociais .Ateísmo e Agnosticismo x Fé .Conceitos e Preconceitos .Dupla Cidadania .Você sabia? .Cinema .neopentecostais .Personagens da Bíblia .Salmos .Antigo Testamento .Esporte .Grupo de Colaboradores em Belverede .José Wellington Bezerra da Costa - Pr .Dica de Blogueiro .Verdades e Mentiras .Introspecção .Natal .Soteriologia .Marco Feliciano Pr .Sociedade Bíblica no Brasil .Pérolas .Cosmovisão Cristã .Aborto .Ecologia .Escatologia Bíblica .Internet .Comunicado .Novo Testamento .óbito .pentecostalismo .Samuel Câmara-Pr .Gif .Teologia .Ana Paula Valadão Bessa .UBE .[Fotos Belverede] .Missões .Questões (des)complicadas .Facebook .RR Soares .animal doméstico .Belverede .Daladier Lima .Carlos Roberto Silva Pr:: Blog Point Rhema .Crônicas e fábulas .Namoro .Pneumatologia - A Doutrina do Espírito .Provérbios de Salomão .Fanatismo .Quem sou eu? .Aline Barros .Diante do Trono .Dízimos e ofertas .Poema e Poesia .Bíblia de Estudo .João Cruzue .Billy Graham .Catolicismo .Sermão do Monte .Virtualidade Real e Realidade Virtual .Editora Vida .Educação .Nani Azevedo .Política Brasileira .Páscoa .Gênesis .Guerra e Paz .Mulheres na Bíblia .Hamartilogia - A doutrina do pecado .Julio Severo .Sociedade Bíblica Trinitaria do Brasil .Jeremias .Nova Tradução na Linguagem de Hoje .Postagem Factual .Valmir Nascimento Milomen-Pb .Carta de Tiago .Geremias do Couto-Pr .Lília Paz .Virada de Ano .Crianças .Fotos - Templos Evangélicos .Homilética .Randy Glasbergen .Sammis Reachers .Altair Germano - Pr .Bem aventurança .Dia das Mães .animal selvagem .rádio .André Valadão .Angeologia .Arlete Oliveira .Arqueologia Bíblica .Carnaval .Livros da Bíblia .Mensageiro da Paz .Nova Versão Internacional .Opinião .Patmos Music .Banda Voz da Verdade .Editora Central Gospel .Geografia Bíblica .Priscila B Gomes .Rachel Sheherazade .Wilma Rejane .YouTube .Dia dos Namorados .Eclesiologia .Thalles Roberto EBD / sumário .Cassiane .Editora Vida Nova .Islamismo .Prêmio Carta de Paulo aos Filipenses .Editora Mundo Cristão .Ezequias Soares-Pr. .Jabes de Alencar - Pr. .LUCAS - O Evangelho escrito por Lucas .Magno Malta .Pesquisa .Primavera Smilinguido .Dia dos Pais .Exegese .Martinho Lutero .Cartas do Apocalípse .Cristologia .Dia das Crianças .animal aquático .pássaros na Bíblia .Barack Obama .Botânica .Charles Darwin .Editora Betânia .Fotos .Gutierres Siqueira .Insetos .Max Lucado .Shirley Carvalhaes .grafite X criacionismo versus darwinismo .A Bíblia Viva .Arminianismo .CONAMAD .Calvinismo .Ciclo das quatro estações .Eyshila .Fernanda Brum .Harpa Cristã .Jaime Kemp - missionário .Livro de Daniel .Lydia Moisés .Tania Guahyba .Twitter .Árvores da Bíblia .Donald Zolan .Marisa Lobo Charles Haddon Spurgeon .Abraão de Almeida-Pr. .Dia Internacional das Mulheres .Dia da Bíblia .Edições Vida Nova .Futebol .Josué Gonçalves - Pr. .Livro de Jeremias .Montes da Bíblia .Neiva Silva .Outono .Paulo César Baruk .Reinaldo Azevedo .Soraya Moraes .Verão .Walter Brunelli - Pr. .teatro .Abba Press .Bruna Karla .Carla Ribas .Dia de Finados .Esdras Costa Bentho-Pr .Evangelho de Mateus .Instagram .Inverno .Livro de Jó .Michael W. Smith .Oficina G3 .Oprah Winfrey .Política Internacional .Regis Danese .Silas Daniel - Pr .Valdomiro Santiago - Apóstolo .Vanderleia M. Silva Yosef Nadarkhani .Albert Einstein .Antonio Gilberto - Pr .Claudionor de Andrade - pastor .Cristina Mel .Dia da Mentira .Editora Chamada da Meia-Noite .Flamir Ambrosio .Gediel Mendes .Gunnar Vingren .Jorge Tadeu Mudalen .João Ferreira de Almeida .Lauriete .Lázaro (ex-Olodum) .Morris Cerullo .Slide . A. W. Tozer . Pregador Luo . Silmar Coelho - pastor .Adhemar Campos .August Rodin .Bom dia .CPAD Music .Carta aos Romanos .Davi - rei .Dia Nacional da Consciência Negra .Elaine de Jesus .Hillsong .John Piper .Lea Wasiliew .Livro de Êxodo .Livro do Apocalipse .Lucilene Batista de Brito Shirota .Nito [Rubens Eduardo] .Nova Bíblia Viva .Quarteto Harmonia Celeste .Retrospectiva 2017 .Rose Nascimento .Superstições e Lendas Urbanas .Timidez e Ousadia .orai por Israel .publicidade WhatsApp .Alan Kardec .Amizade .Apocalípse 16 .Bete Gomes .Canon .Carta aos Efésios .Casamento em jugo desigual .Central Gospel Music .Daniel Berg .Danielle Cristina .David Quinlan .Dia do Trabalho .Editora Hagnos .Eduardo Cunha .Elinaldo Renovato - pastor .Enéas Tognini - Pr. .Genivaldo Tavares de Melo .Gesiel Gomes - Pr. .Google .Hernades Dias Lopes .João Alexandre .Livro de Isaías .Livro de Rute .Lourival de Almeida - Pr .MK Music .Marcelo Santos .Martin Luther King .Pedofilia .Pena de Morte .Ray Comfort .Robinson Monteiro .Russel P. Shedd .Sergio Moro .Third Day .Tim Laheye .Voltaire .Watchman Nee 1 Coríntios Botânica Damares . Stephanie Colbert- vocalista Starship .2 Carta de Pedro .2 Coríntios- Carta de Paulo .A Mensagem .Adolf Hitler .Alda Célia .Andrea Fontes .Anita Malfatti .Aves na Bíblia .BLOG .Banda Catedral .CIMEB .CPAD News .Carta aos Gálatas .Cintia Kaneshigue .Deltan Dallagnol .Dia do Professor .Donald Trump .Downloads .Dwight L. Moody .Eber Cocareli - Pr .Editora Betel .Editora Candeias .Editora United Press .Edna Goetten .Escola Dominical .Evangelho de João .Fecomex .Feliciano Amaral .Google Plus (G+) .Heber Sousa - pastor .História Mundial .Isaac Newton .Içami Tiba .Jairo Elin Gollmann-Ev .John Wesley .Jonas .Jorge Araujo .Katie Bivens .Katsbarnea .Kelem Gaspar - Missionária .Link Quebrado .Literatura .Livro de Amós .Livro de Juízes .Livro de Malaquias .Livro de Miquéias .Lázaro de Betânia .Marcelo Crivella .Orquestra Jahn Sorheim .Ozeias de Paula .Paulo Romeiro-Pr .Quatro por Um .Raabe .Raquel Melo .Robson Silva .Ronaldo Bezerra .Salomão - rei .Sociedade Bíblica Internacional .Sonia Hernades - bispa .Talita Pagliarin .Tradução King James Atualizada (KJA) .Victorino Silva .folhetos evangelísticos Esequias Soares pastor Graça Music Juliana Bezerra Gomes Nésia de Araujo Gomes William Brassey Hole . .Introspecção . C. S. Lewis .1 Carta de Pedro .1 Coríntios- Carta de Paulo .1 Timóteo .A Nova Bíblia Viva .Adilson Lopes .Anderson Freire .Antonio Luiz Sellar- pastor .Antropologia Bíblica.Conceitos e Preconceitos .Antônio Cirilo .Ao Cubo .Arautos do Rei .Bezerra da Silva .Bill Gates .Boa noite .Boa tarde .Brenda-Santos .Bruna Olly .Bruna Surfistinha .C.I. Scofield .CPOL - Curso Preparatório para Obreiros de Pirituba .Cantares de Salomão .Caramuru Afonso .Carlos Alberto Bezerra Jr .Carta de Paulo aos Colossenses .Charles C. Ryrie .Charles Studd .Claudio Duarte - pastor .Cleber Lucas .Comunidade Internacional da Zona Sul .Contos .Cristiano Santana .Curiosidades bíblicas .Danny Berrios .Dany Grace .Deigma Marques .Discopraise .E-books .EBI .Editora Atos .Editora Bom Pastor .Editora Cultura Cristã .Editora Dynamus .Editora SEPAL .Editora Sextante .Eduardo Campos .Elienai Cabral - pastor .Eliseu - profeta .Estevan Hernandes - Apóstolo .Estevão - o primeiro mártir .Evangelho de Marcos .ExpoCristã. .Fatos Curiosos - internacional .Fernandinho .Ficção Evangélica .Filho do Homem .Flamarion Rolando .Frederick K.C.Price .Geisa Iwamoto .George R. Foster .Graça Editorial .Grupo Elo .Gutemberg - Johannes .Hebraico .Hieronymus Bock .Homenagem .Hulda .Igreja Evangélica Indiana .Il Divo .Imprensa Bíblica Brasileira .Instituto Cristão de Pesquisa - ICP .Jair Messias Bolsonaro .Jamily .Jeanne Mascarenhas .Jimmy Swaggart .John Bevere .John Bunyan .John Lennon .Josias Botelho .José Wellington Bezerra da Costa Junior - pastor .José Wellington Costa Neto - pastor .José do Egito .José esposo de Maria .Kathy Fincher .Kleber Lucas .Leandro Marques .Lidia Caetano de Sousa - missionária .Livro de Deuteronômio .Livro de Eclesiastes .Livro de Habacuque .Livro de Joel .Livro de Josué .Livro de Números .Livro de Oséias .Lições Bíblicas - Jovens .Ludmila Ferber .Lívia Malta .Magno Paganelli .Manuel Ferreira - Bispo .Marcio Melânia .Maria - mãe de Jesus .Maria de Betânia .Mariana Valadão .Marina Silva .Mario Teixeira .Marquinhos Gomes .Marta de Betânia .Michelangelo .Mike Smith .Ministério Hebrom .Ministério de Adoração .Missões na Índia .N. Laurence Olson .Neemias .Nobel .Notícia comentada .O Livro de Ageu .Oração .Os presidenciáveis para 2018 no Brasil .Paul Wilbur .Quarteto Gileade .Rachel Novaes .Rebanhão .Recursos .Ressurreição .Rob Bell .Rodolfo Abrantes .Ron Kenoly .Saudade .Snezhana Soosh .Sociedade Bíblica Íbero-Americana .Sofonias .Sony Music .T.A. Hegre .Templo Soul .Vineyard .Voices .Walciley Vieira .William Shakespeare .Wim Malgo .áudio Alberto Rezende - pastor Elizeu Martins - pastor jovem saúde

▲ Clique na imagem para retornar ao topo do blog.

Sobre ilustrações no Belverede

O Direito Autoral de algumas imagens encontradas aqui não pertence ao Editor do blog. Esta situação se dá porque elas estão na Internet sem que haja a informação de quem seja o Dono.

Caso você seja o detentor do conteúdo, queira que seja feita a indicação autoral, ou não seja de sua vontade o compartilhamento, solicitamos que nos faça saber disto. Por favor, acesse a página do próprio texto e deixe recado no próprio texto em questão, ou use a página Contato.

Arquivo de postagens

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes

Bola colorida na areia da praia. By Eliseu Antonio Gomes
Cidade Ocean - Praia Grande - São Paulo/SP - Brasil.